História Lua - Harry Styles - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Exibições 136
Palavras 2.431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey, Friends!
Desculpa a demora, mas como as provas e os trabalhos estão chegando, preciso dedicar cada tempo à escola.
Era pra esse capítulo ter saído sábado de madrugada, mas (do jeito que eu sou um desastre em pessoa) acabei apagando o capítulo todo sem querer e eu apaguei quando eu tava no finalzinho dele! :(
Bom, mas o que importa é que o capítulo está prontinho pra vocês lerem.
Então, sem mais delongas (sempre quis falar isso. Hahaha)...
Boa leitura, Crazy Mofos!

XxYas ^-^

Capítulo 11 - "Essa noite realmente foi inesquecível..."


Fanfic / Fanfiction Lua - Harry Styles - Capítulo 11 - "Essa noite realmente foi inesquecível..."

Capítulo XI

 

POV. Lua

- Bom, vou indo. Depois a gente se fala, Ok Lua? -- ele perguntou sorrindo pra mim.

- Ok! Tchau, Ashton! -- eu falei mais corada ainda, não me pergunte o "por que" porque eu também não sei.

- Oh, me chame só de Ash! 

- Ok! Então, tchau, "Ash"! -- eu falei sorrindo que nem boba pra ele.

- Tchau, Lua! -- falou rindo. Fechei a porta assim que o perdi de vista. Meu Deus! Que pedaço de mal caminho!

-Capítulo Anterior

~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~

 

POV. Harry

É hoje à noite que eu consigo completar a minha missão, falta apenas uma hora para a festa começar. Não vejo a hora de ter a maravilhosa Lua em minha cama. Sinceramente, não vai ser nada fácil acabar com essa aposta, afinal Lua é mais difícil do que o esperado. Bom, mas de qualquer jeito eu vou conseguir sair como vitorioso dessa batalha. 

Vou para o meu banheiro tomar uma duche quente, termino e me troco com uma regata branca, camisa xadrez vermelha por cima, minha calça jeans preta e meu sapato para completar. Ah é, esqueci de mandar mensagem para Lua dizendo o endereço. Pego meu celular e entro no número que tinha seu nome.

~Mensagem On~

Eu: Hey, Lua :)

Lua: Oi, Harry. E aí? Já sabe onde vai ser a festa?

Eu: Sim, é Champling, 41. Esteja lá daqui à uma hora.

Lua: Ok, Tchau, Harry ;)

Eu: Tchau, Lua!

~Mensagem Off~

Ótimo, falta pouco para tudo dar como o esperado. Logo, logo, essa maldita aposta acabará da melhor maneira possível.

[...]

POV. Lua

- Porra, Luke! Cadê você?! -- falei impaciente ao telefone com meu melhor amigo.

- Calma, Lua, já tô saindo de casa. -- falou e, ao fundo de sua voz, consegui ouvir a porta de seu carro batendo.

- Tá, mas vem logo! -- eu disse desligando o telefone sem nem esperar pela sua resposta. Levantei da minha cama e fui em direção ao grande espelho que tinha no meu quarto, fiquei observando as minhas grandes curvas sob o cropped branco de renda, minha saia preta também rendada e era acompanhada de um cintinho dourado, já nos meus pés, tinha um scarpin quadrado preto.

Se eu estava ansiosa? Nervosa? Feliz por finalmente ir em uma festa de verdade que não seja de aniversário de crianças? Bom... Podemos dizer que sim. Poxa, em toda a minha vida eu só fui em uma festa desse tipo, e isso aconteceu ano passado. Aquela tinha sido uma de minhas noites favoritas. E agora que vai ter uma parecida com aquela, eu estou mais ansiosa do que o imaginado. 

Fui acordada de meus pensamentos com a buzina de Luke na frente de minha casa e, segundos depois, o som da campainha soando pela casa. Desci as escadas indo em direção a porta, abrindo-a e me deparando com Luke em minha frente, me observando de cima para baixo, com seus olhos incrivelmente azuis brilhando.

