História Lucario x Croconaw: AGORA e para SEMPRE - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Exibições 14
Palavras 1.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Lucario on: QUE FOFOOOOOOOOS *Vomitando Arco-iris*
Croconaw on: MEU DEUS O QUE EU ACABEI DE ESCREVER?!?!

Capítulo 6 - Capitulo 6: Meus verdadeiros sentimentos


Fanfic / Fanfiction Lucario x Croconaw: AGORA e para SEMPRE - Capítulo 6 - Capitulo 6: Meus verdadeiros sentimentos

Lucario on

 

Depois daquela cena vergonhosa, a gente almoçou e convidamos Haunter e Eevee para jantar aqui em casa, na era 6:40 da tarde e e nos ligamos pedindo uma pizza, a campainha toca e eu e Croconaw já ficamos animados (sem duplo sentido), ate abrimos a porta.

 

- OLÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ - grita Eevee e Haunter depois de abrimos a porta

- Ah - eu falei com uma voz de triste - Eu pensava que era a pizza

- … - eles olham pra mim com um sarcástico e todo mundo começou a rir - Então podemos entrar

- Vamos lá pombinhos entrem - croconaw fala atras de mim (sem duplo sentido) e eu e ele começamos a olhar os dois com um olhar pervertido

- Isso não tem graça - Eevee fala os dois entram corados pra K7

- A pizza pode chegar a qualquer momento - antes de fechar a porta o entregador grita

 

Nos começamos a comer a pizza e começamos a conversar temas aleatórios até chegar um tema especifico

 

- Então Croconaw a onde você mora - Ele tava bebendo refiro e até engasgou quando ela falou isso e eu coro pra K7

- Ele esta morango aqui comigo - Eu coro tanto quando eu falei isso que estava quase saindo fumaça de tão quente e Eevee olha pra mim com um olhar de pervertida que estava me fuzilando

- Mas vocês estão dormindo no mesmo quarto? - Eu fiquei mais vermelho que o próprio vermelho   e Eevee olhava cada vez mais pervertida

- Sim - Croconaw responde depois de parar de engasgar e eu estava quase dando um AVC e Eevee não conseguia dar um olhar mais pervertido

- Mas na mesma cama? - Haunter com o olhar de sempre e Croconaw corou junto comigo, mas eu não conseguia estar mais corando do que isso

- NÃO!!! - eu e ele gritamos ao mesmo tempo, olho pro lado e vejo que Croconaw muito corado “Ele é muito fofo corado desse jeito”

- Porque ele esta morando aqui? - Pergunta Eevee ainda com seu olhar pervertido - por acaso vocês estão namorando?

- Não… - Croconaw explica tudo - …Foi isso que aconteceu (Autor: Ainda não)

- … Nossa que tenso - fala Haunter

- Ei você viu… - Eevee fala tentando quebrar o gelo

 

Nos ficamos conversando durante umas horas ate que Haunter e Eevee foram embora, nos estávamos no quarto eu estava terminado de ler meu livro e Croconaw estava ouvindo musica, eu ja tinha mudado a senha daquela pasta, tomara que ele não acerte de novo ate que ele me chama

 

- Ei Lucario! - eu olho pra ele e ele olha pra mim

- O que foi? - ele cora

- Eu tenho que te levar em um lugar

- OK! Onde é - Ele cora mais

- É Surpresa - eu olho pra ele tentando ler a aura dele - Não vale ler minha aura

- Ok então - ele me pega pela mão me dando um puxão fazendo eu ir junto

 

Nos passamos um tempo andando pelas ruas, até chegarmos na floresta, mas não era o mesmo lugar do que a ultima vez, era um lugar diferente, quando chegamos em uma cachoeira. Ele estava corado a viagem inteira, eu queria muito ler a aura dele, mas eu prometi que não iria ler. Ele sentou e me fez sentar do seu lado ele olhou para o céu e eu também olhei para uma noite estrelada era como eu estivesse ligado com a natureza e o universo,

 

- Lucario - ele extremamente corado toca na minha mão e eu coro também - Você se lembra quando eu perguntei aonde era a nossa sala?

