História Lying wife - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Tags Krystoria, Soosun, Taeny, Tem Red Velvet Tbm, Yoohyun, Yulsic
Visualizações 220
Palavras 2.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei um pouquinho mais voltei \õ Espero que gostem do cap, me digam o que acharam dele e me desculpem pelos erros x.x qualquer coisa podem me xingar que eu deixo <3 Eu amo vocês demais demais <3333 Boa leitura gente <33

PS: Os erros nas falas das crianças são de proposito.

Capítulo 3 - A chegada dos pais.


Era de manhã, Taeyeon havia levantado cedo pra ir buscar seus pais. Tiffany também acordara e fora fazer o café, Jessica lhes arrumara alianças e ainda por cima mandara gravar seus nomes para que tudo fosse bem convincente. A pequena Irene ficara deitada no sofá vendo desenhos, a mesma não tinha por que saber de todo o plano, já que para ela Tiffany sempre fora sua e Taeyeon seu pai, então tudo estava como sempre.

 

- Neném, fiz seu leite e coloquei no copo que você adora. — Tiffany adentrou a sala e abaixou perto do sofá com um copo, o qual era enfeitado com desenhos de ursinhos. - Toma tudo e depois vamos tomar banho.

 

- Ah, banho não mamãe.. — Disse manhosa e se sentou para tomar o leite. - To com frio.

 

- Vovô e vovó logo chegam com o papai. Você não quer ficar bem bonitinha pra ver eles? — A ruiva perguntou e Irene pareceu pensar.

 

- Quelo sim, posso por a roupa que você me deu mama? — Disse com os olhinhos brilhando, Tiffany sorriu e assentiu sem pensar duas vezes. - Oba! Vamo então..

 

- Eita haha. Calma, termina seu leite enquanto eu termino de ajeitar a mesa. — Tiffany se levantou e voltou para a cozinha assim que a pequena sossegara.

 

  Após Irene terminar o leite, Tiffany lhe deu banho e aproveitou para tomar também. A ruiva arrumou bem a menor, com um vestidinho rosa que havia trazido de sua viagem para Paris, ajeitou o cabelo da mesma e deixou ela na sala. Tiffany se arrumou de forma simples, os pais de Taeyeon não gostavam de pessoas que se vestiam de forma extravagante ou chamativa demais. Depois de pronta ela se juntou a Irene na sala, não demorou muito para que Taeyeon chegasse com os anciões da família Kim. Taeyeon abriu a porta e deu passagem para os mais velhos entrarem, Tiffany e Irene se levantaram, os mais velhas encararam-nas de imediato.

 

- Bem vindos. — Tiffany disse e Irene agarrou na perna da mesma, nunca havia visto aquelas pessoas, nem mesmo por fotos e agora elas pareciam assustadoras. - Irene, cumprimente seus avós.

 

- O-oi. — Disse toda acanhada e agarrou-se ainda mais firme na ruiva.

 

- Ela se parece bastante com você Taeyeon. — A mulher mais velha disse e Taeyeon sorrira. - E você esta ótima Tiffany querida, não sabíamos que você estaria aqui.

 

- Mãe, pai. — Taeyeon ficou ao lado de Tiffany e pegou Irene no colo. - Essa é minha esposa Tiffany Hwang Kim e minha filha Kim Irene.

 

- Oh! Viu meu velho, eu disse que desconfiava das duas quando eram crianças. — A mais velha disse e o homem riu baixo. - Meus parabéns.

 

- Cof.. cof.. Taeyeon, estou muito orgulhoso em ver que você formou uma linda família. Da cá um abraço no seu velho. — Disse e abriu os braços, Taeyeon correu como uma criança e abraçou o mais velho.

 

  Enquanto pai e filha ficaram ali na sala. Tiffany ajudou a senhora Kim a levar suas coisas para o quarto de hospedes, Irene fora logo atrás um tanto curiosa, pois havia visto uma sacola com um pacote suspeito. A ruiva deixou as malas da senhora perto da cama e Irene se jogou na cama, atrás do embrulho.

 

- Parece que alguém percebeu que eu trouxe um presente. — A mais velha disse, Irene corou e Tiffany riu. - Pode pegar anjinho.

 

  Irene apanhou a sacola do embrulho e saiu correndo para seu quarto, as mais velhas riram.

 

- Ela ama presentes. Principalmente doces. — Tiffany comentou e a mais velha encarou-a.

 

- Vocês tem uma vida agradável pelo visto. A casa esta bem arrumada, não tem roupa suja no cesto, Irene é um amor e esta limpinha. Minha Taengo parece feliz. Mas como é a vida de vocês no geral? Afinal de contas não é fácil, sei que você é modelo e antes viajava com freqüência. — A velha senhora se sentou na cama e Tiffany sentou ao lado dela.

