História Mabill um verdadeiro amor - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Amor, Bill, Gravity Falls, Mabel, Mabill, Um Amor Diferente
Exibições 114
Palavras 714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heya! Bom este aqui vai ser um especial de dia das crianças, esse capítulo se passa no passado quando o Blend e a Wendy eram crianças então boa leitura.

Capítulo 23 - Especial de dia das crianças


Fanfic / Fanfiction Mabill um verdadeiro amor - Capítulo 23 - Especial de dia das crianças

--- Blend on ---
Olá, meu nome é  Blend Blendful eu tenho 6 anos e moro em Gravity Falls Origin. Minha vida é ótima aqui mesmo que eu sofra bulyng ( não sei escrever o nome) de alguns garotos da minha cidade, eles me chamam de coisas como "estranho", pois eu sempre estou procurando anomalias já que este lugar é cheio de mistérios, eles dizem que eu não vou ser ninguém quando crescer mas vou mostrar para eles, vou mostrar que posso ser alguém! Até que alguém me tira dos meus pensamentos:
(?????)- Olá?!-
(Blend)-Aaahh-
Eu acabei caindo da árvore que eu estava sentado, quem tinha me assustado era uma garota ruiva que estava usando um rabo de cavalo:
(?????)- Você está bem?-
(Blend)-Ahan, só foi uma pequena queda-
Ela sorriu doce, acho que nunca a vi aqui será que ela é nova aqui?-
(?????)- Qual o seu nome?-
(Blend)- Blend, e o seu?-
(Wendy)- Meu nome? Eu me chamo Wendy-
(Blend)- Wendy? É um belo nome-
Ela acabou corando, ficamos conversando por um tempo, pelo que parece ela já vivia aqui mas em uma parte que eu não conhecia da cidade. Passou-se um tempo e já estava anoitecendo:
(Wendy)- Já está tarde, eu tenho que ir-
(Blend)- Espera!...-
(Wendy)- Hein?-
Acabei corando, eu tinha gritado muito alto:
(Blend)- Err... bem...-
(Wendy)- Diga logo!-
(Blend)- Ah! Bom, q-quando te verei de novo?-
Ela sorriu doce:
(Wendy)- Que tal amanhã? Aliás somos amigos agora-
Ela foi embora, amigos? Eu nunca tive um amigo antes isso é... INCRÍVEL! ela é bem... gentil:
No dia seguinte eu me encontrei com ela, e assim denovo, denovo e denovo. Sempre íamos para um lugar novo, as vezes até íamos atrás de mistérios novos, cada vez mas gostava dela, realmente estava apaixonado. Estávamos perto do penhasco apreciando o pôr do sol, então decidi finalmente perguntar:
(Blend)- Wendy...-
(Wendy)- O que?-
(Blend)- Você... gosta de mim?-
Ela acabou corando e virando a cara:
(Wendy)- Como assim... gostar?-
(Blend)- Sabe... como algo mais que amigos...-
Ela se virou surpresa e deu uma risada tímida:
(Wendy)- Sim!-
Ela me abraçou antes que eu pudesse dizer alguma coisa e obviamente retribui o abraço:
(Blend)- Hehe-
(Wendy)- Hihi-
Ela olhou nos meus olhos e nossos rostos começaram a se aproximar... epera um pouco... isso só pode querer dizer uma coisa...NÓS VAMOS NOS BEIJAR!!
E foi o que aconteceu, depois do beijo viramos e ela teve que voltar para casa:
(Blend)- Cara... que dia-
Se passaram algumas semanas e agora estávamos oficialmente namorando, nós estávamos procurando aventuras quando Wendy cai em um buraco:
(Wendy)- Kiaaahhh!!-
(Blend)- Wendy!! Você está bem?!-
(Wendy)- Estou... só foi uma pequena queda... ai-
(Blend)- Não se mecha, eu já estou indo!-
Tinha alguns cipós numa árvore próxima, os peguei e desci até o fundo do buraco para ajudar Wendy:
(Blend)- Você está bem?-
(Wendy)-Uhum, tem uma caverna aqui-
(Blend)- Bom vamos explora-la?-
(Wendy)- Claro!-
Andamos um pouco, não achamos nada de muito interessante, apenas um relógio estranho...
(Wendy)- O que será que isso faz?-
(Blend)- Eu sei lá? Bom é melhor irmos embora antes que anoiteça-
(Wendy)- Você tem razão... vamos!-
Afirmei com a cabeça, voltamos para nossas casas, naquela noite quase não consegui dormir tentando descobrir sobre aquele relógio.
No meio da noite acordei com um barulho estranho:
(Blend)- Hein? O que está acontecendo?-
Quando me levanto vejo dois homens de aparência duvidosa:
(?e?)- Blend Blendful do século vinte e um?-
(Blend)- Err... sim sou eu, quem são vocês?-
(1)- Eu sou o agente 1 mas pode me chamar de 1-
(2)- Eu sou o agente 2 mas pode me chamar de 2-
(Blend)- Ok, mas o que vocês querem comigo?-
(1)- Você sabe demais, estamos aqui para te levar ao futuro!-
(Blend)- Futuro? Como assim futuro?-
(2)- Não há tempo para explicar! Apenas venha conosco-
(Blend)- Mas como assim eu não vou com vocês eu ainda não sei o que vocês...-
Ames que eu pudesse terminar a frase o agente 2 me nocauteou. Fui para o futuro e passei o resto da minha infância e adolescência treinando para me tornar um caçador de anomalias temporais, eu fui muito feliz nesse tempo mas nunca esqueci da Wendy, como será que ela está?
--- Passado off ---
--- Presente on ---


Notas Finais


Bom é isso, espero que esteja mais claro a história dos noivos e é isso até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...