História Love's Law - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Visualizações 62
Palavras 2.696
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ei, mais um capítulo pra vocês ! O próximo acredito que posto ainda hoje.

Adorei escrever esse, espero que estejam gostando de ler. Não esqueçam de conferir as notas finais, ok ?

Boa leitura !

Capítulo 9 - Acertos


Fanfic / Fanfiction Love's Law - Capítulo 9 - Acertos

O final de semana tinha acabado e a semana seguinte pareceu se arrastar dentro daquela empresa. Os sócios superiores estavam cada vez mais exigentes e as meninas estavam atoladas de trabalho, nenhuma delas conseguia ir embora antes das 21:00 horas da noite. Isso de certa forma acabou aproximando todas elas, que muitas vezes pediam comida e jantavam juntas na sala de reuniões, enquanto terminavam seus afazeres. Todas elas já tinham conseguido pegar seu caso solo e para a alegria de todos, não decepcionaram, todas elas tinham conseguido resolver com sucesso.

Em uma dessas jantas na empresa em que mais conversavam do que trabalhavam, Ally teve a ideia de convidar as outras quatro para passar o final de semana em sua casa de campo. O olho de todas brilharam e claro que concordaram na mesma hora. Não pela empolgação de passarem o final de semana juntas, mas pelo fato que passariam o final de semana na casa de dois dos donos da empresa. Não que fossem interesseiras, mas o fato de poder dizer a todos que passaram o final de semana na casa do casal Jerry e Patricia Brook, já as deixavam muito contentes.

O combinado era de que sexta feira levariam suas coisas para a empresa e de lá iriam, quando estivessem liberadas. Assim não perderiam tempo voltando para suas casas para depois se encontrarem novamente.

( . . . )

- Qual a necessidade de irmos socadas em um carro só, se podemos ir com dois ? - Dinah perguntou para o restante.

- Eu concordo, até porque minhas malas sempre ficam enormes e eu não quero ter que ir com elas no meu pé. - Normani respondeu. - Posso pegar o carro emprestado com meu namorado. Só para constar, ele não está convidado, né ? - concluiu dando risada.

- Normani, sossega ! - era Ally de novo, sempre repreendendo a amiga nesse sentido, desde o primeiro dia que se conheceram. - Só garotas. Chamei vocês para que a gente possa se divertir juntas, nada de namorados.

- Só garotas ? É o negócio da Lauren. - Dinah falou despreocupada, atraindo o olhar da latina e da morena. Elas nunca tinham conversado com Lauren sobre o que viram naquele dia, não sabiam se isso era um segredo para ela ou não, mas provavelmente sim, pois Lauren engasgou na hora com a água que bebia.

- Gente, meu pai pode emprestar o carro também. Mas eu não vou dirigindo. - Camila falou mudando de assunto e lançando um olhar fuminante de olhos cerrados para Dinah, que retribuiu com risada.

- Posso ir dirigindo o carro do seu pai, gosto de dirigir. - Lauren falou respondendo Camila.

- Como vamos fazer a divisão dos carros ? - Normani perguntou e Dinah que era sempre a mais decidida e direta, resolveu que iria com Normani no carro dela e o restante iria no carro de Camila, todas concordaram.

( . . . )

Era sexta feira, Camila estava empolgada com o final de semana que passaria com as amigas. Há tempos que ela não viajava para se distrair. Os pais de Camila emprestaram o carro numa boa, mas gostariam de conhecer a garota que iria dirigindo. Lauren então deu a ideia de passar de manhã na casa de Camila, assim se apresentaria e depois poderiam ir juntas de carro pra empresa, assim também ela já iria se acostumando com o volante.

( . . . )

- " Camila, que horas passo em sua casa amanhã ? " - era uma mensagem de Lauren, Camila estranhou, nesse tempo todo que se conheciam, nunca tinham trocado mensagens antes.

- " Já combinamos Jauregui, 7:00 da manhã. " - mandou a resposta que foi lida e respondida logo em seguida.

- " Jesus, porque tão cedo ? Só entramos 8:30 e você mora a quinze minutos da empresa indo de carro. " - Lauren.

