História Lucky One - imagine Xiumin - O Final. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Drama, Exo, Sehun, Xiumin
Exibições 127
Palavras 2.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá minhas leitoras <3
FINALMENTE estou de férias e agora vou poder escrever muuuuuito!
Tenham uma ótima leitura ~~

Capítulo 5 - Capítulo V


Fanfic / Fanfiction Lucky One - imagine Xiumin - O Final. - Capítulo 5 - Capítulo V

"É um beijo mais maduro, mais quente, porém, enquanto estou beijando ele, me sinto com 16 anos novamente, parece que estou viajando no tempo. Por falta de fôlego, abrimos nossos olhos e realmente, era ele que estava ali, aquilo não era mais um sonho meu, era real."

---------------------------------

*Visão da personagem principal*

Quando abrimos os olhos parece que caio na realidade e lembro de que não posso fazer isso, esse não é o lugar nem a hora certa para fazer isso, rapidamente já me lembro de que atualmente, nossos mundos são completamente diferentes. Empurro de leve seu corpo, deixando ele um pouco afastado de mim, antes que ele falasse algo, eu digo:

-- Não podemos fazer isso... - Digo olhando para baixo.

-- Por quê? - Xiumin faz um olhar confuso.

-- Por quê? Não me faça rir Xiumin, caso você não tenha percebido, nossos mundos são completamente diferentes agora. - Começo a encara-lo por alguns instantes.

Ele passa sua língua por seus lábios, engole, respira fundo, coloca suas mãos sobre sua cintura, me encara e diz:

-- Se é assim que você prefere... tudo bem.

-- Foi bom te ver novamente...- Antes mesmo que ele pudesse me responder, me viro de costas e vou em direção a saída.

Desta vez ele não vem atrás de mim, meus pensamentos estão muito confusos, sinto que estou sendo sufocada, mas ao mesmo tempo aliviada. Na ala VIP há uma saída para o estacionamento do local, onde eu estou nesse exato momento. Pego meu celular e ligo para uma amiga minha.

"Oi Ju, será que você poderia me buscar aqui onde é o show?"

"Ué, já acabou o show?"

"Por favor, só me busca" - Digo isso com uma voz de choro.

"O que aconteceu? Calma, já estou indo, me espere no estacionamento."

"Já estou."

Desligo o telefone, estou com muita dor de cabeça, o som que estava vindo do show estava muito alto, não há ninguém aqui então posso chorar a vontade, e é exatamente o que eu estou fazendo, chorando.

Eu ainda amo aquele homem, eu ainda tenho algum sentimento pelo Sehun, eu não queria ter parado aquele beijo, mas, eu não quero sofrer mais do que já estou sofrendo, por mais que eu tente ter outros relacionamentos, nunca consegui um sentimento tão forte quanto esse.

* Quebra de tempo*

Já estou em casa, me recompus e não estou mais chorando. Estou assistindo TV, na verdade nem estou prestando atenção, até que começa a passar uma matéria com o Xiumin e o Sehun. 

"Agora vamos entrevistar um dos maiores empresários da Ásia, Kim Minseok e um de seus maiores sucessos Sehun. Boa noite, como estão?"

Olho as roupas que eles estão usando, com certeza foi antes do show.

"Minseok: Estamos muito bem e felizes por estarmos aqui no Brasil."

"Entrevistadora: Sehun, como se sente sabendo que hoje é seu primeiro show aqui no Brasil?"

"Sehun: Me sinto muito bem, a energia desse país é ótima, qualquer cantor ama se apresentar aqui."

"Entrevistadora: Minseok, sua empresa está abrindo uma filial aqui no Brasil, qual o objetivo?"

"Minseok: Nosso gênero musical (Kpop), é mais conhecido na Ásia, porém, vem crescendo bastante no Brasil, por isso quero abrir oportunidades para os brasileiros entrarem nesse ramo também"

"Entrevistadora: Okay, muito obrigada e um ótimo show para vocês!"

Olho para a TV e fico pensando em quantas garotas nesse exato momento poderia estar se derretendo por eles agora, e só de pensar que um estava cantando para mim e outro eu estava beijando, me faz rir por uns instantes. Meu telefone toca, pego ele para ver quem está me chamando e é uma amiga minha que trabalho junto comigo.

"Alô?"

"Menina, você não vai acreditar!"

"O que?"

"Os acionistas da empresa disseram que um dos funcionários aqui do Brasil vai poder trabalhar lá na sede na Coréia do Sul!"

