História Lua Cheia (Romance Gay) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Chris Argent, Derek Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Sheriff Noah Stilinski
Tags Cheia, Gay, Lua, lua cheia, Romance, Romance Gay, Teen Wolf
Visualizações 28
Palavras 1.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 2 - Oque foi isso ?


O Despertador toca eu me levanto e vou tomar banho e escovar os dentes, vesti uma roupa falei tchal pro meu pai, peguei a chaves de meu Jeep e fui em direção a casa da Lydia que estava em frente em sua casa.

Stiles: oi, vamos

Lydia: oi, sim vamos.

  Ela entrou no Jeep com uma mochila. E fui pra casa do Pedro pegá-lo para irmos para a floresta de Beacon Hills. Cheguei na casa de Pedro para ver aquele rosto fofo que faz meu coração bater mais rápido, peguei ele e fomos para a floresta acampar.

(Quebradetempo)

   Caçamos um lugar para acampar e montamos nossa barraca, e nos dividimos para caçar troncos para fazer a fogueira antes que anoiteça. Volto pro acampamento e coloco os troncos formando a fogueira, me sento em uma árvore caída, fico esperando a Lydia e o Pedro chegar quando eu ouço passos.

Stiles: quem é?

Lydia: sou eu Stiles.

Stiles: cadê o Pedro?

Lydia: já tá voltando. Posso te perguntar uma coisa?

Stiles: pode.

Lydia: você gosta do Pedro?

Stiles: nao conta pra ele mais eu o amo, só não falo pra ele porque tenho medo de ele não me aceitar e acabar perdendo a amizade dele.

Lydia: mais você devia tentar.

Stiles: mais...

Lydia: eu sou muita amiga dele então ele me contou uma coisa.

Stiles: oque?

Lydia: ele é gay e ele gosta de você não como amigo mais como algo mais. Tenta conversar com ele depois, tá.

Stiles: vou tentar.

TICTIC ( galhosquebrando)

Lydia: Pedro e você?

Pedro: não um assassino em série. Disse ele rindo.

Lydia: eu vou no Jeep buscar minha bolça, já volto.

Pedro: É.. Stiles eu quero te falar uma coisa. Ele senta do meu lado deixando nossos rostos em uma distância de milímetros. Quando eu percebo nossos lábios estão encostados dando a início a um beijo eu retribuo até que ouvimos um uivo e cortamos o beijo e ouvimos um grito.

Lydia: AAAAAAAAH. SOCORRO.

Pedro: LYDIA, LYDIA

Stiles: LYDIA, LYDIA.

  Pedro e eu corremos até o Jeep e encontramos um lobo enorme em cima de Lydia desmaiada. Pedro pega um galho e tenta afasta a fera e eu tento pegar Lydia.

Oorrrrrr. (rosnodolobo)

Pedro: AAAIII.

  A fera mordeu a perna de Pedro que rapidamente caí de dor, quando a fera vem pra cima de mim eu olho em seus olhos e ela se agacha e se afasta preparando pra correr.

Pedro: o que você fez? Como fez isso?

Stiles: não sei. Agora espera que vou ligar para sua mãe pra nos encontrar aqui já que ela é enfermeira. Disquei o número dela no meu celular.

Melissa: Alô

Stiles: aqui é o Stiles, preciso da senhora aqui no acampamento rápido com sua maleta de enfermeira. O Pedro foi mordido na perna por um lobo enorme e a Lydia está desmaiada.

Melissa: Já estou indo. Graças a Deus eu não fui ainda pra aí porque se não teria como eu levar os remédios, só leve eles pro acampamento e me espere que já estou indo.

Stiles: okay. Desliguei a chamada e a Lydia acordou.

Lydia: Stiles o que aconteceu?

Stiles: depois eu te conto, só me ajuda a levar o Pedro para a barraca.

Lydia: aquele lobo fez isso com ele?

Stiles: sim fez. Levamos o Pedro para o acampamento e logo a mãe dele chegou e foi até nós com o kit dela de socorros.

