História LoveSick - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yandere Simulator
Personagens Ayano Aishi, Budo Masuta, Hanako Yamada, Info-chan, Megami Saikou, Mina Rai, Oka Ruto, Osana Najimi, Rival-chan, Taro Yamada
Tags Ayano X Budo, Budo Masuta, Budo X Ayano, Tragedia, Yukotsu
Visualizações 199
Palavras 1.565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada a comentar, pelo o título vocês já deve imaginar o que está por vir.
Outras coisas que terei de explicar estão nas notas finais, para que ninguém receba spoiler do capítulo. Esse capítulo vai ser bem importante para o desenvolvimento do Budo, então espero que gostem.

Capítulo 3 - Capítulo 2 - Rival-chan


Se passou uma semana desde a entrada da yandere para o Clube de Artes Marciais. O começo havia sido um desastre, Ayano só apanhava e passava o dia inteiro com o corpo dolorido e cheia de hematomas. Porém, a garota aos poucos já estava conseguindo progredir. Budo era realmente um bom instrutor. A ideia de se imaginar usando todos aqueles golpes em certas pessoas lhe foi um ótimo incentivo, ao pensar nisso na hora da luta, a yandere ficava muito mais determinada.

Apesar de todas as dores no corpo e hematomas, hoje ela estava mais animada que o normal. Andando entra as árvores de cerejeira da escola, com o sol a iluminando como nunca, hoje podia-se observar que Osana Najimi estava cabisbaixa, quase que beirando ao choro, não querendo falar com ninguém. A impressão que dava pelas suas olheiras fundas era de que a ruiva havia passado a noite sem dormir. Enquanto isso, Taro estava sozinho. Estava lendo o seu livro sentado atrás da fonte, bem distante da antiga amiga de infância.

Apesar disso, a vida na Akademi prosseguiu como sempre. Hoje os membros do clube decidiram dar uma pausa e se reunirem durante o almoço, para colocarem a conversa em dia. Todos estavam já reunidos, com exceção da yandere.

— Eeh, a Yan-chan me bateu tão forte ontem. Meu pescoço está doendo até agora, ela exagera as vezes.. — Juku Ren afirmava, massageando a parte dolorida. Por ser um dos mais fracos do grupo, havia sido colocado para praticar junto da yandere. Mina Rai ria da situação dele.

— Haha, ela realmente parece ter uma motivação interior, não acha?— Ela pausava para comer mais do seu almoço em seu bento. Sua voz era alta e firme, apesar de ser feminina. Budo apenas observava a conversa, estando com a boca cheia demais para falar. - Ara, eu ouvi dizer que ela costuma tirar foto das calcinhas das garotas quando elas estão distraídas. Que assustador!

— Wuaaah, como assim? Ela é uma pervertida, então?— Sho Kunin perguntava boquiaberto. O único membro que não parecia impressionado era Shima Shita, que estava com os olhos brilhando e salivava um pouco, como se ela não se importasse nem um pouco com isso. Parecia estar até gostando da ideia.

— Ah, ela não seria muito diferente do Budo, então. Ouvi dizer que ele adorou cair no chão pra poder ver a calcinha da novata!— Sho Kunin, o de topete, comentou aos risos. Em seguida todos os integrantes do grupo começaram a rir também.

Budo automaticamente se engasgou com a comida.

— Aaah, isso não verdade! Foi um acidente! E tenho certeza de que isso não se passa de um boato, Aishi-san não seria louca a ponto de fazer isso. — Budo se defendia, com o rosto completamente vermelho. Estava um tanto trêmulo, por conta da vergonha. Por mais que ele fosse extrovertido, falar sobre garotas em um assunto como esse lhe fazia perder o rumo.— Isso parece coisa que a Shima-chan faria, olha a cara dela! Está babando!

— Nah, é diferente. Ela tem cara de quem posaria para a Yan-chan tirar as fotos! — Juku Ren entrava na conversa, rindo do rosto vermelho e de sorriso pervertido da garota citada.

