História Low self esteem - MarkSung - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias NCT Dream
Personagens Chenle, Haechan, Jaemin, Jeno, Jisung, Mark, RenJun
Tags Marksung, Nct Dream
Exibições 83
Palavras 1.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Genti eu juro q tentei postar domingo, mas n deu ;^;
Então, esse cap vai ter uma limonada
Quem não quiser ler, é só pular ^^
Desculpas, eu sou muito ruim em escrever lemons Desculpas ; -;)

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Low self esteem - MarkSung - Capítulo 5 - Capítulo 5

     *Jisung POV on*

     Quando eu sai da casa do mar fui correndo pra casa, meu pai havia falado que iria falar comigo as seis, e já eram seis e meia, ou seja, eu estava ferrado.

     Quando cheguei em casa, as luzes já estavam acessas, então meu pai já havia chegado, respirei fundo e entrei.

     -Olha só quem chegou- falou

     -Então…o que o senhor queria me falar?- Perguntei olhando para os meus pés

     -Então Jisung… eu vou me casar com uma mulher, então, eu não quero que ela saiba que eu tenho um filho, e ainda mais, gay- falou, e eu arregalei os olhos e olhei pra ele- Então, eu já arrumei suas malas, você pode sair de casa- falou

     -M-mas onde eu  vou ficar?- Perguntei com os olhos marejados, meu pai estava me expulsando de casa

     -Arrume algum lugar- falou como se fosse simples, minha lágrimas já estavam caído- Vamos logo com isso, ela vai chegar daqui… duas horas para conhecer a casa- falou me empurrando pra fora de casa

     E lá estava eu, com uma mala de roupas e com o rosto molhado de lágrimas, só havia um lugar para eu ir.

     *Jisung POV on*

     *Mark POV on*

     Eu estava preparando um ramen para eu comer de janta, porque meus pais não iriam voltar pra casa hoje, só amanhã a noite, até que eu ouço a campainha tocar, vou em direção a porta e abro a mesma.

     -Jisung?- Perguntei surpreso- O que aconteceu com você?- Perguntei

     -M-Mark, meu pai me expulsou de casa- falou começando a chorar- E-eu posso ficar na sua casa?- Perguntou fungando

     -M-mas é claro- respondi- E-entra- Falei abrindo espaço para que ele entrasse- Então o que aconteceu exatamente?- Perguntei sentando no sofá

     -É-é, bem - Ele contou o que tudo o que havia acontecido

     -É sério que o seu 'pai' fez isso com você? Por uma mulher ele te expulsou de casa?- Perguntei indignado com o que ele havia contado- Mas, você não está aliviado? Tipo, ele te batia- Perguntei

     -Uma parte sim, mas outra não, ele é meu pai, entende?- Perguntou e eu assenti- Mas então, eu posso mesmo ficar na sua casa?- Perguntou, ele já havia parado de chorar, seus olhos estavam meio inchados, isso o deixava fofinho

     -Claro, sem problemas, então eu estava preparando o jantar, é ramen, pode ser?- ofereci

     -A-ah não, eu não estou com fome- Falou

     -Jisungie, eu sei que você não almoçou, então como pelo menos um pouco- Falei insistindo

     -T-tudo bem- falou

     Eu o puxei para a cozinha e peguei os pratos, copos e talheres, coloquei tudo em cima da mesa e servi o ramen.

     -Vamos jisung, coma, só um pouquinho- insisti- Por favor- pedi

     -T-tá, mas só um pouco- falou pegando um pouco de ramen- Pronto- falou comendo

     -Tudo bem, eu vou tomar banho, se você quiser pode usar o banheiro do meio quarto, eu vou usar dos meus pais- Falei levantando da cadeira

     Fui até meu quarto pegar meu pijama e fui para o banheiro dos meus pais.

     *Mark POV off*

     *Jisung POV on*

     Me levantei da mesa e fui até o quarto do Mark tomar banho, subi as escadas e entrei no quarto, lá encontrei Mark mexendo no guarda roupa.

