História Lutteo - Meu Querido Professor - Capítulo 10


Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Nina, Personagens Originais, Simón
Tags Gastina, Lutteo, Romance, Sou Luna, Soy Luna
Exibições 97
Palavras 401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie Gente! Desculpa por não postar recentemente, SORRY!
Espero que gostem!
Ate as Notas finais..

Capítulo 10 - Hospital??? -- Parte 2


Luna Valente

Abro meus olhos e avisto paredes brancas, minha veia estava conectada a um saco de soro. eu estava em um hospital, estava alguem na porta, e logo este alguem abre a porta.

- Luna! - exclama o Matteo quando me avista, ele se aproxima perto de mim.

ele praticamente cola nossos corpos e ele me abraça.

- Oi tambem. - eu falei e eu correspondo o abraço de Matteo.

- Ainda bem que você esta bem. - ele falou em um tom suave e eu sorri.

- achava que você tinha morrido. - ele falou novamente e desfez o abraço.

- porque você acharia isso? - perguntei confusa, eu só me lembrava do Simon beijando uma Loira.

- p-por nada. - ele falou e colocou sua mão em cima da minha, eu senti uma corrente elétrica passa por mim e eu coro levemente.

- Ahm, e com esta seu namorado? - perguntou ele e sentou na cadeira do lado da cama de hospital.

- nos terminamos, ele estava me traindo com uma loira. - eu falei e os labios de Matteo formaram um sorriso meio triste.

- serio? vocês formavam um lindo casal. - ele falou e senti lagrimas em minha bochechas.

- Ahou, Desculpa eu não queria fazer você lembra disso. - falou o Matteo e o mesmo me abraçou.

Ele ficou fazendo carinho no meu cabelo e nas minhas costas, eu adorava quando ele me abraçava, eu me sentia completa? talvez.

- Desculpa, Desculpa mesmo Luna. - ele falou e se separou um pouco longe de mim.

- N-Não esquenta, eu e-estou melhor. - eu falei e limpou minhas lagrimas, ele se aproximou perto de mim e....

ele me beijou, era incrivel que sua boca se encaixava perfeitamente na minha, sua boca tinha um gosto doce e amargo ao mesmo tempo.

Matteo levou sua mão ate minha coxa, ele levantou a roupa de hospital e apertou ela.

- Uhh, Matteo. - eu gemi e os labios dele formaram um sorriso malicioso.

Matteo Balsano

Meu deus, eu estava beijando minha aluna, MINHA ALUNA. a boca dela e maravilhosa, eu abri sua boca com minha lingua e acariciei levemente a sua.

Depois de alguns minutos beijando ela, eu acordo do " transe " e paro de beijar ela.

- Ahm, desculpa Luna. - eu falei.

- Não precisa se desculpar! eu meio que gostei. - ela falou meio envergonhada.


Notas Finais


Gostaram? Mereço comentarios?
Espero que sim!
Ate o Proximo Capitulo..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...