História Loving Again - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cristiano Ronaldo
Personagens Cristiano Ronaldo
Tags Futebol!
Visualizações 102
Palavras 1.476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola amores, desculpa a demora, espero que gostem do capítulo, beijos<3

Capítulo 7 - Seventh


Fanfic / Fanfiction Loving Again - Capítulo 7 - Seventh

POV Sophia Armani 

Coloco o celular na cabeceira e vou tomar banho, após um banho quente e relaxante vou me vestir- Como escolher o que vestir se eu nem sei para onde vamos?- resmungo baixo indo pegar o celular para mandar uma mensagem para Cristiano. 

Mensagem On 

Esqueci de perguntar, para onde vamos? :p

Xx A Rainha do Mundo

É simples, não precisa vestir sua melhor roupa, só você já esta de bom tamanho hahaha

Xx Cristiano O Melhor do Mundo Para Você.

Mensagem Off

Riu do codinome que estamos usando, coloco uma playlist para tocar enquanto me arrumo, procuro uma roupa mais simples em minha mala, opto por um conjunto cinza composto por uma saia e um moletom fino e uma bota preta de cano baixo, pego minha pequena mala de maquiagem e vou para o banheiro fazer uma maquiagem simples.

POV Cristiano Ronaldo 

Assim que recebo a mensagem de confirmação de Sophia começo a arrumar o quarto, guardo todas as roupas no closet, fiz a cama e tirei meus objetos de cima da mesa que havia no canto do quarto, coloco as cadeiras uma frente a outra, ligo para a recepção e peço para passarem a ligação para a cozinha do hotel, peço para o chefe fazer dois pratos da sua especiaria e pedir para entregarem no meu quarto, assim que coloco o telefone na base vou direto para o banho.

Visto uma calça jeans preta, uma camiseta simples branca, por cima uma jaqueta também preta e nos pés um tênis preto da marca Giuseppe Zanotti, ao terminar de passar meu perfume ouço baterem na porta, recebo os dois pratos já os colocando em suas posições, pego as velas que tinha comprado mais cedo, planejei esse jantar desde hoje cedo, coloco algumas sobre a me e espalho as outras pelo quarto, olho as horas e percebo que são quase oito e meia, passo um pouco do meu perfume pelo quarto, só para garantir e saiu indo para o estacionamento do Hotel.

POV Sophia Armani

Termino de vestir minha roupa após fazer a maquiagem, me olho no espelho- caramba,tu é linda, vem sempre aqui ? - riu e pego meu celular juntamente com minha carteira e mando uma mensagem para Cristiano peguntando se ele já está chegando, o mesmo me responde que já está a minha espera na entrada de trás do meu Hotel.

Desço para o térreo e vou para a entrada traseira, assim que saiu consigo avistar o carro de Cristiano, o mesmo da noite passada, ando até o mesmo e entro no carro sendo recebida por seu perfume embriagante, fecho a porta e olho para ele e sorrio,

- Oi- falo timidamente e dou um beijo em sua bochecha.

- Ola- ele fala com a voz rouca ainda perto do meu rosto, sinto um arrepio em minhas costas e volto a me recostar sobre o banco, coloco o cinto antes dele arrancar com o carro.

O caminho inteiro se foi feito presente o silencio, estranho estarmos chegando em outro Hotel, Cristiano percebe minha cara de confusa e se pronuncia.

- Queria um jantar mais privativo, confortável, sem ninguém olhando ou cochichando, tudo bem ?- ele me olha de relance enquanto estaciona.

- Tudo bem sim, é até melhor- falo e tiro o cinto percebendo que ele já estacionou o carro, desço do mesmo e espero Cristiano. Ele me guia até o elevado com a uma das mãos em minhas costas, mesmo dentro do elevador ele continuava com a mão no mesmo lugar, fazendo um carinho de leve, olho para ele que está olhando para frente e dou um sorriso de canto de boca abaixando minha cabeça logo em seguida.

A porta do elevador se abre, novamente deixo Cristiano me guiar até a porta de seu quarto, ele para na frente da porta de número sete, olho para ele debochadamente e riu.

- Não posso fazer nada se o sete me persegue- Da os ombros e abre a porta para mim sorrindo, entro e me surpreendo, coloco uma das mãos em frente a boca, ele passa por mim e acende as velas que estão espalhadas pelo quarto dando um ar romântico ao local.

- Uau, está lindo- olho para ele ainda sorrindo.

- Fiz o máximo que conseguir em poucas horas, para você- ele falo sorrindo de lado.- Obrigado pelo esforço- respondo e ele vem em minha direção dando um beijo em minha cabeça.

POV Cristiano Ronaldo 

- Vem, vamos jantar - vou até a mesa e puxo a cadeira para ela sentar, assim ela o faz, sento em minha cadeira e começamos a jantar em silencio.

