História Loves and Lie - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Sehun
Tags Baekyeol, Chansoo, Exo, Kaihun, Kaisoo, Lemon, Loves And Lie, Sekai
Exibições 101
Palavras 1.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, um avisinho bem chato - pelo menos pra mim :c - é que talvez dia 5 a internet aqui seja cancelada, por motivos pessoais da minha família. Se tudo der certo, não vou findar a fanfic cedo, porém, se eu ver que realmente vai ser cortada irei adiantar ela bastante... E futuramente, lá pro ano que vêm - mÊês que vem já ?! *O* - quando ligar novamente eu faça uma segunda/terceira temporada, desta temporada, continuação desta historia. E isso séra de certeza, pois amei escrever esse trama até aqui.

OKAY? COMENTA LÁ EMBAIXO SE VC LEU ISSO COMPLETO.

B O A ♥ L E I T U R A !

Capítulo 35 - Ex-namorada


14 ‘’Kyungsoo o que aquela ruiva ‘ta fazendo aqui?’’ Sehun perguntou se juntando ao amigo na cozinha.

O som estava extremamente alto e por todo lado havia pessoas com copos em mãos, sorrindo, conversando. Estavam na casa do Park comemorando seu aniversario. E no momento Jongin e Chanyeol se encontravam conversando com aquela tal ruiva, Krystal.

Kyungsoo não conhecia todos os amigos(as) do namorado e, também estava perdido em torno de quem era aquela, mas pelo visto, talvez, Sehun já tinha visto ela antes. E provavelmente tava com a mesma pulga atrás da orelha, como o mais velho.

‘’Eu também não sei. Mas Chanyeol disse que só chamaria amigos mais próximos, então provavelmente eles se conhecem.’’

‘’Ela é aluna do Jongin! Não fui com a cara dela. Apareceu outro dia lá em casa, bem cedinho, atrás dele.’’

‘’CHANYEOL.’’ Gritou o mais velho, chamando a atenção do namorado e, de algumas pessoas curiosas.

O grandalhão disse algo pra Jongin e a tal Krystal e caminhou até onde o namorado e Sehun tava.

‘’Quem aquela ruiva?’’ perguntou direto.

‘’Uma amiga que estudou com a gente.’’

‘’Amiga?’’

‘’Relaxa nanico. Ela é ex do Jongin.’’ Disse simplista fazendo a careta do mais velho amenizar.

Já a de Sehun não foi uma das melhores.

 

                             ♠♠♠

 

‘’Por que diachos tu ex-namorada tava batendo na nossa porta às seis da manhã naquele dia então?’’

Assim que chegaram em casa, pela madrugada, o loiro fizera milhares de perguntas ao namorado, que tentava responder com decência, mas sempre sendo cortado por um Sehun ciumento.

‘’Ela veio pedir uma ajuda. Krystal aprontou algumas coisas e precisou de dinheiro, só isso.’’

‘’E você agora banca sua ex? Pelo amor, conta outra.’’

‘’Sehun, menos! Eu a ajudei, só isso. Não estou bancando ninguém. E caso você pense, não, não estou envolvido com ela.’’

‘’Eu não insinuei nada. Parece que alguém que está se entregando.’’

Jongin respirou fundo.

‘’Pode ir parando com suas gracinhas, Sehun.’’

‘’A única pessoa fazendo graça aqui é você! Por que ela precisou do seu dinheiro?’’

‘’É algo pessoal dela.’’

‘’Tua ex aparece na tua casa, qual a principio era apenas uma aluna e eu não saberia se não fosse pelo Chanyeol, tu me diz que deu dinheiro pra ela e ainda quer guarda segredo?É assim agora, Kim Jongin?’’

‘’Ela me pediu segredo. E contar a você que ela foi uma namoradinha de colegial era e é irrelevante. Veja só, você já está fazendo tempestade com isso, enquanto eu só quero ficar numa boa Sehun.’’

‘’Um namorico de faculdade, na verdade ne. Qual eu nunca fiquei sabendo. Provavelmente era alguma das riquinhas que vivia pra cima e pra baixo com você. Alias, por que ela precisa fazer aula contigo se fez faculdade?’’

‘’Aish! Eu não sei Sehun! Não sou que faço cadastro de ninguém, Krystal só surgiu em minha turma há um mês atrás e agora precisou de dinheiro porquê arrumou de engravidar de um carinha que sumiu do mapa e não quer que os pais descubra. É uma irresponsável que não quer estragar o corpinho que tem. É isso, satisfeito?’’