 

- É uma vida tranquila. Claro que as vezes a Taeyeon não me entende, pelo menos parece não entender. Ela trabalha meio mal com sentimentos. — Tiffany começou a abrir seu coração de verdade. - Sobre as viagens, eu não as faço mais tanto. Sempre procuro aceitar trabalhos que envolvam ficar na cidade e sempre que da, levo a Irene comigo.

 

- Entendo. A Taengo sempre lidou mal com sentimentos mesmo, mas tenha paciência nessas horas. Pois aposto que vocês conversarem que ela entende. — A mais velha segurou a mão da ruiva. - Obrigado por estar cuidando bem dela. O pai realmente ficou animado quando soube que até neta já tinha.

 

- Como vai a doença dele? — Tiffany perguntou, sabia que o pai de Taeyeon estava nas ultimas.

 

- Mal né. Ele vai partir logo, mas pelo menos vai feliz. — Respondeu com lagrimas nos olhos.

 

- Tome um banho e descanse senhora Kim. Vou olhar a Irene e ver umas coisas na cozinha, fique a vontade. — A ruiva disse e a senhora assentiu.

 

  Tiffany deu uma breve olhada em Irene no outro quarto e sorrio, a pequena estava animada com a nova boneca, por fim ela desceu e fora direto para a cozinha. Talvez receber os pais de Taeyeon não fosse ser tão difícil, eles estavam tranquilos ou apenas cansados para fazerem muitas perguntas. A ruiva tomou café apenas com Sr. Kim e Taeyeon, o velho homem não fez perguntas ruins de responder, porém fora muito difícil para a morena ver seu pai mal conseguindo comer.

 

  Após o café, Taeyeon ajudou seu pai a subir e descansar da viagem. Irene desceu toda animada com a boneca e ficou no sofá vendo TV, Taeyeon juntou a Tiffany na cozinha e juntas começaram a lavar a louça. Enquanto lavavam e secavam tudo, começaram a pensar no que fariam para o almoço, pois o pai de Taeyeon não podia comer de tudo mais e a mãe preferia uma boa e velha sopa.

 

- Eu posso fazer mais de uma coisa Taetae. O problema é a Irene, sabe que ela não gosta de sopa a não ser que seja aquela com macarrão de letrinha e não tem. Fora que se eu fizer coisa diferente por causa dela, o seu pai pode ficar com vontade de comer. — A ruiva estava perdida, não sabia o que ao certo fazer, Taeyeon coçou a cabeça e suspirou.

 

- Que tal se ela fosse ficar a tarde na casa da Jessica? Ou na Soo? Talvez na Krys? — Taeyeon sugeriu, Tiffany negou com a cabeça. - Droga. Vou ir comprar o macarrão que ela gosta, ai fazemos duas sopas.

 

- Bem melhor, amorzinho. — Tiffany disse com um sorrisinho bobo nos lábios. - Esse é o momento que você devia ganhar um beij...

 

  Tiffany não pode terminar, pois Taeyeon lhe prensou contra a pia e calou-a com um beijo. No inicio ela ficou bastante surpresa, mas decidiu não negar, ela jogou o pano de prato no chão e passou os braços em volta do pescoço da morena...

------------------------------

  Já passava do meio dia quando Seohyun chegou em casa, a castanha havia passado a manhã fora resolvendo algumas coisas em seu escritório, teria uma grande audiência em alguns dias e tinha de estar bem preparada. Yoona havia ficado com Yeri já que estava de folga e a pequena não ficava com babá nenhuma. Seohyun deixou sua bolsa sobre a bancada da cozinha e olhou na sala, Yoona estava sentada no sofá com um barbante amarrado ao redor do corpo, Yeri estava com uma calcinha na cabeça, só de frauda e nas mãos uma espada de brinquedo que tinha balinhas dentro.

 

- Oh pirata da frauda suja, me solta. — Yoona disse e Yeri riu, Seohyun teve de segurar a risada, queria ver mais dessa cena.

 

- Num, eu sou a pilata foite e blabo. Vuce vai paga por te cumido minhas bala. — Yeri apontou a espadinha para Yoona e começou a rir.

 

- E se eu comprar um sorvete pra substituir as balas? — Yoona sugeriu e a pequena abaixou a espada.

 

- Sovete de que? — A pequena desceu da mesa e puxou o barbante que havia enrolado em Yoona, a mais velha pegou-a no colo.

 

- Do que você quiser. — Disse a menor ficara muito animada. - Agora vamos lavar o bumbum e esperar a mamãe bem limpinha?

