História Lua - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lobisomem, Mistério, Suspense, Vampiro
Exibições 15
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii my Akanes!

Voltei!

Tá meio difícil de postar pq estou sem net, mas postarei assim que puder.

Espero que gostem!
^^

Capítulo 11 - O Outro Lado Da História


Fanfic / Fanfiction Lua - Capítulo 11 - O Outro Lado Da História

Alguns dias antes...

xxx - Então está decidido. Eu me casarei com sua filha.

Sloan - Só tem uma condição.

xxx - Qual?

Sloan - Você terá que protegê-la com sua vida.

xxx - Ela estará a salvo comigo.

Sloan - É o que desejo.

xxx - Não se preocupe.

Sloan - Tem outra coisa.

xxx - O quê?

Sloan - Ela perdeu a memória e não se lembra que é uma loba.

xxx - E por que não contou a ela?

Sloan - Foi melhor assim... Ela acha que é uma humana.

xxx - Entendo. Eu não contarei nada.

Sloan - Obrigado.

Um tempo depois...

P. o. v. Sloan On

Hoje vou falar para minha filha sobre o casamento, não queria fazer isso... Mas é o único jeito de protegê-la.

Eu estou muito doente, mas ela não sabe disso... Eu... Estou morrendo...

Estou muito fraco e não quero que ela fique desprotegida.

É muito difícil para mim olhar para ela. quando a vejo, me dói, pois sou o culpado pela morte de sua mãe... Minha querida esposa... E ainda a machuquei física e mentalmente....

Eu sou o pior pai do mundo!

P. o. v. Sloan Off

De noite...

Sloan - Filha, preciso falar com você.

Rebeca - Claro papai...

Sloan - Querida... Você vai se casar.

Rebeca - O quê?! Como assim?!

Sloan - Eu não poderei mais ficar com você. Ele é um pouco mais velho, mas...

Rebeca - Eu não quero me casar! Pai, por que? - Disse chorando.

Sloan - Será preciso filha.

Rebeca - Não! Eu não quero! Não quero! - Disse e, logo em seguida, saiu correndo para seu quarto.

P. o. v. Sloan On

Por que ela não pode aceitar? Seria bem mais fácil assim...

Eu queria poder explicar, mas ela se trancou dentro do quarto e não quer me ver.

P. o. v. Sloan Off

No dia seguinte...

P. o. v. Sloan On

Passei a noite em claro e resolvi sair um pouco para esfriar a cabeça.

Fiquei pensando em como falar para ela.

Quando cheguei em casa, fui até a porta do quarto de Rebeca. Assim que bati não obtive resposta, então resolvi entrar. 

Ela não estava lá e a janela estava aberta.

Ela fugiu!

Fiquei desesperado.

P. o. v. Sloan Off

Sloan - Lia! Lia!

Ela foi correndo até ele.

Liara - Senhor, o que houve? - Disse ofegante.

Sloan - A Lua fugiu!

Liara - Como?! Por que?!

Sloan - Porque eu falei do casamento para ela.

Liara - Como sempre... Ela faz tudo por impulso... Para onde acha que ela foi?

Sloan - Eu não sei... O pior é que agora ela está desprotegida...

Liara - O que acha que pode acontecer?

Sloan - Eu não sei. Só espero que ela esteja bem...

Ele mandou várias pessoas ( seres fantásticos ) atrás dela.

No dia seguinte...

Sloan - E então, alguma notícia?

Liara - Não senhor... Infelizmente não achamos nada.

Sloan - Será que aconteceu alguma coisa com  ela? Eu estou me sentindo culpado por isso... - Disse cabisbaixo.

Liara - Senhor, ela é muito forte e poderosa... Ela deve estar bem. Não fique assim. O senhor precisa cuidar de sua saúde.

Sloan - Não... Eu mereço morrer... E ela não sabe de seus poderes... Não sabe controlá-los...

Liara - O senhor não merece morrer. O senhor é um homem bom. Quanto a Lua... Mesmo que ela não saiba de seus poderes, um dia eles virão à tona.

Sloan - Eu só quero protegê-la. Você sabe que se eles a acharem...

Liara - Não pense nisso, senhor. Logo ela estará aqui novamente. Agora irei fazer minha poção para que o senhor beba e melhore.

Sloan - Mesmo sabendo que minha doença não tem cura, você insiste nisso.

Liara - Eu não irei desistir até que o senhor melhore. Sem falar que é graças a minha poção que o senhor não está mais acamado.

Ela sorri.

Sloan - Está bem. - Disse dando um riso fraco. - Mas tem uma condição.

Liara - Qual?

Sloan - Caso sua "poção milagrosa" Não funcione e algo aconteça comigo, quero que você cuide da Lua. - Disse ele sério.

Liara - Eu farei isso, senhor, mas... Eu me esforçarei para que isso não aconteça, afinal, eu sou uma ninfa muito dedicada! - Disse ela séria a princípio, mas depois falou rindo na tentativa de animá-lo.

Sloan - Ok. Então, ó poderosa ninfa Liara, vá fazer sua poção milagrosa. - Disse ele brincando.

Eles riram.

Liara - Sim senhor.

Ela foi preparar a poção o deixando sozinho em seu quarto. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!

O próximo capítulo já está pronto, mas não será postado hoje.

Postarei o próximo assim que puder.

Spoiler: Lua será raptada no próximo capítulo. E aí, o que vocês acham que vai acontecer?
Quem vocês acham que foi?

Mandem sugestões e não deixe de comentar o que acharam.

Kissus!
^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...