- An... Luke, tá tudo bem? -- eu perguntei enquanto olhava-o com o meu cenho franzido. Logo depois, ele parou de olhar o meu corpo e focou o seu olhar nos meus olhos.

- Você tá linda, Lua! -- ele falou me dando um sorriso safado. E foi aí que eu reparei em sua roupa também, uma camiseta preta dos Rolling Stones, uma calças skinny preta e um tênis da Adidas.

- Você também não tá nada mal... -- falei "entrando" no joguinho dele, inclinei a minha cabeça e mordi meu lábio inferior enquanto o observava. -- Mas vamos logo, porque eu não quero chegar atrasada. -- completei a minha frase empurrando ele em direção ao carro, fechando a porta de casa logo atrás de mim.

- Eu não me importo de atrasar pelo menos dez minutinhos. -- falou olhando novamente o meu corpo com um sorriso malicioso no rosto. Safado.

- Eww, seu porco! -- falei fazendo careta e revirando os olhos, entrando dentro do carro logo em seguida, ele entrou no lugar do condutor rindo da minha cara e começou à dirigir em direção à festa.

[...]

- Chegamos! -- falou me dando um sorriso alegre de sua parte, estacionou o carro perto do local e desci logo depois junto com ele, indo em direção à casa barulhenta. Sério, só com esse volume de som, já é o suficiente para fazer eu ficar com uma baita dor de cabeça no dia seguinte.

Assim que pisamos no jardim da casa, vimos várias pessoas bêbadas dançando, bebendo, rindo, e praticamente se comendo ali mesmo. Entramos na casa vendo na sala uma espécie de "pista de dança" no meio da sala com um DJ atrás da multidão de pessoas bêbadas suadas, logo ao lado da sala tinha tipo de um bar com um bar-man atrás servindo as bebidas variadas.

- Uou! Realmente essa festa está incrível! -- falei enquanto olhava cada canto do local.

- Pois é, essa festa está incrível... -- falou Luke, olhando para algumas garotas que passavam ao seu lado piscando o olho pra ele.

- Vai, garotão! Vai lá se diverti! -- falei enquanto ria de sua espontaneidade por ter dito aquilo. Ele me olhou com as sobrancelhas erguidas e seus olhos brilhando novamente, sem acreditar em que eu tinha dito.

- Sério?! -- ele perguntou me olhando como se fosse uma criança que acabou de ganhar um doce. -- Você é a melhor amiga do mundo! -- completou a frase me abraçando forte e me soltando logo em seguida.

- Eu sei... -- eu disse fazendo pose e jogando o meu cabelo para trás, vendo-o rir. Saí andando em direção ao bar para o deixar "a sós" com suas diversões. Me sentei em um banquinho que ficava de frente para o balcão do bar e chamei a atenção do bar-man para me atender.

- Uma vodka, por favor. -- falei para o homem. Ele pegou um copo e encheu ele do líquido transparente, colocando-o em minha frente sob o balcão. Bebi em um gole só, afinal queria me diverti essa noite, da melhor forma possível. Assim que bebi a última gota, senti alguém se sentar ao meu lado, mas ignorei sua presença. Estava prestes à pedir mais para o bar-man, porém uma voz rouca me interrompeu.

- Vai com calma, linda. -- falou a tal pessoa ao meu lado, me virei e tive a visão de belos caracóis e olhos verdes me encarando com um sorriso sínico. Harry. -- Por mim, tudo bem você querer ficar bêbada. Mas, o problema é que não seria muito legal ter uma garota linda como você chapada no meio de vários homens num lugar desses. -- disse me olhando com os olhos cerrados.

- Acontece, Styles, que isso não seria uma má ideia. Afinal, ficar chapada no meio de vários homens deve ser interessante, porque talvez, ele possam ser mais machos do que você, não é? -- falei inclinando a minha cabeça de lado dando um sorriso falso e amarelo para ele.