O moreno jogou tudo pra fora em seguida sentando no sofá. Observou o loiro amenizar a feição brava e, digerir as suas palavras. Bom, era tudo verdade então bastava que ele acreditasse. Ele esperou alguns minutos até que Sehun disse que ia tomar banho e seguiu atrás dele.

‘’Que foi? Eu te conte tudo, anjinho.’’ Segurou o braço dele o puxando para si.

‘’Quanto ela te pediu?’’

‘’Três mil. Dei pra ela dois mil e quinhentos.’’ Sehun o olhou incrédulo.

‘’Pra que ela queria o dinheiro?’’

‘’Ela quis pagar um lugar seguro.’’

‘’’Pra aborta?’’ O moreno assentiu. ‘’Você deu dinheiro pra uma vadia irresponsável aborta um filho? Sinceramente...’’ Sehun balançou a cabeça em reprovação.

Puxou seu braço e, seu estomago revirou.

‘’Sehun... Por favor, eu precisei ajudar ela ‘ta bom? Não fiz por mal, e eu avisei a ela os riscos e o quanto isso era estúpido.’’

‘’Como se dar dinheiro pra alguém tirar a vida de um inocente não fosse estupidez.’’

‘’Ela tava ficando desesperada. Já ia entrar para dois meses, ela quis fazer isso enquanto...’’

‘’Não justifica. Você ajudou ela a matar o filho.’’

‘’Não é dessa forma, Sehun.’’ Disse tenso.

‘’É desta forma sim, Jongin. Não importa quanto tempo ela tava. Só deve ser mais uma mimadinha que não liga pra nada... É ridículo da sua parte ainda tentar defender ela.’’

‘’Não estou defendendo ela!’’

‘’Está sim, caramba... Me da pena em saber que você é tão estúpido a esse ponto. Nunca imaginei que você seria capaz a esse tipo de coisa.’’

‘’Sehun, eu não fiz nada demais. Por favor. Não era meu filho e eu não podia fazer nada. Se ela não arrumasse comigo, faria de todo jeito. Eu só adiantei. Conheço o pai dela e ele jamais... Ele nem tava formada direito. Não me julgue como se eu fosse um assassino.’’

‘’Você sabe quantas vezes eu já pensei e quis em ser pai, Jongin? Ou que você fosse? Eu já pensei. Já quis adotar um filho, ou ter sei lá arrumado alguém... Não que eu me arrependa de ter você como homem, mas eu já quis sim ter tido uma mulher, só pra ser pai, Jongin. E você me pede pra não te julgar por ter deixado alguém matar um feto?’’

Sehun deu as costas engolindo o bolo de areia em sua garganta. Bagunçou o cabelo irritado, frustrado. Um misto de sensações.

‘’Me desculpa Sehun. Eu não parei pra pensar desta forma, mas é um fato: se eu não tivesse dado o dinheiro ela ia fazer de todo jeito, só que com muito mais riscos. Krystal não significou muito pra mim, mas prometi que não importava o que fosse ajudaria ela. E eu fiz. Eu me sinto culpado, ‘ta?E sinto muito por não pensar da sua forma. Eu não acho que um filho estragaria a vida de ninguém, mas ele seria rejeitado, assim como ela. Seria de alguma forma pior... Não me odei por isso. Não faça eu me odiar.’’

Mais tarde antes de dormi, os dois pareciam está brigados e o clima bastante tenso, por isso Sehun que antes estava virado de costa para o namorado, virou-se e alisou sua face.

‘’Não estou com raiva de você, Jonginnie... Mas o que você fez foi errado. Muito repugnante. Eu só fico triste por isso, só que tudo bem... Com tudo que você disse, talvez, tenha sido melhor. O que não deixa de ser repulsivo!’’

‘’Sinto muito, meu amor... Por tudo. Principalmente por nunca ter te perguntado sobre isso. Sinto-me horrível agora!’’

‘’Ta tudo bem. Não é sempre que penso nisso e, de qualquer forma, estamos bem assim. Talvez um dia, quem sabe. Recentemente brigamos bastante e isso não faria bem a nenhuma criança. Foi só idéias bobas.’’ Selou os lábios de Jongin e voltou ao seu lugar.

Seu coração um pouco triste, mas não precisava demonstrar. Era verdade, não havia ficado com raiva. Apenas na hora que ele contou o que amenizou ao entender o pouco a situação.

‘’Eu te amo, Sehunnie... Novamente, perdão por isso. Realmente foi um erro.’’


Notas Finais


E ai? Faz parte... Jongdae? Talvez no próximo ele der as caras e vcs irão entender porq lá no inicio Jongin saiu pra ajudar ele tarde da noite... Isso é um talvez.

Comentem o que acharam? E se fizeram as teorias certas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...