História Lutando Pelo Amor - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Artes Marciais, Ladynoir, Luta, Marichat, Miraculous
Exibições 88
Palavras 776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Escolar, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oinn
A quanto tempo. Eheh...
Trago aki nessa madrugada mais um capitulo.
Espero que gostem

Capítulo 9 - Jogando Video Game


Marinette on


Ao chegar naquela imensa casa eu arregalei os olhos aquela casa... quer dizer mansão, uma casa não seria tão grande assim... 


- Wow! parece que é maior que aquela academia que eu treino. - Eu disse enquanto o loiro me coloca no chão.


- Pff, Não exagere tanto, isso não da nem metade do primeiro andar daquela academia. - Ele respondeu enquanto encolhia o bastão que em instantes virou aquela pequena barrinha de ferro do começo e logo em seguida ele a guardou no bolço novamente. - Vamos entrar, esta frio é perigoso você pegar um resfriado. - Ele falou pegando no meu ombro para me guiar o caminho e eu aceito e enquanto andamos eu resolvo falar algo.


- Diz o cara que está apenas de blusa para se cobrir do frio. - Eu falo com um pouco de sarcasmo e depois fico sem graça quando ele me olha com um olhar sério pois ele tinha me dado seu casaco para me proteger do frio. - M - me desculpe...


Ele sorriu fraco.


- Tudo bem... O frio não vai me incomodar se você estiver prote... - Eu o interropi colocando o casaco nele. - Qual parte de " o frio não vai me incomodar " você não entendeu? - Ele me olhou sério.


- Você não esta endendendo... - Eu falei olhando para frente. - já vamos entrar na casa então eu só estou lhe entregando o casaco de volta. - Eu pisquei para ele e ele corou um pouco.


- Espertinha. - Ele sorriu largo e se cobriu com o capuz do casaco.


Entramos na casa e nos deparamos com uma sala de estar gigantesca. Então o loiro foi andando em direção a um sofá que se encontrava no meio de outros muitos assentos por ai e tinha uma imensa tela e frente ao sofá.


- Venha aqui. - Ele me chamou


- ok 


Eu fui até lá e ele se senta no sofá e fala para que eu me sente também.


- Acho que depois do que passamos essa noite você tenha perdido o sono. - Ele liga a imensa tela e pega 2 controles. - Já ouviu falar do Mortal Kombat? - Ele fala me olhando enquanto me entrega o controle.


- Já ouvi falar mas nunca tive a chance de jogar, sabe meus pais não têm condições de comprar esse jogo para o meu console... - Eu falo olhando cada detalhe que o jogo trazia na grande tela.


O Loiro morde os lábios. - Entendo... - Ele apertou Start e começou a seleção de personagens. - Bem... você vai ter a chance de jogar hoje. - Ele sorriu para mim e eu retribuo o sorriso. - Ok escolha o seu personagem, será com ele que você vai lutar. contrar o meu personagem.


- Ok. - Eu aperto para cima e depois para a esquerda e direta bem rapido e desbloqueio uma personagem feminina, ela tinha uma roupa bem parecida com um joaninha então e a seleciono e o jogo coloca uma área aleatória que o game tem.


- Wow como você conseguiu desbloquear ela? - Ele pergunta curioso.


- Eu sei lá '-' só apertei uns botões rapido e BUM desbloquiei ela.


- Você realmente sabe explicar as coisas... 


Nos dois rimos


- Você pelo menos sabe os comandos? - Ele falou enquanto o personagem dele me dava um golpe.


- Ei! calma deixa eu decorar os botões. - Eu olhei o controle e apertei um botão de cada vez até perceber que o loiro estava quase se matando para desviar dos ataques da minha personagem.


- ok já decorou os comandos?


- já sim. Por que? - Eu pergunto.


- Pois agora a verdadeira luta acabou de começar.


Ele usa um codigo e recupera a vida do seu personagem e parte para cima da minha.


~ Dez batalhas de Mortal Kombat Depois ~


Resultados:


Marinette: 10 Vitorias e 0 Dertotas

Chat Noir: 0 Vitorias e 10 Derrotas


- É melhor de Dez. - Ele fala.


- A de Dez já foi. - Eu responto e ele vai e se aproxima de mim.


- Então que tal um desafio? - Ele fala me chamando atenção.


- Que tipo de desafio?


- Esse desafio é assim, quem ganhar vai ficar devendo um beijo para o outro.


- E - Eu não beijarei você! - Eu disse corada.


- Calma eu disse "quem ganhar" e quem perder não devera nada para o outro... a não ser que você nunca beijou alguém?



- E - Eu... - Eu disse olhando em seus olhos que brilhavam. - Eu aceito o desafio!


" Espera... se ele ganhar ele vai me beija e se eu ganhar eu... que irei beija - lo... COMO EU PUDE CAIR NUMA COISA TÃO OBVIA?!! "


- Eheheh - Ele ri enquanto eu fico extremamente corada.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ♥♥
(Desculpe pela falta de virgulas e se algumas palavras estiverem escritas erradas, pois estou pelo celular) E galera esse não é o verdadeiro jogo apenas o Nome dele é o verdadeiro e eu coloquei personagens nele. '-'

Até o proximo capitulo ♡☆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...