História Loving can hurt - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Iris, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Exibições 97
Palavras 1.119
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oioi pessoas ! Desculpa por nn postar ontem, mas eu tive q ir na igreja e tive q tocar, me avisaram ontem pra eu tocar ontem ! ~ já tô até acostumada kk ~
Mas enfim, espero q gostem, me desculpem qualquer erro ~ fiz ontem a noite assistindo série kk ~
E boa leitura *-*

Capítulo 10 - Conectados?


Fanfic / Fanfiction Loving can hurt - Capítulo 10 - Conectados?

* Sophie on *
Já faz algum tempo que Castiel me deixou em casa. Eu estava com raiva do Dake, do que ele me fez, do quanto me fez sofrer, e do quanto ainda sofro. 
Assisto algumas series na Netflix e acabo dormindo.

~ dia seguinte ~
Hoje seria o dia de apresentarmos as músicas, eu estava nervosa, e não é pra menos, todos da sala estariam olhando para mim.
Fui para a escola e esbarrei em Armin.

Armin: Oh, desculpe Sophie...

Quando ele me olhou, eu corei, não sei o motivo, acho que me lembrei do beijo de ontem...

Eu: T-tudo bem...

Armin: E, Sophie...? M-me desculpe por te beijar ontem, e-eu agi por impulso, sem pensar...

Eu: T-ta tudo b-bem...

Ele assentiu e foi embora, andei pelo corredor até ver o Castiel discutindo com o...Dake?!

Castiel: Seu filho da puta !! Tu não vai encostar um dedo nela !

Dake: E quem você pensa que é ?! Eu sou o namorado dela !!

Eu: C-Castiel...?

Dake: Oi gatinha !

Ele sorriu para mim e Castiel deu um soco nele. E estava indo para cima dele.

Eu: CASTIEL !

Tentei segurar seu braço, mas ele me jogou para trás e continuou batendo no Dake.

Diretora: O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?!

Castiel continuou batendo em Dake.

Diretora: CASTIEL ! NA MINHA SALA ! AGORA !!

Ele parou de bater no Dake e foi para a sala da diretora. Eu fui atrás dele e tentei escutar atrás da porta, o que não funcionou. Ele saiu com raiva.

Eu: O que ela falou?

Castiel: Estou suspenso por 3, apartir de agora.

Eu: Mas...ela deve punir o Dake também !

Cast: Eu disse isso, mas ela não me escuta ! Eu tenho que ir, senão pode acabar sobrando pra você...

Eu: Okay...

Ele deu um beijo na minha testa e foi embora. E agora?! Com quem eu vou cantar ?!

~ sinal toca ~
Agora é a aula de música, estou nervosa, terei que explicar ao professor...
Fui para a sala e todos já estavam lá, vamos Sophie, você é tímida mas vamos ! Você consegue !

Eu: Professor...?

Lys: Professor...?

Olhei para ele, mas ele não me olhou, apenas encarava o professor, que se virava para nós.

Professor: Sim...?

Lys: A Violette está internada no hospital, então como farei? Estou sem dupla.

Professor: Escreva uma música e me entregue ! E você Sophie?

Eu: O C-Castiel não pôde vir hoje, estou sem dupla também...

Professor: Faça a mesma coisa que Lysandre, escreva uma música !

Eu era péssima escrevendo música, mas assenti mesmo assim. Fui para o meu lugar e observei Lysandre escrever, ele tinha mais facilidade do que eu. Ainda me lembro dele falando que ia me mostrar tudo que escreve naquele bloco de notas. Sorri com a própria lembrança. Já sei ! Comecei a escrever no caderno algumas palavras, e depois de um tempo, entrego ao professor.

Professor: Que bom, você e o Lysandre conseguiram !

