História Lucky One. ↪ Lucky J ↩ - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park, JYJ
Tags Jero, Jessi, Jessica Ho, J-kyun, J-yo, Lucky J
Exibições 10
Palavras 420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


NINGUÉM TA LENDO ESSA MINHA FIC(acho que ninguém gosta de Lucky J, só eu.) MAS VOU CONTINUAR POSTANDO.
FIGTH PRA EU. ✊✊✊

Capítulo 2 - A vida e suas condições.


Fanfic / Fanfiction Lucky One. ↪ Lucky J ↩ - Capítulo 2 - A vida e suas condições.

                     2008-06-29
                           19:00
                         Seul.


             POV JESSI.

Nesses dois anos, eu continuei e ainda continuo batalhando pelos meus pequenos, sabe né, mães fazem tudo por suas crias. Voltei para casa do papai, depois de dois anos na cidade, continuei o ajudando na sua empresa JYP, e agora levamos a vida que eu sempre quis dar aos meus filhos. Quando voltei para casa, appa Jinyoung foi muito atencioso, ficou muito feliz em me ver, é ficou feliz em ver os netos que ele nem sabia a existência dos menores. Mandei as crianças irem brincar no andar de cima, póis devia deveras explicações ao meu pai.


— O que realmente aconteceu, filha? — Perguntou o mais velho.

— Ele batia..batia na gente. — Dei uma pausa— Depois que o J-Yo nasceu, ele mudou, pra pior, ameaçava o meu menino menor, mais Kyun sempre... — Dei uma pausa novamente— Ele sempre entrava na frente e apanhava por nós dois, e eu só podia recolher e tentar salvar meu filho de surras. O Jay Park, ele se envolveu com bebidas e drogas depois que o J-Yo nasceu, foram seis anos assim...até que... — Suspirei e deixei uma lágrima voluntária cair— Até que as crianças o acharam enforcado no banheiro, enquanto eu trabalhava.

O homem veio em minha direção e me abraçou, aquele abraço com o calor paterno, o calor que eu não sentia a anos.  

                

                     ✖✖♥✖✖

            2014.09.12
                  15:30
                  Seul.
                  JYP.




           POV FLOWSIK.


Eu entrei no meu estúdio, onde eu treinava os treeners. Eu ouvi uma voz linda, uma voz forte, estava tocando Breat da Luna. Aquela voz, era potente e alta, gostosa de se ouvir também.

Eu entrei de fininho e bati palmas e vi a senhoria Jessica, quase desmaiar de susto.

Eu achei que estivesse no horário de almoço, mil perdões, eu entrei sem permissão, não era minha intenção. — A mesma se curvou.

Yah! A empresa é praticamente sua, você é a filha do CEO, não se preocupe comigo. — Dei uma pausa, e a vi relaxar — Sua voz é linda, por nunca tentou cantar?

— Eu cantar? — Ela sorriu, e que sorriso lindo. — Quem vê pensa..

— Sério? O que acha? Eu posso te ajudar. Você aceita? — Perguntei sorrindo.

Tá, eu aceito.

Eu me lembro desse dia como se fosse ontem, após isso ela aceitou sair comigo também, aceitou meu pedido de namoro e aceitou meu pedido de casamento. E o principal, permitiu que a fizesse-a feliz.

Ela também virou umas das melhores cantoras.

                ...................

        CONTINUA.


     
   


Notas Finais


QUE LINDO, FUI. ✋✋✋👯


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...