- Ontem não tivemos tempo para conversar, acho que agora é o momento perfeito. Como surgiu essa estrela das passarelas ?- pergunto e a olho.

- Bom, nem tudo são flores- ela ri e continua a falar- eu comecei com 7 anos naqueles concursos de beleza mirim, fiz eles até meu 12 anos, depois disso parei pois minha família entrou em crise, quase tivemos que morar na rua- seguro a mão dela por cima da mesa ao perceber que era um assunto delicado para ela- meu irmão teve um problema sério de saúde e tudo só se complicou mais no Brasil, comecei a ser modelo de coisas pequenas para ajudar a pagar as contas, muitas vezes passamos fome para ter onde morar, ou o aluguel ou a comida- ela respira fundo e sorri de lado- mas passou, consegui ir para os EUA e fiz teste para desfilar pela Victoria´s Secret, fui aceita para desfilar e no mesmo ano assinei um contrato para ser Angel, tudo se resolveu e hoje estou aqui- ela sorri e aperta de leve minha mão, sorrio de volta e volto a perguntar.

- Sonhos? - dou uma garfada de minha comida e a olho.

- Ajudar as pessoas carentes, sinto que tenho uma divida com a Terra e é essa, outro sonho é conhecer o mundo todo, todas as culturas. - Ela fala com um sorriso lindo no rosto, um olhar que chega a brilhar, o máximo que consigo fazer é admirar ela- É isso. - Ouço ela falar e percebo que perdi uma parte de sua fala.- E você jogador ? Sua história, seus sonhos? Estou em desvantagem.

- Ah, vim de uma família simples lá de Portugal, infelizmente perdi meu pai para o Alcoolismo por isso não bebo e nem fumo ,comecei a jogar cedo, joguei no Sporting Clube de Portugal, no  Manchester United e agora no Real Madrid, foram tempos difíceis no Sporting, tive que me afastar da minha família e ainda descobri que tinha um problema no coração, quase tive que jogar por isso, tive Junior em 2010, acho que ´isso.- Riu sendo seguido por ela. Terminamos de jantar em um clima agradável.

- Quero saber a história de Junior mas antes, já que estamos em um lugar privado, por que não ficar a vontade né?- ela fala e levanta , se apoia na cadeira e tira as botas que calçava, ela senta no chão próximo a cama- Vem, já te contei a história da minha vida, acho que já somos conhecidos pelo menos- ela gargalha, levanto rindo e tiro meus tênis e sento perto dela encostado na cama.

- Pronto senhorita intimidade ?- ela sorri e assente com a cabeça- Bom, estava nos EUA com a seleção portuguesa e em uma das noites tive um caso com uma camareira do Hotel que estava, voltei com a seleção para Portugal e depois de uns 4 meses essa mulher entrou em contato falando que estava grávida, fiz todos os testes para saber se era meu filho mesmo, em 17 de Junho de 2010 o maior amor da minha vida veio ao mundo, depois disso levamos ele para Portugal, hoje ele faz ponte de Madrid e Portugal, mora nos dois países.- Ela fica me olhando um pouco e se pronuncia.

- Você é um bom pai, já umas polemicas relacionadas a vocês dois, porém nunca acreditei, hoje eu tenho a certeza.- Pego a mão dela e acaricio de leve, olho para ela e sorrio - Obrigado- falo baixo e continuo a olhando sorrindo.

Me aproximo dela devagar observando todos seus detalhes, com a mão livre toco o rosto dela aproximo mais nossos rostos, selo nossos lábios devagar, me distancio minimamente e olho para o fundo dos olhos dela.- Por que eu sinto que nos conhecemos a anos ?- ela sussurra antes de selar novamente nossos lábios, peço passagem para aprofundar o beijo, ela cede e corresponde, passo meus braços por sua cintura e trazendo para mais perto, sinto suas mãos passarem por meu tronco até chegar em minha nuca apertando o local, separo o beijo por falta de ar e a olho.- Se já nos conhecemos a anos então vamos matar a saudade.- Volto a beijar ela com mais vontade.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, vou tentar postar com mais frequência.

A pergunta de hoje é: Vocês preferem ter a cabeça raspara por um ano e continuar a se conhecer pessoas e fazer amizades ou ter o cabelo que tem hoje por dez anos porém não interagindo com as pessoas?

Minha resposta: Prefiro o cabelo raspado e poder conhecer pessoas, pois é uma experiencia nova, e na minha humilde opinião, somos bonitos com cabelo grande, pequeno, loiro, castanho, ruivo, colorido, somos bonitos do jeitinho que somos, e fora que conhecer pessoas novas é sempre bom, espero a resposta de vocês.

Se gostaram comentem e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...