Os alunos começaram a apresentar, Alexy e o Rosa foram engraçados, eles não tinha vozes bonitas, mas animavam a todos kkk. Nathaniel e Armin cantavam bem, mas a música que escolheram não combinava com os dois. Iris e Kim cantaram bem, e a música combinava bem com as duas. Li e Charlotte inventaram de cantar Hello da Adele, não deu muito certo... Peggy e Ambre...não queiram saber, Peggy cantava mais ou menos e Ambre não sabia uma única nota...

Professor: Ótimo ! Todos foram bem...agora, Sophie e Lysandre, queiram apresentar a música de vocês.

Eu: M-Mas ele não, eu não...

Lys: Não somos uma dupla professor.

Professor: Sério? A música de vocês combina, parece que escreveram juntos.

Eu: S-Sério?

Professor: Sim ! Parece que estão conectados então kkk

Eu corei com o que o professor falou, e todos começaram a me olhar.

Professor: Cantem um trecho pelo menos...

Olhei para Lysandre, que dessa vez, me olhou. Ele assentiu e fomos juntos para um piano que havia lá. Fazia algum tempo que eu não tocava piano, mas vamos tentar...
O professor nos entregou um papel, parece que ele reescreveu nossas músicas de um jeito que realmente, elas se interligavam...
Lysandre se sentou ao meu lado, no banco do piano e começamos a tocar, juntos.
(N/A: Agora o que eu colocar entre parênteses será oq a Sophie está sentindo)

~ música on ~

(Começamos a tocar em sincronia, até parecia que havíamos ensaiado)

Lys: Eu, queria te contar aquela coisa
 Que fiquei de falar aquela noite Gaguejei não consegui terminar 
A coragem foi embora 
Não consegui te falar
 Eu, queria tanto ser teu namorado Não ri que não tem nada engraçado Só desabafei não precisa aceitar Gosto da nossa amizade, mas podia melhorar 

(Ele cantava muito bem, sua voz era calma, o que deixou todos da sala em um puro silêncio, como se estivessem admirando sua voz)

Eu: Não vou te falar nada "Cê" vai ter que adivinhar 
Tô esperando você decifrar o meu olhar 
Se eu te der um sorriso, você pode me beijar 
Mas só vou sorrir se prometer me jurar 
Não me deixar por nada nesse mundo 
Confesso ainda sinto lá no fundo Medo de me entregar e me deixar abandonada 
Todos foram assim porque homem não vale nada 

(Aquilo me deixou desconfortável, ele sabia que eu havia sofrido, mas essa música, ela expressava tudo que eu sentia, e parecia expressar o que o Lysandre sentia também.)

Lys:Então deixa eu te provar ser diferente 
Prometo se sorrir daqui pra frente Esse sorriso vai ser a melhor escolha da sua vida 
Só vai chorar de emoção e o sorriso vai virar rotina Vai virar rotina 

(Ele cantava como se estivesse falando para alguém, cantava com emoção, todos na sala percebiam isso. Mas, para quem ele cantava?)

Eu: Não vou te falar nada "Cê" vai ter que adivinhar
 Tô esperando você decifrar o meu olhar 
Se eu te der um sorriso, você pode me beijar 
Mas só vou sorrir se prometer e me jurar 
Não me deixar por nada nesse mundo 
Confesso ainda sinto lá no fundo Medo de me entregar e me deixar abandonada 
Todos foram assim porque homem não vale nada 

Lys: Então deixa eu te provar ser diferente 
Prometo se sorrir daqui pra frente Esse sorriso vai ser a melhor escolha da sua vida 
Só vai chorar de emoção e o sorriso vai virar rotina...

~ música off ~
A música havia acabado, mas, na ultima nota, nossas mãos se tocaram, e, por um momento, por uma fração de segundos, parecia que estávamos sozinhos na sala, não havia ninguém lá, estaríamos só eu, ele e um piano...
Ele se aproximou de mim, meu coração acelerava, parecia que ele iria me beijar...

 

 


Notas Finais


Espero q tenham gostado *-*
A música q eles cantaram é: Vai virar rotina *-*
Até a próxima *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...