"Como assim?"

"É como se fosse um "prêmio" para nós, é mais para agradecer, já que eles compraram a empresa dos antigos donos..."

"E quem que vai?"

"Vão fazer um sorteio...mas eu já nem vou colocar meu nome, aliás, você não foi no show?"

"Me senti mal e voltei para casa."

É claro que eu não vou contar à ela a verdade sobre eu ter ido embora. Ela ficou em silêncio, talvez porque não acreditara no que eu acabei de falar, para quebrar o gelo, eu continuo:

"E... por que você não vai colocar seu nome?"

"Porque pra pessoa se candidatar, ela precisa ser fluente em inglês, oportunidade perfeita para você, você é fluente, não é?"

"Sim, mas eu não sei...tenho minha faculdade aqui."

"Para de ser boba, lá você vai ter oportunidades de ter um cargo bem melhor."

"Não sei..."

*Quebra de tempo*

Hoje é meu aniversário e advinha onde estou, trabalhando. 

Assim que acordei, meus pais já me ligaram e desejaram feliz aniversário e todas aquelas coisas clichês que os pais dizem aos seus filhos, esse ano vou receber meu presente através do correio. 

Estou na minha sala, arrumando toda a papelada, fiquei sabendo que hoje vai ser o último show do Sehun aqui no Brasil e que amanhã mesmo ele estará voltando para a Coréia e isso quer dizer que com certeza o Xiumin irá partir junto com ele. Quando estou triste, simplesmente não consigo disfarçar, hoje estou dessa forma, triste.

Uma das funcionárias abre a porta da minha sala e diz:

-- Ei, estão chamando a gente, você colocou seu nome para o sorteio?

-- Sim... mas provavelmente não vou conseguir ir...

-- Anime-se!

Fomos para a sala de reunião e lá estava os dois, lindos como sempre. Eles são tão parecidos, porém com estilos diferentes. Sehun sempre com um estilo mais despojado, estiloso, mais "largado", e o Xiumin, sempre mais formal, com esse terno que o deixa tão sexy, mas esse não é o momento para ficar pensando nisso, então afasto esses pensamentos de mim.

Xiumin explica para todos os funcionários presente como é a forma do sorteio e como vai ser o trabalho por lá.

De todos os funcionários, apenas dez se candidataram ao sorteio, inclusive eu. É fato de que por mais que eu ainda tenho sentimentos por eles, como qualquer outra pessoa sonha em ir a outro país, eu sonho em conhecer a Coréia, então não resisti.

Ele pega um dos papéis, todos presentes na sala ficam apreensivos, inclusive eu. 

Sehun está do lado do Xiumin e quando ele está abrindo papel com o nome, Sehun logo olha para o lado e lê o nome. Acabando com o suspense ele começa a dizer:

-- O sorteado é...

Sehun, olha para o nome e arregala seus olhos e logo lança um olhar para mim, Xiumin continua:

-- A senhorita (__).

Todos olham para mim no mesmo instante, eu simplesmente não consigo acreditar. Eu coloquei meu nome, com esperanças que não iria ganhar mas olha o destino novamente me colocando entre esses dois homens.

Não acredito na hora e solto um sorriso, todos funcionários começam a bater palma, sorrir para mim e dizer "Meus parabéns" e tudo que eu consigo responder a eles é um simples "Obrigada". Me levanto da cadeira onde estou sentada, confesso que fiquei um pouco sem graça, noite passada eu simplesmente o beijei, depois o rejeitei deixando-o sozinho e hoje estou ganhando uma viajem dele.

Estou chegando perto deles, meu coração dispara como se fosse o de uma criança chegando perto de uma loja de brinquedos, eu não sei o que fazer/dizer a eles. Quando estou me aproximando, Xiumin estende sua mão direita e diz:

-- Espero que aceite em ir para a Coréia. - Ele diz isso enquanto apertamos nossas mãos.

-- Claro.

Eles estão agindo bem profissionalmente agora e eu simplesmente faço o mesmo, não podemos deixar as pessoas perceberem nada que há ou houve entre nós. Tiramos uma foto, eu, Xiumin e Sehun, nunca imaginei que isso iria acontecer, todos aplaudem e voltam para seus postos. 

Nesse momento há apenas eu, Sehun e Xiumin na sala, o clima fica tenso e eu não sei o que fazer, imagino que eles também não saibam.

