História Lucky One - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Army, Bangtan, Bts, Drama, Hentai, Jimin, Jungkook, Kook, Romance, Taehyung
Exibições 21
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá,demorei um pouquinho mais estou aqui.Espero que gostem.Boa leitura.

Capítulo 24 - Perdas


-Wow,Ana que cara de cadaver.-diz Jungkook,logo apos se sentar em sua mesa.

Nem ligo para aquela piadinha,pois no fim era verdade,eu mal tenho me alimentado e quando faço isso eu coloco tudo para fora,noites mal dormidas por causa de uma serie de pesadelos relacionados a Taehyung.

-Esta me ouvindo?

Jungkook começa a balançar as mãos enfrente meu rosto,tento focar meus olhos em seu rosto.

-Ana você prescisa se cuidar.-diz ele alisando meus cabelos.-Quando foi a ultima vez que dormiu por mais de seis horas?

-Eu estou tendo pesadelos.-olho em seus olhos e vejo sua imagem embaçar,sinto uma lagrima escorrer por meu rosto.

-Se quiser podemos sair daqui.-diz ele limpando minhas lagrimas.

Seus olhos vão para o lado eu os acompanho e vejo Jimin entrando na sala,viro o rosto rapido e limpo minhas lagrimas.

-Vocês deviam se resolver.-Gain para em frente a minha mesa.-Não é bom amigos como vocês ficarem assim.É so um conselho.

Ela termina de dizer e vai para seu lugar,ela esta diferente suas maquiagens mais leve e seus saltos foram substituidos por sapatos normais.Ela ainda estava sozinha sem compania.

-Concordo com ela.-diz Jungkook.

-Obrigada por ficar ao meu lado,eu amo tanto você kookie.

Novamente volto a chorar,tento limpar as lagrimas mas dessa vez elas não param.

-Ana vem comigo.-Jimin me puxa me levantando.

Seus olhos estão escuros e seu rosto mais magro.

Ele me puxa para fora da sala,caminho sem dizer nada,sua mão ainda segura meu braço.Ele esta me levando para o campus,um sorriso brota em meus labios.

Chegando a aquele lugar tão conhecido por nois dois ele para de caminhar,me empurra em uma das arvores com os braços me prendendo me deixando sem saida.

Seu rosto tão proximo,mas não fazia menção de que iria me beijar,relaxo pois sei que aquele é Jimin e não faria nada a mim.Uma de suas mãos alisam meu rosto.

-Porque esta com essa cara de doente?-ele diz e seu halito quente bate em meu rosto.

-Você tambem esta.-olho em seus olhos.-Esta magro.

Tambem coloco uma de minhas mãos em seu rosto,ele fecha os olhos ao deslizar dos meus dedos em sua pele.

-Estava chorando,estou cansado de ver você chorar.-ele beija minha testa.-Me desculpe.

Eu volto a chorar,eu sentia tanto falta dele.

-Você é mesmo uma chorona-diz ele rindo.

-Me desculpe.-digo entre o choro.-Eu fui tão má com você.Como eu pude dizer aquilo...

-Ana eu nunca mais vou tocar em você.-ele diz.-Não daquela forma.Eu como amigo de Taehyung o trai,ele sempre amou você e na primeira oportunidade tento pega-la para mim

-Ele não me ama,talvez em algum momento me amou.Mas quem faz isso com alguem que ama,se ele realmente me ama-se me diria as razões de ir embora.

-Não diga isso.Da mesma forma que eu a amo e abri mão de você ele tambem ama você,sempre amou e ele tem um motivo pra partir.-seus olhos escurecem

Ele sabe de algo,ele descobriu o porque do Tae ter ido embora.

-Você sabe de algo?-digo,coloco minha mão em sua nuca segurando seus cabelos.


Taehyung Pov.

-Filho?-a voz de minha mãe soa baixa para mim.

Não consegui abrir meus olhos por inteiro,minha visão esta desfocada.Passo a lingua pelos labios que estão mais secos que uma lixa.O gosto de sangue presente na pouca saliva.

-Me de uma abraço mamãe.-estico meus braços.

Sinto logo aquele espaço ser preenchido,o seu corpo quente e cheio de vida.