- " Meus pais fazem questão que você entre para tomar café da manhã. MEUS PAIS. E temos que fazer o favor de levar minha irmã na escola. " - Camila respondeu e Lauren não pode deixar de sorrir com a resposta.

- " SEI. 7:00 horas em ponto então. Boa noite. " - Lauren

- " Boa noite Jergi. " - Camila respondeu por fim colocando o celular de lado e indo se deitar. Estava quase pegando no sono quando o mesmo apitou de novo, mostrando uma nova mensagem. A latina pegou e abriu somente um olho pra ler e dessa vez foi ela que sorriu com o que viu. Na verdade, a mensagem de Lauren lhe tirou uma risada.

- " Onde você mora mesmo ? " - Lauren. Será possível que a morena estava tão afim de falar com ela assim ? Era óbvio que Lauren sabia onde a latina morava, ela mesmo havia dito uma mensagem antes que da casa a empresa levaria apenas quinze minutos, além do fato de Camila ter pego ela lá escondida outro dia. A latina pensou em responder tudo isso, gostaria de ser uma mosca para ver a cara de Lauren ao ler, mas estava com muito sono para isso e se conteve em apenas responder com o endereço, dando risada mais uma vez da infantilidade de Lauren. Esperou a resposta por mais alguns minutos, mas dessa não veio, então foi dormir de vez.

( . . . )

Lá estava ela novamente em frente a casa dos Cabello. Um táxi havia deixado Lauren e suas coisas ali na frente. Olhou em seu relógio e o mesmo marcava 7:00 em ponto, com certeza iria esfregar na cara de Camila sua pontualidade. Tocou a campainha e a mesma logo foi atendida por uma mulher sorridente. Uau, todos são sorridentes nessa casa, menos Camila, foi o pensamento de Lauren, mas ela logo tratou de afasta-lo quando a mulher quebrou o silêncio.

- Lauren eu imagino ? - Sinu falou dando espaço para que a morena entrasse dentro da casa.

- Oi, prazer. - Lauren falou estendendo a mão mas logo foi envolta por um leve abraço.

- Sou Sinu, mãe de Camila. Por favor Lauren fique à vontade.

Lauren entrou na casa, deixou sua mala no canto ao lado da porta e caminhou atrás da mulher. Sinu a guiou casa a dentro, lhe mostrando a sala de televisão e sala de jantar, e ambas foram em direção à cozinha onde um homem sério lia o jornal.

- Querido. - Sinu falou chamando a atenção do homem. - Essa é Lauren, amiga de Camila lá da empresa.

- Lauren, muito prazer, sou Alejandro. - ele respondeu se levantando e indo em direção a morena, que novamente foi recebida por um pequeno abraço. - Por favor, sente-se. - falou apontado pra mesa e quando Lauren se deu conta, seu estômago já estava roncando. Ela não era acostumada tomar café da manhã, por morar sozinha, acordava sempre atrasada ou com preguiça de preparar, mas aquela mesa lhe cresceu os olhos. Tinha pão, frios, bolo, torrada, suco, leite e chá. Ela agradeceu aos dois e se sentou na mesa.

- Oi Lauren. - ouviu aquela voz doce e olhou para o lado vendo Sofia com o uniforme da escola entrando na cozinha.

- Oi Sofia. - respondeu e já sabia o que viria a seguir, o abracinho caloroso. Riu consigo mesmo, mas dessa vez pagou sua língua, Sofia apenas se sentou à mesa sem nenhum contato com a morena. - Onde está Camila ? - Lauren perguntou notando que faltava alguém ali.

- Está dormindo. - Sofi respondeu despreocupada, tomando uma bronca de seu pai por não ter chamado a irmã. - Papa, eu chamei a Kaki, ela falou já vou umas dez vezes e todas elas virou para o lado de novo. Ela já é maior de idade e tem despertador.

- Já amo essa garota. E Kaki ? Que tipo de apelido será esse ? - Lauren falou para si mesmo, e foi tirada de seu transe quando Sinu pediu que ela fosse chamar Camila. - Magina, não me sinto à vontade e nem conheço a casa. - a morena respondeu envergonhada.