---------------- Visão do Xiumin ---------------------

Estamos na mesma sala, quero dizer um milhão de coisas para ela, mas as palavras simplesmente não saem da minha boca. Me sinto confuso, eu deveria mesmo ter a beijado ontem? 

Quando eu iria dizer algo, a Staff do Sehun chega e diz:

-- Ei, sessão de fotos!

-- Okay. -- Sehun faz uma reverência para mim e para a (__), e sem ao menos dizer nada sai da sala.

Agora resta apenas a nós dois nessa sala, como eu quero dizer que a amo, eu deveria dizer isso?

Em questão de segundos ela se vira de costa para mim e vai em direção a porta, sem pensar, eu a puxo para perto de mim e quando percebo, nossos corpos estão colados, essa sensação é a melhor para mim.

Ela me olha com uma expressão de susto, até porque a minha atitude foi bem espontânea. Não sei o que dizer para ela, mas eu não quero que ela saia de perto de mim. Sei que hoje é seu aniversário, solto ela, mas mesmo assim nossos corpos ainda estão perto. Digo:

-- Por que sempre é tão complicado para nós?

-- Eu também não sei a resposta, Xiumin. - Ela olha profundamente para meus olhos.

Coloco minha mão direita em sua nuca, estou quase para beijá-la, mas ela se afasta me deixando em dúvida se ela ainda tem os mesmos sentimentos por mim.

-- Vamos com calma, por favor. - Ela diz.

-- Tudo bem, eu entendo.

Quando vou perceber, ela já saiu da sala. 

Fico ali sozinho pensando em minha situação e começo a dar leve risadas ao pensar como os funcionários iriam reagir se soubessem que nos papéis do sorteio, coloquei apenas o nome dela. Começo a rir baixo pensando na reação dela. 

Saio da sala e vou em direção a minha, ontem quando ainda estava de dia, comprei uma corrente para ela, pedi hoje para que colocassem um buquê de flores em sua sala enquanto estava acontecendo o sorteio. 

Agora que sei que ela vai para a Coréia, espero que desta vez, eu consiga alcançar a felicidade.

----------------------

Ela entra em sua sala com seus pensamentos confusos e complicados em sua mente, já que acabara de rejeitar um beijo de Xiumin. 

"Sera que eu fiz o correto rejeitando-o?", esse era o tipo de pensamento que estava passando em sua cabeça no momento. 

Ela entra de cabeça baixa na sala, mas quando ergue sua cabeça conseguindo uma visão ampla da sala, logo percebe que em sua mesa havia um buquê enorme de flores e logo na frente uma caixinha com um colar dourado cujo o pingente era um coração que estava gravado "Page 125". 

Ela não precisava adivinhar quem havia mandado aqueles presentes, pois com certeza já sabia quem mandara.

Estava encantada com toda aquela surpresa e apenas admirava e queria chorar. No mesmo momento, Sehun que havia saído um pouco antes que ela da sala de reunião, estava voltando com um buquê de rosas nas mãos para entregar à ela.

Maravilhada, ela pega seu celular e tenta escrever alguma mensagem de texto para Xiumin, enquanto isso, Sehun se aproxima de sua sala todo sorridente pensando na reação que ela teria mas, ao chegar na porta da sala da garota, ele a vê de costas para a porta olhando para um grande buquê de rosas e um colar que fora presente de Xiumin. 

Triste com a situação, sem ao menos ter dado tempo da garota ter percebido sua presença, ele se vira para trás, e vai em direção ao primeiro elevador que visse em sua frente. Ao lado do elevador que ele havia de entrar, encontra-se uma lixeira, sem nenhum receio e com muita raiva, Sehun joga o seu buquê no lixo, entra no elevador e quando a porta do elevador se fecha, lágrimas começam a rolar em seu rosto.

"Nem sempre o coração faz uma boa escolha."

                                               Continua. 

                                              Leiam as notas finais, por favor!!!

 

 

 


Notas Finais


Gente é o seguinte, como agora eu tenho tempo de sobra para escrever, decidi fazer mais uma fanfic (mas vou continuar com essa, relaxem) e adivinha de quem é... Luhan!! A fanfic vai ser mais pro lado de fantasia, ter mais ação, etc...
LINK DO TRAILER: https://www.youtube.com/watch?v=4PmI10ROWs0&t=16s
----------------
Conversem comigo e me sigam:
Instagram: @Katalenics
Twitter: @LiviaKatalenic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...