Levantei e saí logo dalí antes que eu fizesse um barraco por causa daquele babaca imprestável. Fui na cozinha da casa, onde tinha mais bebida sobre a mesa, peguei um copo de plástico vermelho e o enchi de vodka novamente. Estava prestes a dar o primeiro gole na bebida, mas fui interrompida novamente por uma mão forte segurando a minha cintura e suspirando em meu ouvido, me fazendo arrepiar sem nem saber quem é o dono da mão me apertando.

- Hey, vizinha! -- ouvi sussurrar e suspirar em meu ouvido. Vizinha? Espera aí... Eu reconheço essa voz de algum lugar. Virei e me deparei com Ashton em minha frente sorrindo de orelha a orelha.

- Ash?! -- peguntei sem acreditar que realmente era ele, o mesmo assentiu me fazendo dar um gritinho estérico e pular no seu colo abraçando-o e o soltando logo em seguida. -- O que tá fazendo aqui? 

- Bom, podemos dizer que eu sou o primo da dona dessa festa, então aqui estou eu! -- falou abrindo os braços e sorrindo como um bobo. -- Mas, e você? O que faz aqui? 

- Bem, convenhamos que eu fui convidada por um colega de sala para essa festa, pois ele é um grande amigo da dona da festa e tals, então aqui estou eu. -- eu disse imitando-o no final de minha frase, rindo logo depois.

- Calma... Você estuda no London High School? -- ele perguntou com as sobrancelhas juntas, apenas assenti em resposta. -- Poxa, Lua, eu vou começar à estudar lá semana que vem! -- falou um sorriso maior no rosto.

- Sério?! Uuhhh! -- berrei começando à fazer uma dancinha estranha, ouvindo a risada de Ash pela minha comemoração.

- Mas, então, seu namorado não se importa de você vim para esses lugares? -- perguntou me olhando nos olhos e bebendo da sua bebida não tirando o olhar de mim.

- Ah, não tenho namorado... -- falei simplesmente dando um gole na minha bebida, ouço Ash tossir por ter se engasgado depois de eu ter terminado a minha frase.

- Como assim: "Não tenho namorado"? -- ele voltou a perguntar com os olhos arregalados.

- Ah, simplesmente não tenho namorado, só isso. -- eu disse dando de ombros.

- Nossa, Lua. É sério, é quase impossível imaginar você sem nenhum namorado. Poxa, você é do jeito que todo homem gosta em uma mulher, bonita, alegre, inteligente, espontânea, de bom humor, e sem contar no seu corpo que... -- ele começou à falar, mas parou após saber o que iria dizer, me fazendo corar. -- Desculpa... Foi mais forte do que eu... -- falou olhando o meu corpo fixamente.

- Ann, Ash, você tá bem? -- falei enquanto estralava os meus dedos na frente de seu rosto, logo acordando-o de seu transe.

- Quer dançar? -- perguntou novamente apontando para a pista de dança que, agora, tocava Hey Mama - David Guetta feat. Nicki Minaj. 

- Ann... Ok! -- disse, por fim, dando um sorrisinho. Ele pegou minha mão entrelaçando nossos dedos e começou a andar em direção à pista de dança.

Começamos à dançar no ritmo da música, fechei os olhos só sentindo a batida viciante do som começando a mexer a minha cintura com a letra, até que senti duas mãos fortes na minha cintura e me puxando fazendo nossos corpos se embaterem, reconheço as mãos por serem de Ash. Decidi provocar um pouco, mexi mais minha cintura indo cada vez mais pra trás encostando nossos quadris. Senti o seu halito de álcool na curva de meu pescoço começando a beijá-lo e deixando um chupão enorme me fazendo suspirar diante de seu ato. Ele me virou bruscamente e observei seu olhos verdes tomados pela sua pupila totalmente dilatada, cheia de desejos. Ashton foi se aproximando mais e mais até que chega perto de meu lábio e começa a "aliciá-lo" com seu próprio lábio inferior, vejo ele chegando mais perto até que seus lábios chocam-se com os meus e começamos um beijo feroz. Era um beijo voraz, parecia que precisavamos disso à muito tempo. Ele pedi passagem com a língua, abro um pouco mais os meus lábios fazendo com que nossas línguas se encontrassem, assim que elas encostam uma na outra, foi como se uma corrente elétrica passasse pelo corpo, da ponta do meu pé até minha espinha. Maldito ar que foi começar a faltar agora! Separamos nossos lábios, com ele mordendo o meu lábio inferior. Mantemos nossos olhos fechados tentando regular nossas respirações, abri meus olhos ao mesmo tempo que ele vendo-o sorrir pra mim.

