História Lucy e Tommy juntos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Lambert
Exibições 0
Palavras 808
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo único


 Lucy era louca pelo Tommy e vivia a dizer: "Ele ainda será meu". Um dia Lucy convidou Tommy para ir na sua casa e colocou uma roupa bem bonita mas não vulgar para poder chamar a atenção dele.
 Eles começaram a conversar e Lucy percebeu que Tommy estava diferente, meio tenso.
 - O que foi? Não está muito bem hoje?
 - Não. Eu estou bem. Disse Tommy um pouco nervoso.
 - Vamos conversar mais, se anima um pouco. Pega umas cervejas na geladeira.
 Assim que ele foi até a cozinha, Lucy estava comemorando o fato de perceber que Tommy estava tenso por conta dela e ela foi atrás pegar 
uns petiscos. 
 - Esquecí de pedir para você pegar isso também. 
 Tommy estava com aquele sorriso bobo, sem saber o que fazer e como agir e Lucy deu um sorrisinho também para ver a cara dele. Lucy
tentou olhar nos olhos de Tommy mas este sem graça desviou o olhar. 
 - Vou lá em cima no banheiro e já volto. 
 De repente, Lucy dá um grito e Tommy sobe correndo para ver o que aconteceu para Lucy gritar daquele jeito.
 - Eu acho que ví uma barata correndo por aqui. Mata ela pelo amor de Deus!!!!!!!! 
 Lucy fingia pavor, pois sabia que não tinha barata nenhuma. Era só um truque para Tommy subir correndo.
 - Eu não estou vendo nada aqui.
 - Será que ela não entrou nos quartos?
 - Posso ver...
 Lucy ficou em cima do assento sanitário esperando a confirmação de que não tinha nada. Depois Tommy veio ajudar a descer e ela fingiu
quase cair para que ele a segurasse mais forte e assim ficarem mais próximos. 
 Nessa hora ela olhou bem fundo nos olhos dele e ele ficou com cara de bobo mais uma vez. Assim que ele a colocou no chão em pé ela o
agradeceu pela ajuda e o abraçou mais uma vez e deu um beijinho nele.
 - Oops! Desculpa o que fiz. Eu não deveria ter feito isso.
 Mas já era tarde demais e Tommy tinha gostado daquilo. Agora era ele quem queria devolver o beijo mas Lucy desviou de Tommy e o 
puxou pela mão levando Tommy para seu quarto e o empurrou sobre a cama caindo sentado, quase deitado. 
 - Que isso? O que você está fazendo? Tommy fez cara de desententido
 - Acho que bebi um pouco a mais. Disse Lucy. 
 Lucy começou a provocá - lo com olhares e sorrisinhos e ficou vendo a reação de Tommy, se deliciando com a cena. Lucy estava se 
divertindo como nunca, pois sabia que tinha finalmente conseguido o que queria: ganhar a atenção de Tommy. Não queria quebrar o encanto tão cedo.
 Quando viu que Tommy não estava resistindo mais, Lucy subiu bem devagarinho na cama e começou a beijá - lo como se aquele momento 
fosse eterno e único. Tommy não se segurou mais e puxou Lucy para sí e pouco depois começaram a se amar ardentemente.
 - Nossa! Como você é quente, Tommy... 
 - Uhum... E você é bem danadinha. E se beijaram mais uma vez.
 Após finalizarem, ficaram se entreolhando com cara de dever cumprido e logo começaram a rir. 
 - Nós somos muito bobos. Ficar segurando esse tempo todo o que sentímos um pelo outro por achar que não era hora certa ou por achar 
que o outro não ia querer. Disse Lucy
 - Pois é. Mas o que fizemos hoje foi muito bom. 
 - E agora? Continuaremos nos encontrando ou foi só uma brincadeira? DIsse Lucy.
 - Eu gostei e você também. Que mal tem em continuarmos? Depois se der certo contamos para todos sobre nós dois.
 - Ok. Eu quero fazer isso mais vezes. Encontro as escondidas é tão bom. Deixa os outros ficarem desconfiados de nós até quando não der 
mais para esconder de ninguém. Quero ver a cara deles quando descobrirem. Vai ser o máximo!
 Os dois passaram o resto da noite juntos e no dia seguinte Tommy foi para sua casa se arrumar e se encontrar com Adam para trabalharem.
 - Cara, onde você estava que não atendeu minhas ligações? Disse Adam.
 - Ah, desculpa. Eu caí no sono. Estava muito cansado ontem.
 O tempo passou e Tommy e Lucy se encontraram mais algumas vezes até que resolveram contar á todos que estavam se entendendo a um
bom tempo e já era hora de começarem a namorar. Adam Olhou para os dois com uma cara misto de surpresa e dúvida.
 - Espera aí, a quanto tempo vocês estão juntos?
 - Sei lá, acho que mais de mês. Disse Tommy.
 - Então está explicado por que tem sumido ultimamente. Parabéns ao casal.
 - Obrigado. Disse Lucy.
 Os três se abraçaram e comemoraram a nova fase na vida de Tommy. Depois continuaram a trabalhar juntos e dividir o tempo, quando dava, com Lucy.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...