História Love's Law - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 46
Palavras 1.598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ei, como estão ? Saudades de vir escrever pra vocês.

Boa leitura, aproveitem !

Capítulo 8 - Ainda Sobre Desencontros


Fanfic / Fanfiction Love's Law - Capítulo 8 - Ainda Sobre Desencontros

Era manhã de sábado e a noite anterior não tinha sido fácil nem para Camila, nem para Lauren. Ambas estavam chateadas com tudo que aconteceu e apesar de terem resolvido individualmente deixar essa história para lá, ainda tinham a sensação de que isso tudo deixou uma lacuna, um espaço vazio ainda maior entre elas. 

Fazia um dia bonito na cidade, apesar do frio. Camila levantou-se, fez o seu ritual de todas as manhãs e desceu para tomar o seu café, junto de sua família. Lauren levantou-se, se trocou e foi tomar seu café na padaria. Rotinas diferentes, lugares diferentes, porém Camila e Lauren com o pensamento em tudo que tinha lhes acontecido.

Camila não entendia a razão por Lauren agir da forma que agia, quando parecia que iriam se aproximar, a morena dava para trás, pisava na bola. Ficou pensando por qual razão Lauren poderia ter ido até sua casa ontem, e se a mesma tinha tocado a campainha e conversado com alguém, afinal, como ela sabia que Camila não estava em casa ? Já que estava lá fora esperando. Porém se Lauren tivesse tocado a campainha e conversado com alguém, alguém em sua casa lhe contaria, mas ninguém o fez.

Lauren não entendia as razões por se sentir assim em relação a Camila. Era fato que elas não se gostavam, que ela queria entrar naquele tribunal ontem e ganhar da latina, mas porque ela se sentia assim ? Porque ela se importava tanto ? Se fosse outra pessoa, provavelmente não estaria nem ligando, mas Camila parecia mexer com ela de alguma forma e tudo que ela conseguia fazer era afastar a garota de todas as formas.

( . . . )

Lauren terminou o seu café da manhã e resolveu andar um pouco pela cidade para esfriar a cabeça e afastar os pensamentos. Estava tranquila, quando os pensamentos sobre a noite passada a levaram até Lucy. Droga, ela havia se esquecido completamente da amiga e com essa sim deveria se preocupar, pois apesar de tudo que estavam passando, tinham uma história juntas.

Foi em direção à delegacia, daria um jeito de tirar Lucy de lá, e depois pensaria no que poderia fazer à respeito do pedido da amiga, sobre sair daquela vida em que ela tinha se metido. Assim que chegou ao local, Lucy ainda estava lá pois não tinha vinte e quatro horas que estava presa, mas Lauren pagou sua fiança e conseguiu um acordo para solta-la antes do tempo. Um acordo, essa palavra novamente remeteu seus pensamentos a outra pessoa.

Acompanhou Lucy até o seu antigo apartamento, subiu e ficou um tempo conversando com a amiga, resolvendo o que poderiam fazer. Lucy ainda devia para seu chefe e não tinha como paga-lo e Lauren não queria se meter com isso, dando seu dinheiro, mas ao mesmo tempo, se preocupava com o bem estar da amiga. Chegaram à conclusão que talvez fosse melhor Lucy sumir por uns tempos, talvez voltar a casa dos pais, não sabiam, mas tinham chego a conclusão que o melhor para ela agora, era sair da cidade.

Passado algum tempo que estavam ali e depois de alguns telefonemas, Lucy resolveu que sairia mesmo da cidade. Iria para casa de Vero, uma antiga  amiga que Lauren também conhecia. Ficaria lá alguns meses até a poeira baixar e depois talvez pudesse voltar e buscar algo para fazer que não a colocasse em encrencas. Resolveu que partiria hoje mesmo. Lauren ficou feliz com a notícia, era bom ver a amiga tomando um rumo na vida, mas ao mesmo tempo aquilo a preocupava, a partir do momento que Lucy fosse embora, ela realmente estaria sozinha ali, sem ninguém.

O ônibus de Lucy partiria pela tarde, então resolveram ir almoçar em um restaurante próximo do apartamento, para aproveitarem esse último momento juntas. Lucy arrumou uma mala com a quantidade de roupas necessárias e deixou no apartamento para que pegassem na volta e então foram almoçar.

( . . . )

Assim que Camila terminou o seu café da manhã, correu para o sofá onde a irmã assistia a um filme, se deitou no colo da mesma com a desculpa que também veria o filme, porém não conseguia prestar atenção, sua cabeça não conseguia focar em outra coisa que não fosse a noite passada.

Resolveu que precisava sair, esfriar um pouco a cabeça. Subiu para o seu quarto e pegou seu celular, queria falar com Dinah. A loira tinha se tornado uma grande amiga, elas se divertiam e Camila sentia que podia desabafar e contar com ela para as coisas. Olhou a hora e viu que ainda era dez e meia, provavelmente se ligasse naquele horário, Dinah iria atender furiosa, pois sabia que ela também gostava de dormir bastante. Então resolveu mandar uma mensagem, chamando a amiga para almoçar, sem pressa, no horário que ela acordasse.