     -Jisungie, usa essa toalha- falou me entregando uma toalha azul com bolinhas amarelas

     -Obrigado- agradeci

     Mark saiu do quarto e eu fui em direção ao banheiro, tranquei a porta e comecei a me despir, abri o box e liguem o chuveiro.

     …

     Quando eu terminei de me lavar peguei a toalha e me sequei.

     -Droga, esqueci minha roupa- sussurrei para mim mesmo

     Destranquei a porta e olhei se não havia ninguém, sai do banheiro e anti minha mala que estava em cima da cama, estava procurando um pijama até que sinto braços rodeando minha cintura.

     -Esta tentando me provocar jisungie?- Perguntou

     -O-o que? M-Mark?- Falei me virando- O que voc- fui interrompido por um beijo

     Nos beijamos até sentimos falta de ar, ele sentou na cama e me puxou para sentar em seu colo, ele começou a beijar meu pescoço e chupá - lo que depois iriam ficar marca, depois o mesmo me beijou de novo, ficamos assim até ele tirar a toalha q estava na minha cintura sem interromper o beijo, ele pegou meu membro e começou a me masturbar.

     -A-ah M-Mark- gemi interrompendo o beijo

     Eu está quase gozando quando ele parou de movimentar sua mão e eu dei um gemido de reprovação.

     -Ainda não baby- corei com o 'apelido'

     Ele me tirou de seu colo e começou a se despir, ele tirou sua camiseta e sua calça junto com sua cueca, seu membro já estava ereto, se sentou na cama novamente e me puxou para seu colo, comecei a rebolar em cima de seu membro arrancando gemidos de ambos, Mark abriu uma gaveta que estava em baixo da cama e tirou um pote de lubrificante, ele colocou o conteúdo nos dois dedos da mão e levou até a minha entrada, ele introduziu os dois dedos de uma vez, no começo começou a doer um pouco mas com o tempo a dor foi se tornando prazer, eu comecei a rebolar nos seus dedos pedindo mais até que ele tirou seus dedos e eu soltei um gemido de reprovação, ele me deitou na cama e posicionou seu membro na minha entrada precionando para que entrasse, a dor era horrível, estava me segurando para não parecer desconfortável com a dor, mas ele havia percebido então começou a me masturbar, ele começou a se movimentar dentro de mim, a dor começou a desaparecer, ele começou a ir mais rápido até que ele atingiu minha próstata, e eu gemi alto, ele começou a atingir aquele ponto mais vezes até que eu gozei sujando minha barriga, não demorou muito para eu sentir meu interior ser preenchido com o seu gozo, ele se jogou ao meu lado com a respiração acelerada.

     -Agora nós vamos ter que tomar banho de novo- Falei

     -Tudo bem, vem, vamos tomar um banho então- falou indo em direção ao banheiro- Você não vem?- Perguntou e eu tentei me levantar, sem sucesso

     -Eu não consigo- Falei corando, e ele começou a rir- Pare de rir, foi você que fez isso, vai, me carrega- levantei meus braços e ele me carregou até o banheiro para tomarmos banho

     …

     *Jisung POV off*

     *Mark POV on*

     Quando saímos do banho eu ouvi meu celular tomar, peguei e o atendi.

    "Mark! Aqui é o Jeno, então, que tal a gente fazer uma festa do pijama na sua casa em? Amanhã vá ser sábado, por favorzinho"

     -Hum…tudo bem, o jisung está aqui, vocês não se importam?- Perguntei

     "Não, claro que não, mas por que ele está aí?"

     -longa história, mas eaí, quando vocês vão chegar?- Perguntei

    "Daqui a pouco estamos aí"- falou desligando a chamada

     …

    
   


Notas Finais


*se esconde*
Me falam se esta bom ou não
Todo tipo de comentário é bem vindo ^^
Desculpa msm pelo lemon genti mas eu não aguentei ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...