História Mabill: Vamos brincar de nos amar. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Wendy Corduroy
Tags Gravity Falls
Exibições 43
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Escolar, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente, sei que demorei um pouquinho pra postar o capitulo, mas é que eu tava ocupada esses dias arrumando a casa pro natal. Enfim ta ai o cap, espero que gostem. Bjs

OBS: esse capitulo ira falar apneas sobre Dipper e Wendy, mas é só esse mesmo.

Capítulo 5 - Vamos ver o pôr-do-sol.


Fanfic / Fanfiction Mabill: Vamos brincar de nos amar. - Capítulo 5 - Vamos ver o pôr-do-sol.

Autora: pfv leiam as notas á cima. obg

Dipper on:

Mabel saiu correndo até o quintal para terminar de comer. Suspeitei um pouco da explicação dela sobre essa madrugada, mas resolvi ignorar e aceitar, afinal a Mabel é a Mabel né.

Depois que terminei de comer resolvi ajudar o Soos na loja. Hoje a cabana não estava tão movimentada, afinal era segunda, quase ninguém aparecia nos dias de segunda.

-Ei Dipper, pendura e essas duas mascaras ali perto do Rei Macaco Crocodilo de sete patas, pra mim por favor? –eu estava distraído, mas tinha ouvido Soos e quando me virei pra ver as mascaras..

-AI MEU SANTO PUDIM DE CHOCOLATE, SOOS!!! Que porra é essa? Ai credo, parece um abacate estragado que foi estuprado e depois atropelado por um caminhão! Que nojo. –Disse  fazendo cara de nojo mesmo, aquilo era horrível. Eu provavelmente vou ter pesadelos essa noite.

-Ah, que isso cara, quanto exagero. Comprei elas por 40 pratas. –ele disse olhando paras as mascaras.

-Não é exagero são horrorosas mesmo. E cara, você tem coragem em, nem o Tivô-Stan compraria essas mascaras por 40 pratas.

-Tem razão... ele compraria por 20.

-Não, não, por 5 pratas ele compraria, -demos altas gargalhadas

-Vou pegar a escada, já volto. –disse saindo da lojinha e indo até o armário de vassouras pegar a escada. Voltei até a lojinha, me equilibrei na escada para poder colocar as mascaras do capeta onde Soos queria.

-Ta bom assim Soos? –disse colocando a primeira mascara.

-Ta um pouco torta ajeita mais p- Ele foi interrompido por causa de um chute super forte vindo da entrada da loja.

-AAAH QUE SACO!!!. Mas que inferno!! Eu já não aguento mais ficar em casa, ninguém lá sabe se comportar como gente normal e é tudo na briga e brutalidade o tempo todo! Será que algum dia eu vou ter paz nesse caralho?! –era a Wendy e ela tava super brava. Eu e Soos apenas nos olham por causa do estresse da Wendy e depois a observamos  de novo. –Mas, eai galera, beleza? O que vocês estão fazendo?  - Ela disse normalmente como se nada tivesse acontecido. Ok... aquilo foi bem estranho.

-Só estávamos colocando essas mascaras na parede. –disse Soos mostrando-as para a Wendy.

-Ai merda!! Que porra é essa Soos? –ela disse se afastando do Soos rapidamente.

-São umas mascaras que o Soos comprou por 40 pratas. –disse pendurando a segunda mascara.

-Cara acho que eu não vou dormir essa noite. E pra falar a verdade, acho que nem o Stan compraria esse troço. –eu e ela demos risadas e Soos apenas fechou a cara.

-Mas eai Wendy, o que, que ta pegando?  Porque ta tão irritada? –perguntei ainda tentando ajeitar aquelas malditas mascaras.

-Ah cara, é a minha família. Eles não conseguem ficar um segundo parados, é sempre gritando, brigando e quebrando. Não da nem pra dormir direito. –ela disse dando a volta no balcão colocando uma mochila em cima do mesmo. –Falando em dormir. Soos, me deixa dormir aqui de novo?  Pelo menos uns três dias. Não da pra ficar lá em casa. –quando ouvi isso eu quase caio da escada, mas recompus devolta

-Por mim tudo bem, depois eu vejo um lugar pra você dormir. –E depois ele apenas deu de ombros. Nessa hora eu realmente cai da escada. A-a-a W-W-W-Wendy.. do-dormir aqui? ! O-O QUE?! –Ei cara ta tudo bem? –disse Soos me olhando com preocupação e Wendy também.

