História Lucy In The Sky With Diamond - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Beatles
Personagens George Harrison, John Lennon, Paul McCartney, Personagens Originais, Ringo Starr
Tags Beatlemania, Beatlemaniacos, George Harrison, John Lennon, Lucy, Morte, Músicas Do Elvis, Paul Mccartney, Ringo Star, The Beatles
Exibições 12
Palavras 797
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá Beatlemaniacos, olha eu aqui pela 5° vez nessa fanfic \o/
Gente, sinto muito ciúme dos meus meninos enquanto escrevo ;-;
Sim meus, sou neurótica e iludida, me deixem sonhar :v

Olha, eu tenho a sensação de que atrasei o capítulo, me pareceu que houve um intervalo maior da última postagem até essa. Então fiquei tentando me lembrar se eu tinha postado semana passada, e como eu não postei, resolvi postar domingo. Desculpa gente, eu me perco no tempo :v

Tá, agora deu de papo, boa leitura :3

Capítulo 5 - Capítulo Cinco


Capítulo Cinco

Lucy encarava o homem a sua frente, seu irmão. Ela sabia que ele faria de tudo para agradar o pai. Quando o pai o havia mandando para qualquer lugar longe, para buscar uma boa esposa, ele foi. E só agora Lucy viu o quão idiota foi sua escolha de destino.

Ela havia escolhido Liverpool, sabia que o irmão estaria lá. Mas só quando ja estava na cidade se deu conta de que, se ele tivesse chance. A entregaria para os pais sem pensar duas vezes. E isso Lucy não podia permitir.

••••••

Parecia que todos ali ajudavam para aumentar a tensão, meu irmão me encarava com ódio. Eu sempre fui a ovelha negra da família. E agora que tinha fugido, devia estar ainda pior. Ele pegou meu braço com força. Ele havia sido criado como meu pai. E na cabeça deles, tudo se resolvia de forma bruta. Não podia se esperar nada diferente de um ex-soldado e seu filho favorito.

Ele fez menção de me arrastar para a direção da porta. Forçei meu braço, me recusando a ir. Ele parou e me encarou, sentia que estava se segurando para não me bater.

—Você vai voltar para casa. -Ele disse, Rick pulou por cima do balcão. Mas não se aproximou.

—Não vou. -Disse, ele me encarou com raiva. Apertou meu braço.

—Não se comporte como uma criança. Vai pra casa sim. Ou eu trago papai aqui. Oque ele pensaria se te visse a assim? -Indagou, vi Rick assumir uma expressão confusa. Puxei meu braço o fazendo soltar, tinha a marca do aperto ali.

—Vá para o inferno. Você, ele, e o resto dessa família de merda. -Gritei, as pessoas a volta faziam questão de manter silêncio para não perder nada.

—Olhe pra você Lucy. -Ele grunhui, senti todos encarando. —Está vestida como uma vadia. - Senti minha bochecha esquentar, não de vergonha, mas de raiva. Ele não tinha esse direito.

—E você está agindo como um idiota. -Disse o encarando, ele levantou a mão direita, no alto. Foi tudo muito rápido, a mão dele bateu com força no meu rosto. Cai no chão com o impacto, sentia o gosto metálico de sangue.

Quando ele avançou para mim, Vi George e os amigos se metendo na frente. Os dois caras que estavam com meu irmão levantaram, indo ao lado dele. Rick chegou ali, ele tinha o dobro do tamanho do meu irmão.

—Fora do meu clube. -Disse firme. Meu irmão soltou uma risada rouca e me olhou no chão.

—Vou te levar pra casa Lucy. Pode não ser hoje. Mas vou te levar. Irmanzinha. -Disse cínico, coloquei a mão no rosto.

—Vá se foder Andrew. -Disse, com a voz fraca. Estava segurando com todas as forças as lágrimas.

Ele saiu do clube com os amigos. As pessoas ainda não atreviam a mecher-se. Vi alguém me estendo a mão. Era Ringo, o caladão. Peguei a mão dele, me levantando.

—Que idiota. -Ele disse se referindo ao meu irmão, sorri de canto e assenti. Minha bochecha doía.

—Vamos dar um jeito no seu rosto. -Rick disse.

—Obrigada. - Sussurrei para os quatro, eles assentiram, sorrindo.

Rick me levou até o banheiro. Olhei pro espelho e vi uma grande marca roxa no meu rosto e um corte no canto direito da minha boca. Ele molhou um algodão com álcool e me entregou, passei para limpar o sangue seco e o fresco.

Quando ele saiu da sala para ir buscar gelo ouvi a música voltando a tocar. Estava tudo normal de novo. Me encarei no espelho e deixei uma lágrima correr. Seguida de outras, e quando dei conta, eu chorava como uma criança.

Rick voltou e me encontrou lá, sentada no chão chorando. Ele se ajoelhou ao meu lado e pressionou o gelo no meu rosto.

—Me explica? -Ele pediu, assenti e segurei o gelo.

—Era meu irmão. -Dizia com a voz falha —Ele sempre foi o favorito, e eu o fardo. Era uma garota, inútil pro meu pai. Quando fugi, só pensei em um lugar longe, e lembrei daqui, quando comprei a passagem ignorei o fato dele ser quem é. Quando cheguei aqui, me toquei que, se ele me encontrasse, me levaria para meu pai. E ele me encontrou. -Disse, enxugando as lágrimas.

—Olha só, me recuso a perder minha melhor funcionária. -Ele disse, e eu sorri. —E minha amiga, é claro. -Olhei para o Rick e o abraçei, ele retribui, sem jeito.

—Obrigada. Nunca poderei agradecer o suficiente. -Disse me soltando.

—Pra começar. Hoje você fica aqui como cliente, se sente com os garotos. Ok? -Notei que quando ele falava de garotos, se referia a George, Ringo, Paul e John, assenti e me levantei.

Ele saiu da sala, e eu passei maquiagem para esconder a marca roxa, mas o corte continuava visível. Sorri para meu reflexo, e sai da sala. Os quatro garotos me esperavam na frente da porta. Rick olhou pra mim de longe e sorriu.


Notas Finais


Notas iniciais
E aí? Gostaram?
Só eu fico com ciuminho deles?
Comentem ai, pelo George :3
Ou pelo John, se preferirem
Ou Paul, ou Ringo :3 Enfim
É isso aí, até a próxima Beatlemaniacos 0/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...