—... Você pode me chamar pelo meu primeiro nome, sensei.— Ayano aparecia misteriosamente no meio deles, em pé segurando o seu bento. Seu rosto estava neutro, sem expressão quanto aquilo tudo. Todos tomaram um grande susto ao se darem conta de que o tema principal da conversa estava ali não se sabe quanto tempo. Budo queria enfiar a cara no chão e não sair nunca mais.

— Q-Quanto tempo você está parada aqui, Yan-chan?— Mina Rei perguntou, gaguejando com medo da yandere ter ouvido mais do que deveria. Ayano não respondeu, simplesmente se sentou junto a eles e começou a comer. Estava sentindo algo que nunca havia sentido antes: bom humor. Bom humor por ter destruído os sonhos de uma garota de conseguir namorar o garoto de seus sonhos. E não seria uma simples fofoca que iria deixá-la para baixo depois disso.

Logo após, um silêncio pairou sobre a mesa deles. Eles comiam seus almoços se entreolhando vez ou outra, até Osana Najimi passar pelo corredor, chorando, indo até o banheiro para lavar o rosto. Ayano teve certa dificuldade em esconder a sua satisfação quanto aquela cena, visto que tudo aquilo tinha sido obra dela.

— Pobre Osana-chan... Ela está assim desde que chegou.— Budo comentou, olhando para a garota com certa pena. Ele parecia meio distante, perdido em seus pensamentos.

— Pelo o que entendi foi algo relacionado ao Yamada-kun, certo?— Mina perguntou, enquanto os outros prestavam atenção na conversa.

— Sim, ele estava conversando comigo ontem sobre... Ela havia se declarado para ele, mas.. Ela fez algumas coisas que o decepcionaram e ele a rejeitou. Ele parecia bem bravo, na verdade.—Budo apoiou o cotovelo na mesa, suspirando. — A irmã dela se sacrificou tanto para que os dois pudessem ficar juntos, que pena.

—... Irmã? O que a irmã dela tem a ver com isso?— A yandere se pronunciou pela primeira vez. Na verdade, ela sequer sabia que Osana tinha uma irmã. Parecia ser um detalhe importante.

Os membros se entreolharam, parecendo preocupados. Pelo visto aquilo parecia ser um assunto delicado, ao menos para Budo.

— Raibaru-chan era a ex líder do nosso clube, ela tinha uma queda pelo Yamada-kun. Mas... Sua irmã Osana também gostava dele, sabe? Então ela decidiu abrir mão dele para que ele a Osana conseguissem ficar juntos. Rai-chan vai ficar arrasada quando souber disso... — Mina explicou, visto que Budo parecia incomodado demais para falar qualquer coisa sobre. Havia ficado clima realmente pesado ali, mas a yandere queria saber mais sobre.

— Yamada-kun sabia que essa Raibaru gostava dele?— Ayano perguntou, um tanto aliviada por não ter mais que se preocupar com a tal garota.

— Ele sequer sabia sobre os sentimentos da Osana-chan, ele é um completo tapado. - Dessa vez foi Budo quem respondeu. Podia se notar uma certa frustração em sua voz. — Ele tem sorte, na verdade. Nunca teve de se preocupar em gostar de alguém... Sempre foi só ele, suas músicas clássicas e seu livro de filosofia.

— Sensei..

Todos o olhavam com certa pena, era verdade que ele só entrou no clube de Artes Marciais para se aproximar mais de Raibaru Najimi. Ele planejou se declarar assim que conseguiu derrotá-la e alcançou o posto de novo mestre, mas acabou por descobrir que ela era apaixonada em seu amigo. Aquilo foi como um soco em seu estômago, por mais que ele já tivesse superado, lembrar disso tudo lhe deixa incomodado.

— Terminei de comer, nos vemos depois da aula.— Ele se levantou apressado e saiu de perto deles. Ele não costuma ser tão curto e simplesmente sair assim, mas devido as circunstâncias, era aceitável que ele agisse dessa forma.

