História Má Petit ladybug - Capítulo 79


Escrita por: ~

Exibições 172
Palavras 1.755
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Me desculpem por n ter postado! Eu juro que vou postar o máximo que puder.

Capítulo 79 - Fantastic dance


Fanfic / Fanfiction Má Petit ladybug - Capítulo 79 - Fantastic dance

Era três em ponto e Marinette acordou, ela se sentou na cama e coçou os olhos, decidiu sair do quarto, estava vestida com uma camisola de seda preta que era até, meio transparente. Ela saiu do quarto, como um fantasma.

Assim que ela andava pelos corredores daquele grande Palácio, ela começou a ouvir uma música... Não uma qualquer mas sim K-pop. Ela adorava a música, começou a seguir o som até que deu de cara com a porta de Kuro. Estava fechada. Bufou, sem entender, a música cessou.

Ela estava encostada a porta, ela foi-se aberta por Kuro que tinha um olhar desinteressado.

- Anata wa nani o shitaidesu ka? (O que você quer?)- Marinette coçou a cabeça e riu sem graça:

- Intaum... é que... Eu gosto dessa música...- Kuro fechou os olhos e abaixou o rosto soltando um sorriso fechado, ele segurou o pulso de Marinette e com seus olhos vermelhos hipnotizante penetraram  os olhos da azulada.

- Kimasu! (venha)- Ele a puxou para dentro do quarto e pisou duro no meio do quarto, fazendo linhas de luz azul esbranquiçada. Ele procurou a música e começou, com ele cantando junto, mostrando, pela primeira vez suas presas de felino em um sorriso. A puxou e começou:

Yeogi buteora modu moyeora
We gon' party like Lilililalala
Mameul yeoreora meoril biwora
Bureul jipyeora lilililalala.

(Venham se amontoar aqui,
Venham se reunir aqui.
Vamos nos divertir como Lilililalala
Abra seu coração, limpe sua mente, Comece um incêndio lilililalala!)

Ele deu um salto e caiu de quatro, começou a mexer os ombros, se levantou bem rapidamente, batendo um pé descendo até o chão. Tinha um olhar de predador.
 
Jeongdabeun mutji malgo geudaero badadeullyeo
Neukkimdaero ga alright
Haneureul majuhago du soneul da wiro Jeo wiro nalttwigo shipeo oh

Não espere por uma resposta, basta aceitar o que você tem.
Faça o que você sentir, tudo bem! Eu quero olhar o céu,
Jogue as mãos para cima, e pule Oh!)

Começou a mexer os ombros, batia um pé no ritmo e sua cabeça mexia na batida. Sua cauda mexia, e suspirou:

-Na na na na...

Nanananana nanananana
Wow fantastic baby
Dance i wanna dan dan dan dan
Dance fantastic baby
Dance i wanna dan dan dan dan
Dance wow fantastic baby

Deu um mortal e caiu com as pernas levemente abertas, começava a balançar a cintura enquanto batia um pé, estalava os dedos e sua cauda balançava, enquanto sua face estava com um sorriso convencido.

I nanjangpane hey
Kkeutpan wang charye hey

Esta é a última rodada neste playground, HEY.
É a vez do Rei, HEY.

Ttangeul heundeulgo
3buneuron bulchungbunhan
Race wait Bunwigineun gwayeol
Huh catch me on fire huh
Jinjjaga natanatda nananana

Faça o chão tremer.
Três minutos não são suficientes para esta corrida. ESPERE.
O ambiente está superaquecido.
HUH, me incendeie, hein.
O ?real? é aqui, nananana.

Ela batia os pés e balançava o quadril, Kuro se transformou em gato e foi pra trás de lady. A mesma estava com um braço para cima, ele destransformou e segurou de seu braço ao pulso. Ele segurou a cintura, estava de costas, começou a cantar no ouvido de Mari:

Hanabuteo yeolkkaji modeun ge da han suwi
Morae beolpan wireul michin deushi Ttwieobwado geotteunhan uri
Haneureun chungbunhi neomuna pureunikka
Amugeotdo mutji mallan mariya Neukkiran mariya naega nugunji

De um a dez, tudo é um só,
Tantos níveis, muito altos para mim.
Não importa o quão loucamente Corremos em torno desse campo de areia, a luz
De nosso céu é suficientemente azul Então pare de fazer perguntas.
Apenas sinta-me, sinta quem eu sou.

