História Lucky? - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Jack & Jack, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Jack Gilinsky, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Drama, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Exibições 37
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E oi oi, lá venho eu de novo com o "eu devia ter postado antes, mas " de novo.

Esse capítulo estava bem anotadinho no meu caderno, só esperando eu terminar de escrever pra digitar e postar, maaaaas, por causa de Gossip Girl eu nem pegava direito (é, eu tô bem atrasada no quesito "série" hahaha). Gente, é muita treta, cada episódio é uma diferente. Isso sem contar do volta e termina da Serena e do Dan, não tenho psicológico pra isso, sério. FIQUEM JUNTOS LOGO , PELO AMOR DE DEUS. E ainda tô morrendo pelo Shawn lindão em Mercy (tô morrendo é pelo Illuminate todo. E só lembrando, se alguém quiser mandar o album aqui pra casa como presente do dia das crianças, tô aceitando idfshfhsiujfpdj )

Boa leitura, moças.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Mesmo gaguejando e olhando pra cara uma da outra por pelo menos cinco minutos, eu e Katie não tínhamos pensado em nenhuma desculpa decente, e enquanto isso, os meninos nos olhavam, a cada segundo aparentemente mais curiosos. Bendito o momento em que fui comentar sobre a beleza alheia !

   Sabe aquela situação em que você está com tanta raiva que tudo o que passa na sua cabeça é “nossa, que raiva” ou “Meu Deus, que raiva” ? Pois é, o que se passava na minha cabeça era bem próximo disso, a única diferença é que todos os pensamentos envolviam Katie em uma morte lenta e dolorosa, enquanto ela me olhava com a cara mais sonsa do mundo.

   _ Ér, a Cassie estava comentando sobre como aquele cara ali é gato. – e ela simplesmente apontou para o único homem que ela não podia apontar. Para um dos caras que rodeavam a churrasqueira junto com meu pai : gordinho, meio calvo e alguns bons centímetros mais baixo do que eu.

  _ Mas ei, eu.. – tentei consertar minha situação, sei lá, apontando outro homem, ou arranjando outra desculpa, mas fui interrompida com um dos piores beliscões, que parecia que tinha levado um pedaço do meu braço, vindo de Katie. – Eu concordo, claro. Tô querendo até chegar lá pra conversar com ele. – sei que esse foi, definitivamente, o pior jeito que eu arrumei pra continuar, mas eu não tinha lá muitas opções, certo?

  _Caramba, Cassie, você é estranha. Muito estranha. – eu concordo Cam, concordo mesmo.

  Enquanto o Cam me olhava com a cara mais estranha que uma pessoa podia olhar pra outra, Shawn seguia o mesmo caminho. Coitado do menino, mal chegou, mal conhece a gente e já tá pensando que eu com certeza tenho algum trauma com meu pai – porque só assim pra gostar de um cara daqueles.

   _ Você me paga. Ah, se paga. – era o que eu sussurrava para Katie, enquanto ouvia Shawn e Cameron rindo do meu “crush”.

  Algumas boas risadas da parte dos meninos depois, finalmente surgiu outro assunto – tirando o foco de mim e o voltando para Shawn Mendes.

  _ Então, Shawn, conta alguma coisa pra gente, sei lá. Por que você mudou? – Cam curioso ? Claro que não, imagina.

  _Pelo mesmo motivo que a maioria acaba mudando. Meu pai foi transferido pra cá por causa do trabalho, e minha mãe achou que seria bom que viéssemos juntos, já que assim íamos acabar conhecendo gente nova. – certo, agora eu admiro esse garoto. Se fosse eu em uma situação dessas, estaria louca pra voltar, enquanto ele fala isso na maior tranquilidade.

  _ E você não ficou com raiva nem nada? – Katie lendo minha mente como sempre.

  _  Um pouco, principalmente por causa da Sophie, mas não tem muita coisa que eu possa fazer.

  _ Mas quem é Sophie ? – desculpa, mas eu sou curiosa, e  muito.

  _ Ah, é minha namorada. – e nessa hora, a voz dele assumiu um tom de carinho, um tom manso, provavelmente só pela simples menção.

  – Nossa, deve ser chato isso, principalmente se vocês se viam todo dia. – juro que fiquei tocada agora.

  –  A gente estudava junto, sem contar que a irmã dela era amiga da minha, que foi o que fez a gente se aproximar pra valer.

  _ Mas vocês não terminaram, né? – e eu continuava com o interrogatório, mas é que não tem nada melhor do que ouvir as histórias de amor das outras pessoas. Enquanto tinha a leve impressão de que ele começava a ficar incomodado.

   _ Não, terminamos não. É meio longe, mas resolvemos continuar mesmo assim, e se não der, pelo menos tentamos. E vocês ? Namoram ? – perguntou enquanto apontava para Katie e Cameron. E bom, eu disse que o interrogatório estava incomodando.

   _ Ah sim, há dois anos. – o tom do Cam foi altamente orgulhoso, enquanto passava os braços pela cintura de Katie.

   _ Vocês ficam bem juntos. E você, Cassie ? – e era de se esperar que surgisse essa pergunta.

   _  Se eu namoro ? Ah, não, namoro não. – vamos mudar de assunto, pessoal ? Vamos sim.

  _ Mas é.. você já namorou, certo ? – mas que menino inconveniente, Deus.

  _ Você não tá pensando que eu com dezessete anos nunca namorei ninguém, certo? Porque bem, já sim. – terminei de falar esperando que de novo, o assunto mudasse.

  _ Shawn, você tem que ouvir as histórias da Cassie, sério, são bem engraçadas. Teve uma vez que.. – Espera aí, Cam, como assim engraçadas ?

  Queria até interferir e impedir que Cameron contasse, mas acabei achando que como “novo amigo no grupo”, Shawn deveria conhece-las, e mesmo sem querer admitir, estava curiosa pra saber como Cameron contaria, então me ajeitei na cadeira – que alguém provavelmente estava sentado antes, mas bem, perdeu o lugar – , com toda a atenção voltada pra eles.


Notas Finais


Tô curtindo essa interação toda desses quatro, tô mesmo ! E gente, porque tudo acaba virando pra Cassie? Coitada hshugudfyu


**Eu gostaria de deixar bem claro que a fic não é em momento algum, movida à comentário, mas é muito importante pra mim, receber um retorno da parte de vocês ~seja postivo ou negativo~ então, não fiquem envergonhadas, sintam-se à vontade para falar qualquer coisa. **

Caso você tenha alguma história amorosa que assim como as minhas, foram fadadas ao desastre e queira compartilhar comigo pelos comentários, sinta-se à vontade (quem sabe você não acaba virando uma amiga da Cassie, ou sei lá ~ lê autora piscando os olhos delicadamente ~ e claro que não, isso não foi uma chantagem )

E isso é tudo, pessoal !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...