História Lunoki, O Irmão Gemeo De Near(Hiatus) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens Beyond Birthday, L Lawliet, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Nate "Near" River, Raito Yagami
Tags L×ne, Lunoki×near, Matt×near, Melloxnear, Raito×near
Exibições 26
Palavras 506
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Já peço desculpas pelos erros e vamos logo para o cap

Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction Lunoki, O Irmão Gemeo De Near(Hiatus) - Capítulo 2 - Capitulo 2

Você partiu para outro mundo, mas deixou em mim um universo de amor. Até sempre, meu irmão!

—♠—

Near On:

Olá me chamo Near River, tenho 15 anos, cabelos albinos, olhos azuis escuro quase negros, tinha um irmão Gêmeo, Lunoki, mas a 7 anos atrás invadirá nossa casa, mataram meus pais e depois não sei o que acontecei, pois um deles me apagaram, em tão não sei se ele esta vivo. umas das poucas coisas que não sei são essa.

Nesse momento estou tomando/tentado tomar banho, mas Mello fica me agarrando toda hora. Vc deve ta assim "Hem? O que? Mello agarrando Near? Como assim?" simples, a dois anos Mello me pediu em namoro no jardim do orfanato, no começo eu não aceitem pensando que era uma aposta idiota que eles e os "amigos" dele tinham feito mas depois de um mês inteiro me enchendo o saco, eu finalmente disse sim, o mais feliz de todos era o Matt que sempre dizia que a gente ia acabar junto, e o desgraçado, estava certo, nunca me imaginem namorando o maior Valentão do Orfanato, sou tirados dos meus devaneios por Mello que me puxo minha pernas para a cintura dele me segurando no bumbum.

-Mello me ponha no chão agora-disse firme, odiava Codó ele fazia isso e ele sabia Disso.

-Mas porque? Eu aguento vc!-disse debochado

-ou vc me coloca no chão ou eu juro que eu Faso uma linda e longa greve de 7 meses e vc mais que ninguém que eu faso!!-disse cínico, dá ultima vez que fiz greve duro 9 meses e para ajudar mais(SNQ) eu ficava provocando ele, na sala de aula, no banheiro, etc... Até que ele não aguento e me agarro de jeito, sempre gostei esse jeito dominante e controlador. sinto ser colocado por ele no chão.

-ponto... Seu chato, fantasma ambulante, albino falsificado -ouso ele me ofende baixinho. Ele sempre fazia isso Codó uma coisa não era com ele queria, ele fazia uma cara feia e dava gelo em mim e Matt, resultado Matt pedia/ameaçava para mim falar com Mello ou seja eu numa cama amarrado e mello me estocando forte quase me machucando mas fazer o que? Faz parte. Depois de uns minutos 18 ouvindo Mello reclama, o puxo para um beijo violento, sinto Mello agarra minha cintura e me trazer para mais perto do seu corpo, quando as coisas estavam esquentando adivinha o que o puto do Matt fez? Bateu na porta.

-PARAM DE SE COMER AI DENTRO, E SAIAM LOGO, O RORGENS FALO QUE VAI TER UM GAROTO NOVO NO ORFANATO-disse/grito na verdade, mas eu queria saber oque isso fazia de diferencia na minha vida para Matt esta gritando.

-Oh Desgraçado, qual vai ser a diferença na minha vida só porque entro um garoto novo?-pergunto irritado, Dois motivos para eu estar irritado, Primeiro eu estava(não estou mais no clima) de transa, Segundo ele me enpediu de fazer isso ontem a noite Codó bateu a porta do meu quarto. Se antres eu tava puto com ele imagina agora!? Será que se eu mata ele alguem ia sintei falta?

Continua………



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...