A soltou e transformou em gato, a olhou e transformou novamente, deu um mortal pra trás e medeia as pernas rapidamente enquanto batia palmas, começava a balançar o quadril de um lado pro outro, sua cauda balançava de um lado para o outro no ritmo da música, ia mexendo a cabeça de um lado pro outro, até que ficou na posição de um leão observando sua presa. Marinette viu seu olhar e deu um sorriso, passou as mãos no cabelo e jogou para trás. Colocou a mão na cintura se encostou em Kuro. O mesmo se exaltou, ela sorriu e começou:

Ne shimjangsorie matge ttwigi shijakhae Magi kkeutnal ttaekkaji ye
I can't baby don't stop this
Oneureun tarakhae (michyeo barakhae) Ganeungeoya

Vou começar a me mover ao redor, ao som do seu coração
Até que eu não me lembre nada do que acontece no dia seguinte. Yeah.
Eu não posso. Baby, não pare isso.
Hoje, nós estamos nos corrompendo
(até começarmos a ficar Loucos)!

Marinette o empurrou, ele segurou seu braço e começou a rodopia-lá. Ela encostou a cabeça no peito de Kuro, que a colocou de frente. Colocou um pé para trás arranhando o outro, fazendo um movimento brusco com um braço. Ele começou a guia-la junto a música.

Wow fantastic baby
Dance i wanna dan dan dan dan
Dance fantastic baby
Dance i wanna dan dan dan dan
Dance wow fantastic baby

Boom shakalaka
Boom shakalaka
Boom shakalaka Dan dan dan dan
Dance
Boom shakalaka
Boom shakalaka
Boom shakalaka Dan dan dan dan

WOW, fantástico baby!?
Dance, Eu quero dan-dan-dan-dan-dançar! Fantástico baby!
Dance, Eu quero dan-dan-dan-dan-dançar! Fantástico baby!

Boom shakalaka
Boom shakalaka
Boom shakalaka Dan dan dan dan
Dance Boom shakalaka
Boom shakalaka
Boom shakalaka Dan dan dan dan

Ele a jogou para cima que girou no ar ficando rapidamente firme no chão, mexendo os pés e as mãos. Ele começou a ronda-la, ele rolou no chão e se levantou seguidamente disso, fechou suas duas mãos e com isso suas correntes apareceram, seus olhos ficaram com vermelha e continuou com rodões, mortais. Começou a bater os pés, sua uma habilidade era enorme, ficou se apoiando com uma mão e as correntes estavam espalhadas. Ele gostava de pelo menos jogar de vez em quando, desafiar.

Nal ttara jababol temyeon wabwa
Nan yeongwonhan ttanttara
Oneul bam geumgiran naegen eobseo Mama just let me be your lover
I hollan sogeul neomeo
nanananana

Se você acha que pode me acompanhar, Venha e tente.
Eu serei sempre um músico.
Não haverá coisas como tabu esta noite. Mamãe, deixe-me ser seu amante. Vamos apenas viver esta comoção. Nanananana.

Mari estalou os dedos e praticamente criou um espaço vazio por um tempo, uma realidade fora do quarto de Kuro. Ele sorriu, seus olhos se fixaram na garota. Ela se movimentou bruscamente, estalou os dedos e sua roupa mudou. Vestia um shorts preto com uma corrente, uma Baby luck preta, dois braceletes brancos, uma coleira preta, meu cabelo preso de lado em um rabo de cavalo. Batom Preto e uma maquiagem escura.
Afastou um pouco as pernas e a bater palmas, juntava e descia até o chão mexendo os braços agilmente com a música.

Meorikkeutbuteo balkkeutkkaji bijyueoreun
Syokeu nae gamgageun somunnan kkun Apseoganeun chok
Namdeulbodaneun ppareun georeum Chawoni dareun jeormeum Eoreumeoreumeoreum hold up Nanananana

Da cabeça aos pés, as imagens são chocantes.
Meus sentidos até mesmo apagaram
O conselho do sonhador.
Meus passos são mais rápidos do que o dos outros,
O meu nível de juventude é incomparável. Gelo, gelo, gelo, se segure
Nanananana

Suas correntes a prenderam, e ele se transformou em gato, chegando bem perto, beijou sua bochecha e jogou se pra trás muito rapidamente, impulsionando seu corpo, dando um mortal e caindo de pé, socando pra baixo e trocando de perna. Uma cambalhota e se levantou ficando colado a Mari.