- Não tem essa aqui Lauren, não temos frescura. - Sofia respondeu. - Não tem erro também, é o último quarto no final do corredor. Além disso, não se nega nenhum pedido de mama. - terminou rindo pois tinha repetido a frase que sua mãe sempre dizia.

Estava meio contrariada mas concordou, Lauren pediu licença da mesa e subiu as escadas indo em direção ao último quarto no final do corredor. Quando chegou perto, viu que a porta estava entre aberta, tentou bater algumas vezes mas não obteve resposta, então resolveu entrar. Mal sabia ela que estava prestes a ver a melhor cena de sua vida. Assim que entrou dentro do quarto, sentiu uma vontade enorme de rir. Camila estava jogada de atravessado na cama em cima de dois travesseiros gigantes, agarrada a eles. Mas o que chamou atenção da morena foi seu pijama, era um macacão com desenhos de pizzas e sorvetes, então sem fazer barulho tirou seu celular do bolso e tirou uma foto. Pronto, agora podia acorda-la.

- Camila ? - a morena chamou uma vez, vendo a latina resmungar. - CAMZ ? - chamou um pouco mais alto mas ainda com um tom doce e se aproximando mais da cama.

Camz, aquele nome não era estranho para a latina. Lauren já havia a chamado assim em outra ocasião. Mas porque raios estaria sonhando com Lauren e esse apelido logo agora, nesse sono tão gostoso ? Ouviu o nome de novo e então se deu conta de que não era um sonho. Deu um pulo enorme se sentando na cama e encostando na cabeceira com a mão no peito pelo susto que tinha levado ao abrir os olhos e ver Lauren parada a observando. Por outro lado a morena que estava do lado da cama, agora estava com as costas no armário, também com a mão no peito com o susto que levou com Camila levantando subitamente.

- Jauregui, você tá doida ? - falou quase sem folêgo, pegando o lençol que estava ao seu lado e estendendo sob seu corpo numa tentativa frustrada de esconder seu pijama.

- 7:27 Camila, cheguei 7:00 em ponto.  - falou dando risada olhando a latina que estava toda atrapalhada. Camila ia responder, mas Lauren foi mais esperta cortando a menina. - Vamos, estamos te esperando para o café. - falou dando as costas e saindo do quarto. - A propósito, seu pijama é lindo. Para uma menina da idade da sua irmã. - terminou fechando a porta do quarto e deixando Camila lá dentro. Foi em direção à cozinha, mas não sem antes olhar novamente a foto que tinha tirado de Camila dormindo.

Alguns minutos depois Camila desceu pronta e se juntou a eles para o café da manhã, que foi gostoso e descontraído. Lauren não conseguia tirar o olho da latina lembrando da cena que tinha visto e toda vez que seus olhares se encontravam, ela ria. Quando terminaram o café, perceberam que não daria mais tempo de levar Sofia a escola, ou se atrasariam para o serviço, graças a Camila. Alejandro disse que levaria com o outro carro que tinham e que ambas estavam liberadas para viajar, ele tinha gostado da morena e sentiu confiança em sua palavra, que tomaria cuidado e não iria beber antes de ir ou voltar.

Camila e Lauren colocaram suas malas no carro, Lauren se despediu da família Cabello, agradeceu pelo café da manhã que tinha amado e foram em direção a empresa. Tinham um longo dia pela frente antes de conseguirem viajar.

( . . . )

- Minha família gostou de você. - Camila falou quebrando o silêncio entre elas.

- Sua família é demais, principalmente sua irmã, você deveria ser mais legal como ela. - Lauren respondeu.

- Minha irmã é minha melhor amiga, ela é a melhor pessoa que conheço. - a latina falou e Lauren achou bonitinho o jeito com que ela se referiu a irmã. - Queria ser exatamente como ela.

- No outro dia em que a conheci, ela foi um amor comigo. - Lauren falou despreocupada.

- Você já conhecia minha irmã ? - Camila falou sem entender.