-Vamos para o Hospital-digo,para ela.

Logo sinto seu corpo fragil tremer em meus braços,ela esta chorando,soluços e mais soluços.

-Omma não chore mais.

Mecho em seus cabelos recém lavados.

-Me deixe chorar criança burra..-diz ela e começamos a rir.

Taehyung Off

Jimin Pov

Como vou contar a ela,olho em seu rosto e vejo o quanto esta fragil.

-Diga Jimin descobriu algo?-ela diz anciosa.

-Sim.-digo sem enrolação.

-Então diga.

Que situaçao engraçada,quem visse de fora acharia que estamos nos pegando,mas na verdade não é nada disso.Eu vou contar a ela e ao contar minhas pequenas chances vão embora.

Eu amo ela como nunca amei nenhuma outra garota,mas isso daria certo?Eu não conseguiria seguir em frente sem contar a ela sobre as reais condiçoes dele.E depois ele morreria por minha culpa,carregaria esse fardo pelo resto da vida.

-Ele esta com leucemia.

Ela paralisa por uma tempo e logo desliza por meus braços caindo no chão desmaiando.Me abaixo rapido e vejo sangue em meio sua pernas.

-O que esta acontecendo?-ouço Gain falando logo atras de nos.-Isso é sangue?

Suas mãos estão tremulas e apontam para Ana.

-Você veio de carro,me ajude.

Pego Ana no colo e olho novamente para aquele sangue escorrendo em suas pernas.Caminho rapido,chegamos ao carro e Gain me da as chaves.

Ela se senta atras com Ana e eu começo a dirigir.

[...]

-Park Jimin.-o doutor aparece me assustando.

-Sim doutor,ela esta bem?Eu não entendo porque ela estava sangrando daquela forma.

-Ela esta bem,mas..

-Diga logo.-Eu estava a ponto de estragula-lo.

-O bebê não escapou.-ele olha a ficha.

-Bebê?

-Sim.Aparentemente ela estava com cerca de um mês,o estresse foi grande e devido o pequeno tempo de gestaçao,ela teve um aborto espontaneo.

Começo a chorar,Ana estava esperando um bebê nosso e agora ele se foi.Caio de joelhos assim que o medico me deixa sozinho.

Esse realmente é uma sinal,esta certo não devemos ficar juntos.

-Mas deus era nosso bebê.-olho para minhas roupas que estão sujas de sangue o que me faz chorar ainda mais.

-Jimin-Gain agacha ao meu lado.

Sinto seus braços me envolver enquanto ela sussura para me acalmar.

-Ela estava gravida,era nosso bebê e eu o matei.

-Você não sabia do bebê,como poderia saber,acredito que nem ela sabia.-ela diz acariciando meus cabelos.-Seja forte,você ainda tem que dizer a ela.

Ficamos ali agachados no chão,Gain me ninando como um criança em seus braços.

Jimin Off

Acordo com a cabeça pesada,abro meus olhos e tudo ao redor é branco.Ao meu lado esta Jimin dormindo em uma poltrona todo desconfortavel.Olho para suas roupas e vejo que estão sujas de sangue.

Minha primeira reaçao é olhar meu corpo e ver aonde havia me machucado,mas nada encontro.

Tento lembrar do que havia acontecido e lembro das palavras de Jimin.

"-Ele esta com leucemia"

-Ana.-sinto sua mão segurar a minha.-Esta chorando.

Ele me abraça e minhas lagrimas começam a sair uma atras da outra.

-Eu presciso dizer algo a você.-sua voz se torna triste.

Park Jimin esta chorando como uma criança,ele me abraça forte e suas lagrimas molha o meu ombro.

-ChimChim eu estou bem.Não chore.-aliso seus cabelos e beijo sua cabeça.

-Ele morreu,nosso bebê.Nem sabiamos da sua existencia deve ter sido tão triste para ele deixa os pais.

-Jimin,eu não estou entendendo.

-Você estava gravida.-ele olha em meus olhos.

Ambos começamos a chorar.

-Gravida?Eu tinha um bebê?O meu deus.

Notas Finais


Então,me digam o que acharam?Espero que não tenha ficado tão ruim.Ate o proximo.Chu~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...