Ne shimjangsorie matge ttwigi shijakhae Magi kkeutnal ttaekkaji ye
I can‘t baby don‘t stop this
Oneureun tarakhae (michyeo barakhae) Ganeungeoya

Vou começar a me mover ao redor, ao som do seu coração
Até que eu não me lembre nada do que acontece no dia seguinte. Yeah.
Eu não posso. Baby, não pare isso.
Hoje, nós estamos nos corrompendo
(até começarmos a ficar Loucos)!

Ele estalou os dedos e as correntes voltaram a se atar nos pulsos do gatuno. Ele sorriu vencedor e ela revirou os olhos, aquilo era muito parecido com alguém... Só que... Com quem?.
Ele segurou as costas dela e começaram a ter leves contatos. Até que...

Wow fantastic baby
Dance i wanna dan dan dan dan
Dance fantastic baby
Dance i wanna dan dan dan dan
Dance wow fantastic baby

WOW, fantástico baby!?
Dance, Eu quero dan-dan-dan-dan-dançar! Fantástico baby!
Dance, Eu quero dan-dan-dan-dan-dançar! Fantástico baby!

Ele rompeu o contato, socando novamente o ar, fazendo o gesto que parecia escudo, enquanto batia o pé e suas caudas pareciam chicotes. Mari colocou uma mão na cintura e a outra na nuca e começou a pisar no ritmo da música, dando saltos e mudando as posição das mãos.

Boom shakalaka
Boom shakalaka
Boom shakalaka Dan dan dan dan
Dance Boom shakalaka
Boom shakalaka
Boom shakalaka Dan dan dan dan

Da gachi nolja ye ye ye
Da gachi ttwija ye ye ye
Da gachi dolja ye ye ye
Da gachi gaja Wow fantastic baby

 Vamos todos jogar. Yeah, yeah, yeah! Vamos todos correr. Yeah, yeah, yeah! Vamos todos perder o controle. Yeah, yeah, yeah!
Vamos todos, Uau, fantástico baby!?

Os dois que estavam ofegantes e com olhos fechados, no final da dança se encostaram novamente, voltando ao quarto de Kuro e os dois sem querer caem na cama. Ela caiu de cara no travesseiro de Kuro e ele se transformou em gatinho, o quarto estava impecável, nem parecia que tiveram uma "guerra" ali. Marinette resmungou:

- Eu to morrendo de cansaço.

- Anata wa sudeni shinde imasu (você ja está morta)- Falou ele cansado, voltando a ser o Kuro nem aí para as coisas. Marinette suspirou e estalou os dedos, voltando para sua cama e seu quarto. Enquanto o gatuno caiu num sono rapidamente.

                   ☆☆☆☆☆☆☆

Marinette acordou com Tikky assistindo Doctor Who. Ela assistiu enquanto comia sucrilhos, foi tomar banho e Tikky começou a olhar ao redor, saiu do quarto e sem querer tombou com alguém no corredor: Plagg.

- GATINHO!- Tikky abraçou Plagg que retribuiu no mesmo instante.

- Quanto tempo minha vermelhinha!- Plagg deu um beijo na bochecha de Tikky.- Sério... Eu não aguento mais o Lexo! Ele é muito chato!

- Hmmm! Calma Plagg! E... Desculpa te informar mas... Agente vai ficar com nossos portadores até que morram. Então iremos voltar para a caixa até os Novos portadores...

- Mas Tikky... Mestre Fu... Ele...- Falou Plagg abaixando a cabeça.

- Não pode ser!

- Sim!

-... Bom... Plagg... Então iremos ter que recuperar as duas caixas e Mari será a guardiã...- Falou Tikky flutuando de um lado pro outro. Plagg a abraçou e foram para o Jardim.


Notas Finais


Aeee! Bem... preciso que vcs votem! #continuacao #gatinho (para Adrian) #felino (para Suky) #gatuno (para kuro) #beijaflor (kasuky) #demonio (para uma história com isso)

Essa história é separada e n faz nenhuma intervenção na história. Lembrando que usem a #demonio junto a outra #. Além da #continuação que é a mesma coisa. Obrigada e falow


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...