-T-to bem sim...só m-me desequilibrei....- disse meio sem jeito e me levantando. Wendy ia falar algo, mas nessa hora Mabel chega na loja olhando para sua mão, parecia preocupada.. –Ei Mabel, o que foi? –ela saiu de seus pensamentos e olhou para todos.

-Ah não é nada. Eai o que vocês estão fazendo?  -disse toda animada e alegre como sempre.

-Nada de mais, Dipper pendurou essas mascaras pra mim e a Wendy vai dormir aqui porque ela está... nervosa, e depois disso o Dipper caiu da escada. –o Soos falou naquele jeito de.. Soos.

-O que?! Como é que é?! –Mabel disse me olhando de queixo caído.

-To bem Mabel- fui interrompido.

-Wendy vai dormir aqui? Serio isso? Ai que bom!!E cadê as mascaras? –olhei para ela com uma cara de “Serio? Tava pensando nisso ?”

-Isso mesmo. –respondeu a Wendy. –E as mascaras estão ali. –disse Wendy apontando para elas.

-Ai meu unicórnio branco!! Que cacete é isso? !! –disse Mabel apavorada com aquilo, mas logo colocou seu sorriso de sempre no rosto – Eai ,quem quer jogar de “Gire o porco.” ? !! Afinal não tem ninguém na loja hoje. – todos aceitamos, e Mabel foi buscar Wadlles.

Quebra de Tempo.

Cara eu to cansando pra caramba.. de que ?  De não fazer nada. Há manhã toda ficamos brincando de Gire o porco e daqui a uma hora  é o pôr-do-sol. Eu estava na loja sentando em um banco e a Wendy estava atrás do balcão fazendo nada. Soos nós mandou ficar na loja para vê se alguém aparecia. MAS NINGUEM APARECEU. Estávamos lá a horas e nada. Mabel tinha ido da um cochilo, já que não tinha conseguido dormir a noite. E Soos estava na sala dormindo com a TV ligada.

-Ai cara, que tedio. Não to mais aguentando ficar aqui dentro sem fazer nada. –disse Wendy toda entediada, apenas assenti com a cabeça e de repente  ela fez uma cara de que teve uma ideia. –Ei Dipper, vamos ver o pôr-do-sol ?  

-Mas e o Soos? – disse meio preocupado.

-Relaxa, ele nem vai perceber que saímos. Afinal, ele dorme igual uma pedra. – ela disse se levantando e pegando uma chave do bolso. – Peguei a picape do meu pai escondido. Você vem?

-Beleza, bora. –falei  seguindo-a até aonde estava estacionado o carro. Entramos nele e quando menos percebi Wendy já tinha pisado no acelerador e saindo com tudo pela estrada.

-Tem um lugar onde da pra vê o pôr-do-sol mais lindo de Gravity Falls. –ela dizia enquanto pisava mais fundo no acelerador, o que me assustava um pouco.

-Isso se chegarmos vivos lá. –falei baixinho, mas acho que ela ouviu, já que tinha começado a rir.

Quebra de tempo.

Wendy tinha estacionado no meio da estrada e disse que era melhor caminharmos para não gastar muita gasolina. O caminho era um pouco longo, ela andava na minha frente, até que ela parou. Parece que havíamos chagado no local e na hora certa. E realmente era lindo ver o pôr-do-sol ali. Ficamos admirando a paisagem por alguns minutos, até que a Wendy quebra o silencio

-Caramba, agora que eu percebi que você ficou mais alto que eu. É meio estranho. –ela deu a risada mais linda do mundo. Eu tinha percebido isso quando a vi noite passada.

-É, é mesmo. –por impulso fui me aproximando mais dela e ela de mim, quando me toquei já estava á centímetros do seu rosto. Eu estava nervoso demais e então a beijei sem pensar e ao invés dela se afastar, ela correspondeu ao beijo. Um beijo calmo e delicado. Seus lábios eram doces e quentes, perfeitos. E ficamos assim por um tempo. 

 


Notas Finais


Geeeeeeeeente!!!! Espero que tenham gostado <3
E desculpem qq erro ai. bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...