 

- Vamo. — A pequena pulou do colo da mais velha e correu para cima.

 

  Yoona se levantou e arrumou suas roupas, Seohyun começou a rir e finalmente adentrou a sala, a loira encarou-a com um sorriso bobo.

 

- Meu amor. — A loira abriu os braços e Seohyun correu em sua direção. - Ta cheirando a papel velho haha.

 

- O caso do maníaco da faca é um saco. Preciso de um banho.. — Disse e deixou um selinho pelos lábios da outra. - Pede o almoço? Eu dou banho na Yeri.

 

- Peço sim. — Yoona girou a mesma e puxou-a para seus braços novamente. - Então posso dar banho em você?

 

- Pode! — Seohyun disse provocante e se afastou novamente, caminhando até a escada. Yoona ficou observando-a. - Só que mais tarde. Agora pede o almoço, mor.

--------------------------

  O beijo continuava intenso, Taeyeon beijava Tiffany sem se importar se haviam combinado algo sobre ser de língua ou não. Fato é que estavam se beijando e era a primeira vez que isso acontecia desde que se conheceram na escolinha há muito tempo atrás. A ruiva gemeu contra a boca da outra ao sentir a mesma apertar-lhe a cintura e descer para o bumbum.

 

- Kim Taeyeon! Sua filha esta logo ali na sala, onde já se viu atacar sua esposa feito cão no cio a essa hora? — Era a voz da senhora Kim. Taeyeon largou Tiffany e a mesma pediu licença antes de sair pela porta da cozinha, a velha senhora encarou a filha. - Vocês fazem isso com freqüência na frente da menina?

 

- Claro que não mãe. Dessa vez aconteceu, por que Irene tem dormido muito com a gente e eu estou com vontade acumulada. — Taeyeon explicou e a velha senhora riu baixo.

 

- Entendo. Mas ainda sim não é motivo pra se agarrarem. Quem vê pensa que estão desesperadas ou acabaram de casar. — A mais velha desligou o fogão e pegou uma xícara de café. - Apaguem esse fogo a noite, digam a ela quem tem que dormir sozinha, como uma mocinha grande.

 

- Okay. Me ajuda a terminar o jantar? — Taeyeon pegou e a anciã assentiu.

 

  O restante da tarde fora passando devagar, Tiffany ficar bastante no jardim dos fundos, a ruiva fingira estar lidando com as flores, estava evitando Taeyeon. Ela achou que fosse ser mais fácil beija-la e depois relaxar, mas não fora nem um pouco assim. Muito pelo contrario, agora Tiffany queria mais e sabia que o primeiro só acontecera devido a aproximação da senhora Kim. Tiffany só voltou para dentro para jantar mesmo, não fora muito fácil ficar tranquila no jantar, pois a mãe de Taeyeon falara varias coisas com duplo sentido e o pai da morena começara a fazer piadas que envolviam o que havia acontecido na cozinha.

 

  Já passava das dez quando Irene começou a coçar os olhos e fazer manha. Tiffany subiu e colocou-a na cama, os pais da Taeyeon foram dormir após isso e por fim o casal de mentira se encontrou no quarto. A morena estava sentada na cama quando a ruiva entrou no cômodo, sua cara não era boa e isso fez Taeyeon engolir seco.

 

- Desculpa pelo beijo. — Disse baixo e Tiffany revirou os olhos. - Que foi?

 

- Acabei de passar em frente ao quarto dos seus pais. Sabia que sua mãe acha que a gente vai transar loucamente a noite toda? — A ruiva cruzou os braços na frente do peito. - O que você disse pra ela?

 

- Que estávamos com vontade acumulada... — Disse quase que sussurrando, Tiffany passou a mão no rosto e suspirou pesadamente. - Na hora eu não consegui pensar em nada. Foi mal Fany.

 

- Aff, tudo bem. Mas e agora? — Tiffany disse nervosa, Taeyeon coçou o queixo.

 

- Transar de mentirinha. — Taeyeon ficara meio sem graça e seu rosto corara de leve.

 

- Ótimo! Como se faz isso? Eu acho que não consigo gemer sem estimulo. — Tiffany corou, mas havia dito a verdade.

 

- Se masturba de costas pra mim... — Disse de forma embolada e a ruiva arregalou os olhos.

 

- What? — Tiffany estava chocada, Taeyeon engoliu seco.


Notas Finais


Enfim é isso, espero que tenham gostado, me digam o que acharam e qualquer coisa podem me xingar que eu deixo. Maus pelos erros tbm x.x Eu amo vocês demais demais <3333 Até mais gente <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...