Ayano observou a silhueta de Budo sumir pelo corredor, se misturando entre os outros alunos.

                                                       -x-

Quando as aulas e os treinos terminaram e o sol já estava prestes a se pôr, dando lugar a mais uma noite estranhamente fria, todos os alunos se apressaram e foram para seus respectivos lares. Como de costume, a yandere seguiu Taro até sua casa para só depois ir para a dela. O fato de não ter mais aquela cabeça de cenoura grudada nele deixava a perseguição ainda mais fácil.

As novas informações foram realmente intrigantes, Budo estava sendo realmente uma pessoa... Interessante. Depois de chegar em casa e tomar um banho, a primeira coisa que Ayano fez foi ligar o seu computador e procurar por Budo Masuta na rede social.

A tecnologia realmente faz milagres. Computadores e celulares sempre foram muito úteis para a yandere-chan. É mil vezes mais fácil de vigiar o que seu senpai fazia enquanto está escondida atrás de uma tela, além de conseguir informações que dificilmente conseguiria se somente perseguisse alguém na vida real. Para um verdadeiro stalker, a internet sempre foi e sempre será um prato cheio. 

Em menos de meia hora, após passar por vários posts sobre Bruce Lee, memes e fotos de filhotes de gatinhos, Ayano conseguiu absorver mais informações sobre Budo. Ele encontrou posts onde havia marcado Taro, e outros em que havia marcado a sua, até então, paixão, Raibaru Najimi. Ele era exclusivamente fofo com ela, sempre demonstrando carinho e uma admiração imensa. Um exemplo de garoto. Apesar disso, Raibaru parecia mais preocupada com Taro. No final, independente dela gostar de Taro ou não, Budo não teria chance alguma com ela.

Além disso, ela observou que ao contrário da irmã, Raibaru parecia ser uma "moedere". O tipo de garota que todo mundo gosta de proteger, sempre tão dócil e de face angelical. Ayano sempre odiou garotas assim. Ela sempre invejou o quão natural elas conseguiam ser.

"Talvez esse seja o tipo de garota que ele goste, hm?" Ela pensou consigo mesma.

Procurando mais a fundo, ela conseguiu achar uma lista de seus mangás e animes favoritos. Por mais que Budo não se considerasse um otaku, era um detalhe realmente interessante. Mais curioso ainda era o fato de que grande parte dos mangás ali citados eram ecchis ou hentais. Todos eles com personagens fofas, meigas e delicadas. Mas com seios fartos.

— Tsc, garotos. Sempre tão sujos. —A yandere sorriu de lado.

Então esse era realmente o tipo de garota que Budo gosta. 


Notas Finais


Okaay, vamos para as explicações!
"Autora-senpai, que merda é essa de Raibaru? Tá louca?"
Entãão, se você for bem viciado em YanSin, vai saber que a Rival-chan (aquela loira/ruiva de maquia-chiquinha que fica parada embaixo da árvore) era para ser a Osana Najimi no final do game, porém Yandere Dev não gostou do design dela e decidiu mudar.
De qualquer forma, Yandere Dev já afirmou que a Rival-chan vai estar no inserida no game. Eu ouvi umas teorias de que ela será a irmã da Osana, então decidi aplicar aqui.

Mas onde o Budo se encaixa nisso tudo? Bem, vamos lá. Em um dos updates, Yandere Dev afirmou que Budo esta de alguma forma relacionado à Osana. Assim como ja afirmou que teria alguém "protegendo" ela, é aí que entra a Rival-chan. No site oficial está dizendo que Budo tinha um crush na ex líder do clube de artes marciais. Então faria todo sentido ser a irmã dela, se formos juntar os fatos.

"Raibaru" é a forma japonesa para "Rival", enquanto Osana Najimi significa "amiga de infância", "Raibaru Najimi" Seria o oposto. Ao menos isso diz o google tradutor, me corrijam caso tenha algo errado. q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...