História Lucaya let me love you - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Garota conhece o Mundo (Girl Meets World)
Personagens Maya Hart, Riley Matthews
Tags Lucas, Riley, Romance, Sabrina Carpenter
Visualizações 61
Palavras 1.486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hayyyyyyy. 🎶😍

Capítulo 43 - Briga.


Pov's Maya 

Eu e Lucas estamos bem. Ele é um amor comigo e eu adoro isso. Só me sinto mal comigo mesma. 

Depois da gravidez eu ganhei peso e fiquei gordinha. Não me sinto desejada e bonita, isso me incomoda muito. 

Lucas me trata como uma princesa mas quando ele me chama de linda eu não me vejo assim. Será que ele mente pra mim? Talvez ele me ache gorda e não queira dizer. 

Vesti um vestido azul curto com botas pretas e fui pra frente do espelho. 

Não. Não. Não. 

Aquilo estava horrível. A barriga grande e o rosto gordo. 

Lucas: uau - olho pra porta e vejo Lucas escorado de braços cruzados. Forcei um sorriso e ele veio até mim - vc ficou linda nesse vestido - me dá um selinho.

Maya: têm certeza? 

Lucas: claro. Neim pense em sair com ele, vai ter vários marmanjos. 

Maya: bobo. 

Ele saí do quarto e eu fico me olhando no espelho. Definitivamente estava horrível. 

Coloquei uma calça leg e um cropped preto. Talvez uma caminhada ajuda - se. 

Saí do quarto e fui correndo pra porta. 

Topanga: vai fazer caminhada Maya? 

Maya: só umas voltinhas. 

Lucas: se quiser eu vou com vc. 

Maya: obrigada amor. Prefiro ir sozinha. 

Saio de casa e começo a correr entre as pessoas na calçada. Corri 4 quarteirões e quando voltei estava exausta. 

Entrei em casa ofegante colocando as mãos no joelho e abaixando a cabeça. 

Lucas: tudo bem amor? - tocou meu ombro e eu olhei pra ele assentindo. 

Maya: só tô um pouco cansada. 

Passo a mão no meu suor e vou até a cozinha tirando uma jarra de água gelada da geladeira. 

Tomei 3 copos e me joguei no sofá. 

Lucas: melhor não fazer caminhada de novo amor. Vc não precisa disso. 

Maya: eu quero fazer. 

Saí dali e fui pro quarto de Riley. 

Riley: Maya? Vc está toda suada - me olhou confusa e estranhando. 

Maya: eu fui caminhar um pouco - me aproximo e me sento na cama de frente pra ela - vc acha que eu mudei muito depois da gravidez? 

Riley: não. Continua a mesma Maya de sempre. 

Maya: eu me sinto estranha. Não gosto do meu corpo, me sinto gorda e acho que as pessoas não dizem isso por pena. 

Riley: claro que não Maya. Vc está ótima. É normal se sentir feia depois da gravidez, vc só precisa fazer algo que te faça bonita aos seus olhos. 

Maya: caminhada está fora. Talvez academia. 

Riley: pode ajudar. 

Maya: obrigada Riley. Só não te abraço porque tô suada ksks. 

Fui para meu quarto e tomei um banho. Depois de limpa e Cheirosa vesti uma blusa vermelha e um short preto.  

Fui pra sala e me sentei no colo de Lucas. 

Lucas: tudo bem? 

Maya: vai ficar. 

Ouço um choro. 

Pov's Lucas 

Fui com Maya pro quarto e pegamos os bbs. 

Peyton chorava muito e estava vermelho. Sabrina estava agitada batendo seus bracinhos. 

Maya: o que deu neles? 

Lucas: não sei. 

A fralda estava limpa. Cólica não era e muito menos fome. 

Ficámos tentando distraí - los com brinquedos mas não adiantou. Preocupados fomos pra cozinha. 

Topanga: o que houve? 

Maya: eles não param de chorar. 

Lucas: já tentámos tudo mas não adianta. 

Topanga: não se preocupem. Depois passa e eles dormem como se nada tivesse acontecido. 

Ficámos agoniados sem poder parar o choro deles. 

De repente eles pararam e fecharam os olhos. 

Maya: graças a Deus - beijou a cabeça de Sabrina. 

Os levámos pro quarto e colocámos no berço. 

Lucas: eles são lindos. 

Maya: nossos bbs. 

Lucas: vc me faz tão feliz Maya. Eu te amo cada dia mais, vc está tão linda quanto antes. 

Maya: vc acha? 

Lucas: eu tenho certeza - juntei nossas testas. 

Maya: quero ir pra academia. 

Lucas: o que? - me afastei - de jeito nenhum!!!

Maya: por que? Posso saber? 

Lucas: cheio de marmanjo lá bombado e sarado. Se verem vc vão voar pra cima feito urubu. 

Maya: não seja idiota. Eu quero fazer isso e vou fazer vc querendo ou não!!!

Lucas: égua!!! Mas não vai mesmo. Mulher minha não vai ficar desfilando feito carne pra esses cachorro. 

Maya: vc não manda em mim!!!

Lucas: mando sim. Vc não vai. 

Maya: vou e quero ver vc me impedir - saiu do quarto e eu fui atrás.

