História Lovin So Hard - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Zendaya
Personagens Justin Bieber, Zendaya
Tags Amor, Jerin, Mudanças
Exibições 77
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu estou vendo mesmo que já estamos em 40 favoritos ? Continuo não acreditando nisso, mas, vamos deixar isso pra lá. Voltei com mais um capítulo e to apaixonada por ele. Espero que vocês se apaixonem também.

Capítulo 10 - You Changed Me


Fanfic / Fanfiction Lovin So Hard - Capítulo 10 - You Changed Me

Erin P.O.V. 

 

 "Você é a melhor coisa que eu nunca soube que precisava

Então quando você estava aqui eu não fazia ideia

Você é a melhor coisa que eu nunca soube que precisava

Então agora está claro que preciso de você aqui sempre"

Ne-Yo - Never Knew I Needed 

 

 

 Como Justin tinha dito, ele me trouxe até a minha casa.  Eu até perguntei se ele queria entrar, mas, o mesmo recusou dizendo que Ryan pediu a ajuda dele com as coisas da festa, então eu me despedi dele e entrei em casa. 

 

  - Oi pai, chegou cedo. - Disse ao ver o meu pai que por incrível que pareça estava em casa mais cedo que o normal. 

 

  - As coisas na empresa já se estabilizaram agora, então, eu vou poder ficar mais tempo em casa. - Ele disse assim que eu me sentei no sofá jogando a minha mochila e tirando meus tênis.

 

 -  Ah sim, então pai... Um amigo da escola vai fazer uma festa na quarta e eu sei que isso é meio estranho, mas, como é aniversário dele e meu será que eu poderia ir ? - Perguntei realmente curiosa.

 

 - E como você vai pra escola no dia seguinte ? Duvido que a sua mãe concorde com isso. - Ele disse e eu revirei os olhos.

 

 - Eu vou pra escola numa boa. Qualquer coisa eu falo com a mamãe já que ela não é tão implicante quanto você. - Disse mostrando a língua pra ele que começou a rir.

 

 - Continue com as piadinhas que eu cancelo o seu presente. O que você queria mesmo...Um carro ? Você não tem carteira mesmo. - Ele disse de um jeito repreendedor e eu fiquei chocada.

 

 -  Que isso nem fiz 16 anos ainda e estou sendo ameaçada ? Que tipo de pai você é, Robert ? - Perguntei me fazendo de durona.

 

 Ele riu e se virou indo para o escritório sem me responder. Me levantei e fui até a cozinha pra ver o que tinha pra comer e pedi a Dulce pra fazer um lanche pra mim enquanto eu tomava banho, então subi para o meu quarto.

 

 -xxx-

 

 Depois de arrumar as coisas do meu estúdio de desenho, sai em direção ao corredor trancando a porta e indo até o meu quarto. Tomei outro banho e agora eu vestia o meu pijama. Desci as escadas indo até a sala de jantar encontrando meus pais à mesa e me sentei para acompanhá- los.

 

  - Erin seu pai me falou que você pediu pra ir à uma festa. - Minha mãe começou a dizer enquanto eu me servia.

 

 - Então... ? - Perguntei olhando pra ela esperando que a mesma continue.

 

 - Você vai poder ir só que deverá estar em casa às 23:00hrs. - Ela disse e eu bufei internamente.

 

 - Por que não pode ser até meia noite como a Cinderella ?  - Perguntei sendo sarcástica e minha mãe me olhou de modo reprovador. - Desculpa. 

 

 Logo após terminar o jantar,me levantei e subi para o meu quarto. Escovei meus dentes e voltei para o meu quarto me jogando na minha cama, já que amanhã teria aula. 

 

-xxx-

 

 Aula de Ciências e Justin Bieber como seu parceiro de trabalho podem ser considerados coisas boas ? Não mesmo. Eu tentava me concentrar na atividade, porém, Justin sempre me distraia me fazendo rir das palhaçadas dele com o Chaz. 

 

 - Já chega vocês dois. Se você continuar dando atenção pra esse mané, eu vou fazer a atividade sozinha e falar pra professora que você não me ajudou já que isso é verdade. - Disse fazendo Justin se virar e olhar pra mim.

 

 - Desculpa aí, mas, eu já fiz a minha parte. - Ele disse me mostrando o caderno dele que tinha feito algumas questões e quando eu olhei pra ele o mesmo tinha um sorriso debochado no rosto o que me fez revirar os olhos. 

 

 - Então me ajuda né! - Disse dando um tapinha no braço dele.

 

 - Só se você sair comigo depois da aula. - Ele me olhou fazendo uma cara fofa na tentativa de me convencer.

 

 - Eu aceito... - Ele sorriu. -  Se você não me chantagear mais. - Disse fazendo ele desmachar o sorriso.

 

 - Isso é golpe baixo. Não é justo. - Ele disse cruzando os braços como uma criança birrenta.

 

- Não é justo você me chantagear, mas, eu aceito.  - Disse fazendo ele sorrir de novo. - Parece uma criança.

 

  - Cala a boca e termina logo esse trabalho. - Ele disse puxando o meu cabelo e eu revidei dando um soco no braço dele. - Agressiva.

 

-xxx-

 

Finalmente a aula de dança acabou porque eu estou exausta. Hoje tivemos que ensaiar algumas músicas da Sia e não foi nada fácil. Fui para o vestiário e minutos depois eu saio de lá indo em direção a saída, mas, acabei esbarrando em alguém.

 

- Desc... Aff, tinha que ser você não é Bieber ? - Eu disse olhando para o idiota que estava na minha frente.

 

  - Tenho culpa não, tava saindo do treino. Você realmente vai sair comigo ? - Ele perguntou bagunçado o cabelo.

 

 - Já tinha esquecido, mas, vamos . - Disse e ele seguiu até o estacionamento.

 

 - Entre senhorita. - Ele disse abrindo a porta do carro pra mim. 

 

 - Que cavalheiro você, ta doente ? - Perguntei debochando pra variar.

 

 - Não, eu apenas estou de bom humor. - Ele disse quando deu a volta pra sentar no banco do motorista. 

 

 - Posso saber o motivo do seu bom humor ? - Perguntei enquanto ligava o rádio procurando uma música boa pra ouvir. Abusada , eu ? Que nada.

 

 - Você, já que aceitou sair comigo. Se fosse outra garota, ela iria negar e só aceitar transar  comigo. Não que eu não goste disso, mas, você é diferente. - Ele confessou sem tirar os olhos da estrada.

 

 - Uau, me sinto lisonjeada por isso. - Disse olhando pra ele que tinha um sorrisinho envergonhado no rosto. - E mais ainda por te ver com vergonha. Quem diria que Justin Drew Bieber, o cara mais fodão da Beverly Hills High School fica com vergonha ? 

 

 - Como eu disse você é diferente e está me tornando alguém diferente. Eu to gostando disso e de você também. - Ele disse olhando pra mim rapidamente que engoli em seco.

 

- De mim ? O que você ta querendo dizer Justin ? - Eu perguntei piscando os olhos nervosa.

 

- Que eu estou apaixonado por você. - Ele disse depois de estacionar o carro em frente à mesma lanchonete do dia anterior. 

 

 Ele saiu do carro e eu continuei no mesmo lugar tentando digerir o que ele tinha acabado de falar. Como reagir ao ouvir um garoto dizer que é apaixonado por você ?


Notas Finais


Suspirando até 2020. Quem ta assim também ? Espero que vocês tenham gostado e até a próxima.
P.S. : Essa festa promete <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...