História Lucario x Croconaw: AGORA e para SEMPRE - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Exibições 18
Palavras 1.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI esse cara sou eu, galera eu demorei 4 FUCK IN Horas pra escrever isso, então estou OBRIGANDO vocês a gostarem desse capitulo, mesmo esse cap está enrolado pra K7, eu dormi muito pouco e eu ainda tenho que ter vida social então nao vai ter cap de madrugada OK!?

Abraços Autor

Capítulo 4 - Capitulo 4: Segredo


Fanfic / Fanfiction Lucario x Croconaw: AGORA e para SEMPRE - Capítulo 4 - Capitulo 4: Segredo

Croconaw on

 

Eu vou passear com a Lopunny hoje e fui pra escola com Lucario quando chegamos lá e já sou recepcionado por quem mais nada menos que Lopunny

 

- Oi Croconaw! Oi Lucario - Ela fala muito empolgada - Ei Croconaw! Você não se esqueceu do nosso passeio hoje né.

- Não esqueci, são as 19h - Lucario ouve a conversa com uma cara seria e intendida e eu estava segurando pra não rir da cara dele

- Ok então. Tchau. - Lopunny saiu de perto da gente

- Eu ainda acho que é um encontro - Lucario fala

- N-não nada haver - eu falo nervoso e envergonhado - Eu não gosto da Lopunny desse jeito.

- Mas parece que ela vai dar em cima de você

- Parece que alguém esta com ciúme - falo provocando

- V-vai te lascar - ele fala corado, envergonhado e com raiva e eu começo a rir

 

O sinal toca e todos entram na sala e na sala já encontramos Haunter, Eevee sentados em linha horizontal e duas cadeiras em frente a Eevee e a do lado senta Lopunny e uma cadeira vazia logo ao lado dela, Lucario senta perto de Eevee e Haunter e eu sento do outro lado perto de Lopunny. Logo quando Lucario senta Eevee fala no ouvido de Lucario algo que faz ele corar pra K7 e mandar ela tomar no cu e ela começa a rir então a aula começa com a professora Mismagius entrando na sala 

 

6 HORAS DEPOIS

 

Finalmente o sinal tocou de novo não aguento mais aula e a Lopunny mandou uns trezentos bilhetinhos pra mim durante a aula eu ja até decorei como é a letra dela “Meu deus” então eu fui logo pra casa e rola aquela briga de sempre com meu pai e meu irmão, almoço e vou pro meu quarto e tranco (Como sempre) e começo a mexer no computador e eu recebo uma mensagem no meu celular do Lucario

 

Lucario - O que ta fazendo?

Croconaw - Mexendo no computador. E vc?

Lucario - Escrevendo

Croconaw - Escrevendo oq?

(Lucario passa uns 10 min digitando e apagando)

Croconaw - pode falar eu não vou te zoar

Lucario - Serio?!

Croconaw - Ss

Lucario - Ok, você é o primeiro a saber disso ok?

Croconaw - Ok, fala logo

Lucario - Eu escrevo fanfics

(Eu rio alto)

Croconaw - kkkkkkkkkkkkkk

Lucario - Vc prometeu

Croconaw - Desculpe nao consigo evitar

Lucario - Vai te lascar tchau

Croconaw - poxa não vai nem me mandar o link

Lucario - Não vou mesmo

Croconaw - Pfv. - passa um tempo sem ninguém escrever - então se é do jeito que eu to pensando vc não é tão puro e nem tão limpo assim ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Lucario - CALA A BOCA

Croconaw - Eu to mentindo?

(Lucario passa uns 10 min digitando e apagando)

Lucario - Puro ainda sou só não posso dizer “limpo”

Croconaw - Kkkkkkkkkkkk - eu realmente ri alto - Tchau

Lucario - Tchau

 

Desligo celular e estou caçando as fanfics do Lucario

 

2 HORAS DEPOIS

 

“Não achei nada”, olho pro relógio “18:07”, tomo banho, arrumo minhas coisas, e saio do meu quarto me me deparo com Charmeleon

 

- Onde você pensa que vai? - Charmeleon pergunta com um tom serio

- Vou sair com uma amiga. - olho pra ele com um bom de raiva - Algum problema? 

- Sim, um lixo como você não deveria ter uma namorada 

- Ela não é minha namorada e eu não sou um lixo

- So você que acha que não é um lixo - olho pra ele com um ódio no coração 

- Não tenho tempo de discutir agora - saio da gente dele, começo a descer as escadas e sinto alguma me empurrando escada a baixo - Você ficou louco eu podia ter morrido - olho para ele depois de ter rolado escada a baixo

- Você mereceu - ele olha pra mim com um olhar serio

- O que aconteceu aqui?! - grita mamãe - Croconaw você esta bem? - ela fala preocupada - Porque você fez isso Charmeleon?! - ela olha com um olhar de raiva pra ele

- … - Charmeleon não fala nada e entra no quarto e tranca

- Estou bem mãe - a atenção de Charizard se volta pra Croconaw com um olhar preocupado - não precisa se preocupar

- Então tá, você vai encontrar seus amigos de novo? 

