História Luke Sykes - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Horror, Mistério, Suspense, Terror
Exibições 44
Palavras 307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá meuzamô!!
Tá tudo bem com vcs?
Espero que sim!
Mais um capítulo
Aquele capítulo que vocês ficaram esperando ansiosamente
EBAAA

Espero que gostem, e boa leitura!!

Capítulo 27 - Tortura parte 2


Fanfic / Fanfiction Luke Sykes - Capítulo 27 - Tortura parte 2

Desci para o porão e Mark estava lá. 

 - Eu não aguento mais, Luke! - Ele dizia. 

- Foda-se, ninguém liga, otário! - Eu disse. Peguei minha lâmina, e comecei a cortar o rosto de Mark. 

 - Isso é por todos os socos que você me deu, e por todas as pessoas que você já machucou um dia. 

 Mark gritava de dor. Enquanto eu rasgava suas roupas. E jogava pedaços de pão, para os ratos se alimentarem. 

 - Isso é por todos os corpos de garotas que você já tocou, que você aproveitou, sem a permissão delas. Eu tenho nojo de você, Mark. - Eu falei, colocando a maior lagarta em sua parte íntima, eu não sabia se ela iria acabar comendo, ou se ela iria entrar em algum outro canto. 

 Arranquei suas unhas e lhe disse.

 - Acho que ficarei com isso, Mark.

Ele sabia que estava prestes a morrer.

 - Isso é pelo simples fato, de você ter nascido, Mark Becker. - Eu disse cortando sua barriga, e colocando pequenos insetos no corte profundo.

 - Irá morrer, Mark, quando a lagarta comer mais um pouco do seu intestino, quando acabar a comida para os ratos, e eles irem procurar em outro lugar, que eu não vou precisar dizer. Enfim, você saberá a hora Mark. Não lhe dou nem uma noite para morrer. 

 - ME MATA LOGO SEU FILHA DA PUTA, TORTURA É A PIOR COISA QUE SE PODE FAZER COM ALGUMA PESSOA. - Mark ficou gritando.

 - Deveria ter falado isso, antes de torturar sua irmã, transando com ela, e tirando toda sua inocência. Você não me engana, Mark. Eu sei dos seus segredos, eu tenho motivos, para ter nojo de você. 

 Me virei, e deixei Mark lá, ele me xingava de todos os palavrões possíveis, mas eu não ligava, ele iria morrer de qualquer jeito.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Se tiverem alguma pergunta, dúvidas, qualquer coisinha, deixa aí nos comentários que eu vou responder vocês!!
»beijinhos«


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...