- Qual é, até parece que ela não te contou que estive na sua casa outro dia. Você sabe muito bem e escolheu não me procurar para dizer nada à respeito. - aí estava uma das resposta que Camila queria, Lauren havia batido em sua casa no outro dia e falado com Sofi.

- Você pediu que ela não comentasse nada ? - Camila perguntou querendo se certificar do que já sabia.

- Sim, pedi.

- Então pode ter certeza que ela não me contou. - Camila falou e Lauren olhou sem acreditar. - Ela é assim, se pediu que não falasse nada, ela jamais falaria, mesmo sem te conhecer. - terminou. Camila sabia que Lauren esteve em sua casa outro dia, mas porque a viu, não porque Sofia comentou alguma coisa. E realmente, tinha escolhido não procurar a morena para saber sobre, pois achou que deveria partir dela. Mas agora entendeu o lado de Lauren, que provavelmente pensava o mesmo, já que pensava que Camila sabia o tempo todo.

- Você jura que não sabia ? - Lauren perguntou.

- Juro que Sofia não falou nada. - não poderia jurar que não sabia, já que era mentira. - Porque esteve em casa, e quando ?

- Queria me acertar com você sobre o dia do tribunal, mas quando Sofia falou que não estava em casa eu fui embora. - Lauren falou.

- Entendi. - Camila respondeu sabendo que era mentira, pois tinha visto a morena ali parada, mas preferiu não comentar nada. - Acho que podemos encerrar esse assunto, né ? Você me procurou, eu nunca soube. Acabamos nos desencontrando. Estamos bem ? - concluiu olhando pra morena que dirigia atentamente.

- Estamos bem, obrigada Camila. - Lauren concluiu aliviada, por finalmente terem resolvido essa história.

( . . . ) 

O dia na empresa passou como o resto da semana, totalmente em camêra lenta. Era 20:00 horas quando finalmente todas estavam liberadas para que pudessem viajar. Se encontraram na sala de reunião onde sempre ficavam juntas, todas elas trocadas e com roupas mais confortáveis, prontas para partirem. O sítio de Ally ficava em uma cidade a mais ou menos três horas dali. Então resolveram que comeriam no caminho, se não ficaria muito tarde para irem. Ally disse que o caseiro já havia deixado tudo pronto para recebe-las e que quando chegassem estaria as ordens para ajuda-las com as malas.

Saíram da empresa e se dividiram nos carros como tinham combinado. A viagem estava tranquila e quando tinham passado um pouco mais da metade, resolveram parar para comerem alguma coisa. As cinco comeram, foram ao banheiro e depois retomaram a viagem no pouco caminho que faltava para chegarem.

Assim que chegaram, foi como Ally falou, o caseiro se encarregou de tudo, enquanto ela mostrava dentro da casa para o restante das meninas. Ally disse que tinha quarto suficiente para que cada uma delas ficasse sozinha, mas que pediu que Chay, o caseiro, arrumasse somente dois, um do lado do outro, assim elas poderiam ficar próximas e não precisariam dormir sozinhas. Deu a ideia de ficarem separadas na mesma divisão dos carros, mas Dinah que era do contra disse que queria ficar com Camila. Então em um quarto ficou as duas, no outro quarto Ally, Normani e Lauren.

Assim que conheceram todo o interior da casa e que Chay já havia descarregado todas as malas e colocado em seus devidos quartos, elas resolveram que iriam dormir. Estavam todas cansadas com o longo dia na empresa. Começariam as atividades na manhã seguinte. Então cada uma foi para seu devido quarto, exaustas, doidas para um banho, pijama e cama.

- Boa noite Camz, espero que tenha pego um pijama mais adulto. - Lauren falou com a cabeça pra fora do quarto em que dormiria.

- Otária. Boa noite Jergi. - Camila respondeu entrando no quarto ao lado.
 


Notas Finais


Finalmente Camila e Lauren se acertaram nesse ponto, né ? Agora só precisam descobrir que nenhuma das duas está namorando, será que descobrem nesse final de semana ? A viagem promete !

Foto do capítulo : foto que Lauren tirou de Camila dormindo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...