- Vou sim volto umas 8 ou 9 h

- Ok, pode ir - Ela da uma pausa - Eu te amo - olho surpreso

- Eu também te amo - eu nunca mais falei isso pra ela

 

Saio de casa e vou em direção ao ponto de encontro com Lopunny e no meio do caminho encontro nada ais nada menos que Lucario saindo de um supermercado 

 

- Oi! Você estava aonde? - pergunto pra Lucario

- Estava no supermercado pra comprar umas coisa - ele fala um pouco apressado

- Você parece que está com pressa! Esta esperando alguém hoje - falo com um tom de provocação 

- Não, não. É porque eu comprei sorvete e eu não quero que derreta e não sou eu que vou ter um encontro - ele tá zoando com a minha cara 

- I-isso não é um encontro caralho - eu falo com raiva e um pouco corado e ele começa a rir

- Qualquer coisa é só falar - Eu coro pra K7 pq eu penso muita besteira, ele também cora pq viu minha aura - E-então tá t-tchau

- Tchau.

 

Eu ando mais um pouco e não conseguindo parar de pensar no Lucario “Ele realmente e extremamente fofo” ai eu encontro Lopunny.

 

Croconaw off

 

1 HORA DEPOIS

 

Lucario on

 

Eu to cochilando de boas no meu sofá até quando eu ouço uns gritos do lado de fora com as vozes familiares

 

- Croconaw… na verdade eu quero mais que uma amizade eu quero realmente… namorar você - era a voz da Lopunny no momento em que eu ouvi isso o meu desejo era apensas chorar e pegar aquele sorvete que estava no freezer e comer por enquanto eu choro em posição fetal no chuveiro

- … - Croconaw ficou em silêncio por um período de tempo e ai eu comecei a chorar em cima do sofá em silêncio e notei que eles não notaram que estavam gritando na frente da minha casa e eu só queria ter um infarto ou AVC naquele momento

- E então você também gosta de mim?

- Não! eu amo outra pessoa. - quando ele falou isso eu parei de chorar e enxuguei minhas lagrimas e noto que talvez essa outra pessoa possa ser eu

- DESGRAÇADO - ela grita tão alto que eu achava que minha janela iria quebrar e logo depois disso ela saiu correndo e logo após isso Croconaw vai em direção que não era a casa dele

 

Quando Croconaw saiu eu queria ir atras dele pra saber onde ele estava indo pq eu já passei perto da cara dele uma vez então ele não estava indo pra casa então eu segui escondido ele. Até nos chegamos numa floresta e andamos até a cachoeira e logo apoie isso ele senta e fica olhando para as estrelas e depois disso eu paro de me esconder e sento ao seu lado

 

- Lopunny grita alto - eu falei baixo no seu ouvido e nos dois começamos a rir

- A gente fez isso na frente da sua casa?! Eu nem tinha percebido - ele olha para o céu novamente

- Sim - Eu também olho pro céu junto

- Você se lembra quando você falou pra mim que você escreve - quando ele fala isso eu corei na hora - então eu também tenho que contar um segredo não é?! - eu comecei a prestar atentamente nele - vou considerar isso como um sim… Eu tenho muitos problemas familiares. Eles me tratam como um lixo sem amor - eu olho surpreso - (depois dele falar vários casos de agressões e casos de comportamento da sua família) - eu olho não acreditando no que eu acabei de ouvir olhei pra ele com um olhar de horrorizado - Eu sei que isso não é qualquer um que acredita - eu vejo uma lagrima descendo do seu olho

- Porque eles te tratam desse jeito? - falo enxugando a lagrimas do Croconaw

- Por causa da minha deficiência - eu olho pra ele surpreso - Eu nunca vou conseguir evoluir pra ultima evolução - ele volta a chorar - e por causa da rigidez dos treinos que meu pai me obriga a fazer ele acaba me desprezando… Apenas minha mãe que realmente se importa comigo e me ama… A única pessoa - eu realmente queria falar que eu também o amo mas eu não tenho coragem de falar isso pra ele

- Minhas desculpas por sua família - eu realmente não queria falar sobre minha agora pois esse é realmente uma historia frágil 

- Eu realmente tenho que ir já esta muito tarde - Eu terminho de enxugar as suas lagrimas - Tchau

- Tchau - eu falo se reação por causa da historia que eu acabei de ouvir eu realmente não tenho no que falar e lembro de de uma coisa

- Ei! - Croconaw vira pra faz por causa do chamado - qualquer coisa pode ir pra minha casa! Estou de portas abertas pra você entendeu - nesse momento os olhos do Croconaw brilharam  ele me deu um abraço

- Obrigado - ele quase começa a chorar nesse momento e acena e eu aceno de volta 

 

Lucario off


Notas Finais


Galera se vcs acharem algum erro ou tiverem algum alguma ideia pfv comentem e quando vcs colocam os comentarios ou favoritam me da uma vontade imensa de continuar, obg por tudo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...