- Sim - eu tentei disfarçar o nervosismo 

- Nesse momento eu senti uma coisa que eu não sabia o que era - eu olho ainda corado prestando atenção em cada palavra que ele dizia - quando eu sai com a Lopunny eu percebi o que eu sentia, quando eu falei sobre meus pais não era atoa… Quando eu fugi de casa, eu ir primeiro em você não foi só por que você falou… Eu ter lido a sua Fic não foi por mal… - Nos dois ficamos extremamente corados - Tudo isso foi porque… - nossos rostos estavam muito perto um do outro

- Quando eu te conheci… Quando eu ouvi Lopunny falando aquilo pra você, eu chorei, mas quando você falou que amava outra pessoa… Quando eu disse que em qualquer problema você podia ir pra minha casa… Tudo isso foi porque…

- EU TE AMO - nos dois falamos ao mesmo tempo. Finalmente nos começamos a nos beijar, ele pediu permissão pra colocar a língua e eu cedi, eu coloquei meu braços abraçando a cabeça dele, ele colocou o braços na minha cintura, e ficamos totalmente abraçando em nos mesmos, por enquanto isso nos não cedemos momento algum, nossa troca de saliva não parava, nos estávamos mais corados que estávamos fora de controle, até que nos estávamos quase sem fôlego nosso longo beijo terminou e tinha uma linha de saliva entre as nossas bocas, eu estava em cima do Croconaw ainda o abraçando

 

Lucario off

 

1 HORA DEPOIS

 

Croconaw on

 

De novo em casa, depois de realmente mostrar meus sentimentos pro Lucario, eu queria ter feito coisas com ele, mas isso iria estragar o clima (Na verdade Lucario não deixou), Eu estava mexendo no computador e Lucario estava lendo as 2 ultimas páginas do livro, Ele terminou

 

- Vou tomar banho

- Posso mexer na sua pasta - Eu coro um pouco, mesmo eu ja sabendo a resposta 

- Nã… Quer saber… Pode sim - Eu me surpreendi quando ouvi isso

- OK Então - ele entra no banheiro

 

Eu abro a pasta e lembro que ele mudou a senha então eu pensei porque não tentar. Eu coloquei meu nome na senha é deu certo. Eu corei na hora.

 

- Espera tem senha… - ele olha pro computador e cora por eu ter acertado a senha - Parece que você acertou

 

Eu continuo a mexer até que eu acho LXC eu abro e não acredito no que acabei de ler, eu fico alem de corado. Eu fico excitado, eu coloco um pano em cima pra Lucario não perceber, eu continuo a ler e fico mais excitado e corado a cada parágrafo, eu ainda não acredito que ele escreveu isso. Ele sai do banheiro e vê que eu li isso

 

- NÃO LÊ ISSO - ele grita e empurra a cadeira pra longe, mas como a cadeira tinha rodinhas eu não cai, ele fecha a janela do computador e desliga o computador ele fica um pouco mais aliviado mas ele cora pra K7 - E-eu pos-posso ex-expli-car.

 

Antes que ele possa ter qualquer reação eu faço igual a mais cedo só que agora extremamente excitado ele tenta recuar só que eu não deixo, ele também a ficar excitado só que ele está extremamente mais corado do que eu, então eu me movo até meu membro me encostar com o dele para fazer uma medida de tamanho, o meu era bem maior do que o dele.- So vou fazer se você quiser - falo bem baixinho no ouvido dele - Seja gentil - ele também baixo no meu ouvido.

Eu encosto meu membro no anus dele, e eu começo a me adentrar, Lucario começa a gemer, ate que eu estou totalmente dentro do Lucario. Lucario começou a se acostumar com a dor e fez o sinal pra eu começar a me mover, quando eu começo eu vou devagar aumentando a velocidade com o tempo, Lucario começa a gemer cada vez mais alto ate que chega um ponto que ele esta gritando. Ele vira comigo junto e as posições estão invertidas agora ele esta em cima e eu estou em baixo - Minha vez - ele fala sorrindo. ele começa a se mexer bem rápido, eu não esperando com isso eu começo a gemer junto com ele. depois de um tempo fazendo isso - Eu posso fazer uma coisa? - eu pergunto, antes dele responderem eu seguro a citar dele e começo a me mover embaixo dele, ele geme mais alto do que nunca, e eu falo- E-eu, v-vou… - ele colocou a boca na minha boca e fala - Juntos - nos dois chegamos ao nossos ápices, eu preencho Lucario com o liquido e Lucario goza em cima de nos dois ao mesmo tempo.

 

Croconaw off


Notas Finais


"Coisas quentes que vcs querem então essa está fervendo."
(Eu me identifico com a Eevee nessa historia) Proximo cap eu explico sobre LXC

Galera se vcs acharem algum erro ou tiverem algum alguma ideia pfv comentem e quando vcs colocam os comentarios ou favoritam me da uma vontade imensa de continuar, obg por tudo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...