História Loving can Hurt- jolari - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Tags Jolari
Exibições 188
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 45 - " Fiz um caminho sem volta, agora não posso voltar atrás."


Fanfic / Fanfiction Loving can Hurt- jolari - Capítulo 45 - " Fiz um caminho sem volta, agora não posso voltar atrás."

P.O.V Lari:

- Que bom que entendeu o recado, assim não preciso ficar repetindo. -sequei as lágrimas

- Eu esperaria isso de qualquer um, menos de você.

  Fiz um caminho sem volta, agora não posso voltar atrás.

- Olha, pensei que demoraria mais pra terminar, pelo jeito não confia no seu namorado. -o Chequer saiu de trás da árvore.

- Foi você!!! -o acusei.

- Surpresa. - balançou as mãos. - E nem pense em falar pra ele.

- Eu tenho outra escolha?

   Fui pro quarto, não falei com ninguém e me tranquei no banheiro.

  Eu sabia que tinha dedo dele nisso, o João não seria capaz de fazer isso. Agora eu tenho a certeza, acabou, e pra sempre. Se abriu um buraco dentro de mim, que não para de se abrir. Se vou aguentar mentir? Não sei. Se estou disposta a te fazer feliz mesmo que custe um preço muito alto? Sempre, porque se estiver feliz, também vou estar.

  O que mais me dói é que vai seguir em frente, sem mim, e eu vou continuar parada sem rumo. Como vou ficar ao seu lado sem te beijar? Como vou lidar quando arrumar outra? A partir de agora, não sei mais nada da minha vida.

  Depois de horas de choro, deitei na cama e dormi. Acordei com a cara toda inchada, tentei maquiagem pra esconder, mas não deu certo.

- Miga, que história é essa de terminar com o João? -Gio perguntou me barrando na porta. - A escola inteira está sabendo.

- Povo fofoqueiro viu -respondi. - Agora me dá a licença.

- Não vai me contar o que aconteceu? Pode confiar em mim, a gente é amiga dês de sempre.

- Isso é assunto meu, e não quero falar - passei a empurrando.

  O fingimento começou...

P.O.V João:

  Eu ainda não consigo acreditar que terminou comigo. Simplesmente não dá, como não acreditar em mim? Talvez já seja o preço que estou pagando, e muito caro. Poderia esperar isso de qualquer pessoa, menos de você, por ser o amor da minha vida (não mais). Dizia que me amava, apoiava e acreditaria em mim ,porque tudo era real. E me enganei, foi apenas um conto de fadas.

 A mais que tristeza dentro de mim, sentimentos que nunca senti antes. Quando se encontra a pessoa certa, nunca deveria fazer o outro sofrer. Sei que somos todos seres humanos e imperfeitos, mesmo assim, suas atitudes me decepcionaram e muito. Agora eu consigo vê quem realmente você é.

Se vou me curar? Um dia. Deixar de viver? Jamais. Continuarei? Sem sombra de dúvidas. Te esquecerei? Nunca.

 O colégio inteiro já sabia que jolari tinha acabado, umas meninas vinham dar em cima de mim. Não liguei, pois pra aquela vida não volto mais. Jurei para mim mesmo que não vou apaixonar de novo, porque só machuca.

 A única coisa boa nessa história, é que hoje é sábado. Então poderei ficar em casa.

- Cuidado por onde anda. -esbarrei em alguém, era a Lari, ou melhor Larissa.

- Não é culpa minha se fica esbarrando em mim. -falei.

- Sai da minha frente!

- Daqui eu não dou um passo. - quase travei na hora de falar.

- Jolari brigando de novo? Peraí que pego a câmera pra filmar tudo. -era a nojenta da Celeste, o garotinha insuportável.

- Vai tomar conta da sua vida. - a Larissa respondeu.

- Adoraria, mais agora eu moro com uma chata e tenho que voltar com ela.

- Vamos logo. -me empurrou.

  A Larissa mudou, se tornou uma pessoa fria. Totalmente da que um dia conheci.

P.O.V Lari:

  Hoje eu esbarrei no João. Que vontade de abraça-lo e dizer que já sei de toda a verdade, se não fosse aquele Chequer. Acredita que depois disso tudo, ele me ligou falando que iria na mina casa dar uma "olhadinha" e pegar dinheiro. Vê se pode?

 Cheguei em casa em a oxigenada e me deparei com a bruxa. Revirei os olhos e me tranquei no quarto. Passei horas chorando, a minha vida tá um caos.

- Abre essa porta, tem visita te esperando lá em baixo. -uma das empregadas me chamou.

- Já tô descendo.

 Quando terminei de descer, era o Chequer me esperando. Carregava flores e tudo mais (o que essa peste está planeando).

- Cuidado ein, seu namorado vai ficar com ciúmes. - meu pai falou sentado no sofá.

- Ele não é mais meu namorado. -peguei as flores.

- Como você está, linda? -perguntou, tive vontade de tacar um tijolo na cabeça dele.

- Muito bem. -respondi dando um sorriso. - Vamos subir?

  O levei para o meu quarto, olhava tudo com um cifrão nos olhos.

- Nunca mais me chama de linda. - falei entre os dentes.

- Faz assim que eu magoo. É o seguinte, me descola uma grana que estou precisando. -sentou na cama. - E mais um coisa, na segunda assumiremos o namoro e vamos entrar de mãos dadas.

- Rápido assim? Eu não quero que o João fique mal falado.

- Pouco me importa se vai ficar mal falado. Tem milhares de garotas que estão amando que está solteiro.

- Sabe por que? Porque ele é um cara honesto, fiel e que vale à pena. -quase cuspi as palavras.

- Eu valho à pena.

- Não vale, agora desaparece da minha frente.

- Depois do dinheiro. -estendeu a mão.

- Tá lá fora.

  Esperei ele sair, peguei um álbum de fotos que tinha guardado. Tinha um monte de fotos minha com o João.

- Eu te amo, olhos lindos! -abracei uma foto.

 


Notas Finais


E fiquei de recuperação, por isso não postei esses dias.
bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...