Lucas: não me provoque Maya - parámos no meio da sala. 

Riley: o que isso gente? - entrando na sala - dá pra ouvir lá do quarto. 

Lucas: a Maya que quer sair desfilando pros cara em academia. 

Maya: esse cabeça dura que é um machista e idiota!!! Eu vou e vc não vai me impedir. 

Lucas: ah vai te lasca - saí da casa batendo a porta. 

Fui atrás de violeta. Precisava desabafar. 

Ela abriu a porta e eu entrei na sua casa. 

Violeta: o que houve? Parece nervoso. 

Nós sentamos no sofá. 

Lucas: é a Maya. Ela parece que pirou, quer ir pra academia. 

Violeta: não vi o mal nisso. 

Lucas: é lógico que têm!!! Cheio de homem e ela um pedaço de carne. 

Violeta: que machista. Isso é ridículo. 

Lucas: isso é zelo. Tenho que cuidar da minha mulher. 

Violeta: vc pode cuidar de várias formas mas isso é machismo. Não estamos no tempo das cavernas que éramos puxadas pelos cabelos por vcs ogros. 

Lucas: eu amo a Maya. Ela é linda, engraçada, têm um sorriso encantador e me faz feliz todo dia mais. Pensar nela em um lugar com vários homens me sobe a cabeça, ela é minha!!!

Violeta: vc confia nela? 

Lucas: totalmente. 

Violeta: então confie que ela não vai dar bola pra esses idiotas. Ela te ama, vcs têm dois lindos filhos, não perca isso por um motivo bobo. 

Lucas: eu só...tenho medo de perde - lá. Maya é tão boa pra mim, às vezes penso que não mereço ela. 

Violeta: deixa de besteira homem. Vai atrás dela e se resolvam. 

Lucas: acho que já sei a solução. Obrigado violeta. 

Saio de sua casa e volto pra minha. 

Entro e vejo só Cory e Topanga na sala. 

Lucas: cadê a Maya? 

Topanga: no quarto com a Riley. 

Cory: a coisa tá feia pra vc amigo. Maya está furiosa. 

Lucas: sério? 

Topanga: super. Ela gritou um monte de coisa e tá até agora no quarto. 

Lucas: eu vou lá. 

Cory: boa sorte amigo. 

Pov's Maya 

Depois que o Lucas saiu eu peguei as almofadas e joguei no chão pisando em cima. 

Maya: argh que ódio!!! Que cabeça dura. Eu só quero uma coisa simples e ele simplesmente é machista. Que idiota!!! 

Riley: calma Maya. 

Topanga: respire e se acalme querida. 

Maya: se eu ver ele eu vou bater até ele não aguentar. 

Subi pro quarto furiosa com Riley junto. 

Maya: por que esse alvoroço todo? É só uma academia. 

Riley: homens. Eles se sentem ameaçados quando decidimos algo que vá contra a macheja deles. 

Maya: só quero me sentir bem com meu corpo. Quero ser bonita. Lucas não entende isso, depois dessa gravidez eu me sinto feia. 

Lucas: vc é linda. 

Olho pra porta e Lucas está parado olhando pra mim. 

Maya: saí daqui Lucas!!! Eu arremesso um vaso na sua cabeça. Vc não entende o que eu tô sentindo. Só pensa se vai ser corno ou não. Idiota!!!

Lucas: olha eu admito que sou um idiota e teimoso Também mas não duvido da sua fidelidade. Eu não penso que vá me trair porque eu te conheço e vc me ama. Eu sei que fui um babaca mas tente me entender, na hora fiquei louco de ciúmes, não gosto de pensar que outros vão te olhar. Pelo que eu ouvi vc não se sente bonita, se a academia vai ajudar eu vou te apoiar. Só não quero ficar brigado com vc e quero que saiba que vc sempre vai ser linda aos meus olhos. Eu te amo Maya. 

Senti meus olhos marejarem e corri pros seus braços. 

Maya: seu idiota. Também te amo. 

Lucas: perdoa esse idiota que te ama muito e morre de ciúmes? 

Maya: perdoou. 

O beijei e entrelacei as pernas na sua cintura. Saímos do quarto e fomos pro nosso. 

Ficámos deitados abraçados. 

Maya: vc não se importa mesmo que eu vá pra academia? 

Lucas: se te faz feliz eu vou te apoiar. Só quero te pedir uma coisa. 

Maya: o que amor? 

Lucas: que eu vá com vc. Olha não vou dar uma de ciumento só vou estar junto de vc. 

Vários pensamentos invadiram minha mente. Lucas sem camisa todo suado e rodeado de garotas enquanto eu estou gorda. 

Maya: de jeito nenhum!!! Vai tá cheio de puta lá. 

Lucas: ei confiança lembra? Eu amo vc e somente vc. Não vou olhar pra mais ninguém. Eu te apoio de ir na academia ok? Agora eu quero ir também.

Maya: tudo bem mas tô de olho ein. Vc é meu. 

O beijo e arranho sua nuca. 

Maya: tudo meu. 

(Continua) 


Notas Finais


Bayyyy. Lucas ksks melhor pessoa amooooooo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...