Melissa: Temos que dar pontos. Disse ela olhando pra mordida e pegando a agulha e a linha.

  Logo ela também deu um remédio para passar a dor e ele dormiu, ela montou sua barraca com seu namorado, comemos, e eu fui dormir enquanto eles ficaram conversando lá de fora.

Pedro: oi

Stiles: você acordou, tá com fome.

Pedro: não, mas eu quero outra coisa. Ele sorriu pra mim e me beijou eu retribui.

Stiles: eu gosto de você.

Pedro: eu também gosto de você, mais não só como amigo.

Stiles: eu também.

  Dormimos, e quando acordo não vejo Pedro do meu lado levantou olho pro lado e vejo Lydia dormindo, me levanto pego minha escova e uma garrafa de água escovo meus dentes lavo meu rosto e vejo um corpo de costas sem camisa de calça olhando pro horizonte.

Stiles: bom dia.

Pedro: bom dia bebê. Ele me olha com aquele abdômen definido e quase começo a passar mal, ele se senta na árvore caída e tira a bandagem da mordida e me chama.

Pedro: Stiles vem aqui.

Stiles: oque ? Meu Deus cadê a mordida ela sumiu. Nós encaramos assustados e derrepente ouço um bom dia Pedro rapidamente fecha a bandagem e retribui o bom dia.

Lydia: nossa como aqui é lindo de dia, tirando os lobos enormes que essas árvores escondem.

Melissa: Nossa mais já acordaram

  Balançando a cabeça e tomamos café da manhã bem simples porque na floresta não tem uma conzinha. Depois começamos a guardar as coisas, trocar de roupa e desmontar as barracas. Voltamos pro Jeep guardamos as barracas no porta malas e voltamos pra cidade.

Stiles: aiiiii nossa que dor é essa

Lydia: oque que foi Stiles?

Stiles: tô sentindo alguma coisa queimar no braço no braço.

Lydia: levanta a manga. Levantei a manga e a Lydia me olha assustada você já tinha tatuagem?

Stiles: não. Porque?

Lydia: porque aqui tem uma tatuagem, está parecendo dois anéis ao redor do seu braço. Tá parecendo que você foi marcado por alguma coisa.

  Ignoramos a tatuagem que surgiu pois chegamos em nossas casas. Desfiz minha mala e fui tomar banho, me olhei para o espelho e vi a tatuagem ou marca que surgiu no meu braço. No resto do dia eu não fiz nada apenas fiz janta e jantei, meu pai chegou jantou e foi dormir cedo, eu também fui deitar cedo pois segunda começa às aulas porque estávamos nas férias de verão. Acordei tomei banho escovei meus dentes troquei de roupa e fui para a escola, entro na sala e o professor também entra falando.

Professor: oi meninos hoje temos um novo aluno, se apresente. Nessa hora entrou um homem barbudo com cabelos pretos, blusa preta uma calça jeans e sapatos ele tem um corpo de dar enveja e olhos azuis mais nada que me atraia já que eu estou apaixonado por uma pessoa que mexe muito comigo e que ainda corresponde.

Derek: oi meu nome é Derek ...

Professor: sr Derek sente-se do lado do sr Stilinski. Levantei minha mão para ele sabe onde é.

  Ele se sentou do meu lado estendeu a mão e eu a apertei falando: prazer meu nome é Stiles Stilinski.

Derek: o prazer é todo meu.


Contínua

===================================
Um pouco sobre: Stiles Stilinski

1-Ele é um ser sobrenatural que vai ser explorado mais pra frente.
2- Ele é gay assumido só para Melissa, Lydia e Pedro, é apaixonado por Pedro.
3-Ele mora apenas com o pai pois sua mãe morreu por uma doença.
4-Tem cabelos castanho escuro, olho castanho, não tem um corpo totalmente definido já que ele tem 17 anos.









Notas Finais


Continua ou não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...