História Ma poupée de luxe


Escrita por: ~


Sinopse:
- Quanto?: ele falou trêmulo em passos lentos de retorno.

- 700 mil dólares!.. É o suficiente para você ser meu?... se não for o suficiente te dou 1 milhão! Ou mais! Quanto você quer?

- Não sou objeto! Eu..

- 20 milhões! Você pode salvar sua família inteira da miséria e ainda continuar vivo! Estes agiotas não seram nada! Ainda vai recusar?: falei me aproximando dele em passos cauculados vendo ele recuar ainda mais. Aquilo era excitante..

- Por quê vai me dar tanto dinheiro?

- Quero você pra mim! Quero seu corpo, quero que seja meu!Você não tem outras boas escolhas! Vão lhe matar se não pagar essa dívida amanhã! e sua mãe será tida como pagamento! e acredito que você não saiba do que eles são capazes de fazer a ela!: ele ficou calado. Me olhou apreensivo e perguntou gaguejando.

- Mas.. mas.. o-o que você quer que-que que eu fa-fa-ça?

- Espere por mim todos os dias pronto para o que eu bem entender. Você pode continuar estudando e trabalhando como achar melhor. As condições são somente que você não tenha ninguém, não ame ninguém, não durma com ninguém!seja só meu!..: aqueles olhos assustados e aqueles lábios entreabertos... ele é tão indefeso...

- Posso... pensar?..

- Você tem nove horas até o amanhecer. Eles viram te ver às sete horas e trinta minutos. Se você não tiver o dinheiro eles vão matar você, e levar sua mãe.: nesse momento me aproximei ainda mais vendo ele trupicar caindo sentado encostado a parede, sorri e me abaixei ficando na sua altura, segurei a ponta de seu rosto e continuei:- E não duvido nada que te usem como mulher até que você morra! Você tem um rosto bonito! Seu corpo tem formas afeminadas.. Qualquer um lhe desejaria!: nessa últimas palavras ele fechou os olhos e com medo balbuciou alguma coisa inaudível. Falando por fim.

- Tenho que falar com minha mãe primeiro. ..

- como supõe conseguir 400 mil dólares até o amanhecer se não comigo?

- eu tenho medo!..

- Não precisa! Eu estou aqui para lhe ajudar! E não para te matar! Pode até ser que eu te machuque mas tudo vai depender de você!

- e minha mãe?

- Tudo o que você quiser eu farei! Diga-me.. onde quer que ela more? Que profissão quer que ela tenha? Ou prefere que ela só viva feliz viajando por aí?

- eu.. só quero que ela esteja bem!... eu..: o celular dele tocou e eu me afastei, era sua mãe, estava preocupada, afinal já eram nove horas, e ele saía da escolas às seis!por que fugiu tanto? Se tivesse aceitado a entrar antes não teriamos perdido tanto tempo!.

- Eu já estou chegando. Depois conversamos!...: foi o que ele respondeu a sua mãe. Não vou negar que era uma boa mulher! Só se envolveu com a pessoa errada!..

- posso ir?...

- pegue!: falei lhe entregando um cartão com meu número. Sorri e sai deixando-o sozinho na sala...

- Meu deus... o devo fazer agora?: isso foi as últimas palavras que escutei dele naquela noite.

São três horas e cinquenta e nove minutis e doze segundos. Ele me ligou.

- ... o-o-olá!..: de novo com aquele típico gaguejar em nervoso.

- Fale..: havia som de vento, possivelmente estava do lado de fora, por ser um morro sempre fazia muito vento ali.

- Eu... eu.. vou... aceitar...

- Onde você está agora?: perguntei mesmo sabendo sua resposta.

- Em casa.. mas.. como..

- Às cinco estarei por perto. Aquela escola que você costuma passar a tarde. Vá para lá. Estarei lhe esperando!..: o interrompi ditando-lhe o que fazer. Sabia que ele passaria sem anos perguntando como que eu sabia onde morava e por quê! Ah seus "por quês".. eram infinitos!

- Certo!..: ele desligou, sorri vitoriosa. Deixei o celular sobre o criado mudo e sai. Tomei um dekorado banho e me vesti como de costume. Roupas justas de couro e botas altas, sobretudo e chapéu, lábios marcados e cabelos cobrindo os olhos. Não queria assuta-lo com minhas cores!... peguei meu carro e meus seguranças. o caminho era longo. Mesmo assim antes das cinco estaria lá...
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 1.534
Favoritos 33
Comentários 23
Listas de Leitura 0
Palavras 31.592
Terminada Não
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fantasia, Ficção, Hentai, Originais, Romance, Shoujo, Sobrenatural, Submisso, Vampiros, Violencia

Fanfic / Fanfiction Ma poupée de luxe
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Silhouette
3
301
1.788
 
2.
Red lips
3
209
1.499
 
3.
Mama
3
198
1.287
 
4.
Your Eyes
1
171
1.626
 
5.
Sweet Kiss
4
149
2.000
 
6.
Yellow wish
1
107
3.055
 
7.
A Monster?..
1
97
3.235
 
8.
Halloween
0
77
4.379
 
9.
My mother is alive in my heart
1
68
3.212
 
10.
Please Save me!
1
52
4.235
 
11.
Run.
1
36
725
 
12.
I Heard an Angel Cry.
1
27
392
 
13.
Can I Play With You?
2
27
1.733
 
14.
When your mind is your danger..
1
15
2.426

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.