- Lua... -- ele estava começando à falar, mas alguém o interrompeu.

- LARGA ELA, SEU FILHO DA PUTA! -- berrou Harry vindo em direção à ele e dando um soco no meio do rosto de Ash, fazendo o mesmo cair no chão por causa da força do soco que Harry lhe deu. Harry subiu em cima de seu corpo no chão e começou à dar vários socos em Ash, até que Ash dá um soco em Harry e os dois começam à socar um ao outro. Os amigos de Harry vieram e separaram os dois com muito custo.

- POR QUE VOCÊ FEZ ISSO, CARA? -- gritou Ash com raiva enquanto tentava se soltar dos braços de Liam e Zayn, que seguravam-o.

- Zayn, Liam, soltem ele! -- falei para os dois que me olharam com receio de meu pedido, mas por fim acabaram largando Ash. Fui em sua direção e segurei seu rosto, vendo com um círculo roxo em volta de seu olho direito e o canto de seu lábio sangrando. -- Você tá bem? -- perguntei o olhando com preocupação, ele apenas assentiu tentando se acalmar de sua fúria pelo Harry.

- Lua, sério que você vai ficar do lado desse babaca? -- Harry perguntou se soltando dos braços de Niall e Louis que estavam te segurando, ele veio em minha direção e puxou o meu braço me fazendo olha-lo.

- Você ficou maluco, Harry? Por que você deu um soco nele, em? -- falei já furiosa com seu ato de agora de pouco.

- Eu sou maluco?! Pelo que eu saiba, Lua, não sou eu que fico beijando qualquer um que vejo pela frente! E eu só fiz isso porque não quero te ver agarrada com ele! -- falou quase gritando perto de meu rosto.

- Não quer me ver agarrada com ele?! E quem você pensa que é para falar assim comigo?! Meu pai?! -- eu gritei tão alto quanto ele, olhando-o com cara de poucos amigos. -- Pois saiba, Harry, que eu prefiro mil vezes transar com alguém que eu não conheço, do que eu ser mais uma de suas vadiazinhas de transa! Pelo menos eu sei que ele não é como você! -- terminei de falar e foi aí que eu percebi que todos nos olhavam, peguei a mão de Ash e puxei-o para fora da casa, ele me levou até seu carro e entrei nele, assim como ele.

- Quer que eu te leve pra onde? -- ele perguntou ligando o carro e me olhando nos olhos logo depois.

- Me leva pra sua casa, não quero dormir sozinha hoje... -- falei encostando a minha cabeça na janela do carro enquanto ele dirigia sem falar nada. Minha cabeça estava explodindo, e tudo que eu pensava era no nosso beijo, na minha briga com o Harry e no quão cansada eu estava. Em meio de tantos pensamentos, acabei dormindo antes mesmo de chegar na casa de Ash. Essa noite realmente foi inesquecível...


Notas Finais


Hey, Crazys!
Bom, nessa semana irei ter que apresentar um trabalho de Ciências na quarta, e terei que decorar um textão para falar lá na frente de todo mundo! Então, por conta disso, irei postar só quinta-feira!
Minhas aulas irão durar até dia 13 do mês que vem, e por conta das provas, terei que postar só um capítulo por semana.
Mas eu juro que, nas férias, eu tentarei postar no mínimo 3 capítulos por semana!
É isso, espero que tenham gostado do capítulo e, novamente, desculpem a demora!
Tchau, Crazy Mofos! :)

XxYas ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...