Estava mexendo em suas redes sociais e acabou pegando no sono novamente, mas foi acordada com uma ligacão, atendeu sem nem ver quem era e deu risada ao constar que era Dinah, ligando pela quinta vez e concordando com o almoço. Olhou no relógio e agora já passava de uma tarde, então levantou e  foi se arrumar, para ir de encontro a amiga.

Se encontraram em um restaurante e tiveram um ótimo momento de descontração com muitas conversas e risadas. Camila tinha desabafado sobre como se sentia, contou que noite passada Lucas tinha tentado beija-la e que viu Lauren parada em frente a sua casa. Ouviu sábios conselhos da amiga, o que a deixou mais tranquila.

Assim que finalizaram ao almoço, resolveram dar uma volta pelo quarteirão, que era cheio de lojas e restaurantes, e foram pegas de supresesa com a cena que viram.

- Oh meu Deus, Mila ! - Dinah falou parando no lugar e segurando o braço da amiga.

- Ai Dinah, que susto, o que foi ? - Camila respondeu olhando na direção em que a loira olhava, e seu corpo paralisou ao ver aquela cena. Lauren estava aos beijos com uma garota no meio da rua pra que quisesse ver. Mas esse nem era o problema, o que pesava em sua cabeça era Lauren estar aos beijos com quem quer que fosse. Calma aí, Lauren então namorava e ela nunca soube ? Bom, talvez as outras soubessem, só ela que não, pelo fato das duas não se gostarem. Foi tirada de seus pensamentos pela voz alta de Dinah.

- Viu o que eu vi ? Estou chocada ! - Dinah falou sem tirar os olhos da cena que acontecia do outro lado da movimentada rua.

- Qual o problema. Deixa ela. Vem, vamos. - falou puxando o braço da amiga e balançando a cabeça na tentativa de tirar aquela cena da mente.

- Tá doida Camila ? Lauren está beijando uma garota e você quer ir embora ? Vamos ficar bem aqui vendo até o final. Sempre soube que ela gostava de garotas, mas podia jurar que ela é doida por você. Essa Lauren não me escapa, vou zoar tanto ela na segunda. - deu uma risada e olhou para o lado, dando conta de que falava sozinha. - Camila ? - chamou finalmente tirando o olho de Lauren e procurando em volta, vendo sua amiga a uns bons metros para frente de onde estavam, olhando vitrines como se nada tivesse acontecido, então resolveu esquecer aquilo e foi atrás.

( . . . )

Lauren e Lucy terminaram o almoço, iam dar uma volta pelo quarteirão que era movimentado, porém ao constarem a hora, viram que não daria mais tempo. Tinham que voltar para o apartamento, pegar as coisas de Lucy, que já tinha chamado um uber que a levaria até a rodoviária. Então as duas voltaram para o apartamento.

- Lucy, você tem certeza que não quer que eu te acompanhe até a rodoviária ? - Lauren falou carregando a mala da amiga para fora do prédio.

- Tenho certeza Laur, não quero ver você chorando de novo. - falou em tom de brincadeira dando um empurrão no ombro da morena.

- Coitada, estou me sentindo aliviada com a sua partida, isso sim. - respondeu.

- Ok, se iluda com isso. Toma, para você não morrer de saudades de mim. - Lucy falou entregando um envelope para Lauren, que estendeu para pegar com cara de dúvida. - Abre, você vai gostar. - ela disse e Lauren abriu o envelope e junto um sorriso surgiu em seu rosto. - É uma foto do nosso último natal juntas, guarde com você.

- Obrigada Lucy, vou guardar. - falou abraçando a amiga.

- Tá na minha hora Laur, eu preciso mesmo ir, meu uber chegou. Um beijo de até logo ? - Lucy falou fazendo uma cara maliciosa para Lauren.

- Um beijo de até logo. - falou indo em direção a amiga e iniciando um beijo na boca.

- Tem duas doidas do outro lado da rua encarando a gente. - Lucy falou interrompendo o beijo.

- Deixa olharem. - Lauren respondeu voltando a beijar a amiga com mais intensidade ainda e em um beijo mais demorado, sem nem ao menos se virar para olhar. - Cadê, foram embora ? - Lauren falou finalmente olhando para o outro lado da rua, não vendo ninguém.

- Acho que sim. - Lucy respondeu sem se importar muito.

As duas então se despediram e Lucy foi em direção ao carro que a aguardava para leva-la até a rodoviária. Lauren foi em direção a sua casa.  Estava bem melhor do que quando acordou, aquele afinal tinha sido um bom dia para ela.


Notas Finais


Ah, quantos desencontros. Camila achando que Lauren namora, Lauren achando que Camila namora e as duas que não conversam para esclarecer logo as coisas, né ?

O que estão achando ? A opinião de vocês é importante pra mim, ok ?

Foto do capítulo : Foto que Lucy deu pra Lauren guardar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...