História Machine Snackers - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Exibições 138
Palavras 1.517
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


a fic foi uma ideia que tive enquanto comia doritos hihihi
assim como o doritos tava uma delicia, essa fic foi tão gostosa de escrever que era pra ser só uma oneshot, acabou saindo três capítulos ahsahus, fiquei super feliz com o resultado e espero que gostem e tenham uma boa leitura.
Com amor - Sam.

Capítulo 1 - Um dia diferente


As aulas já tinham acabado por hoje. Andava em passos largos e firmes. A única coisa que tinha que fazer era ir naquela máquina. Naquele final de tarde, as coisas iriam ser diferentes. Esbarrando-se nas pessoas que vinham a sua frente, indo ligeiramente. Cruzando o corredor olhando de relance, avistou o garoto que batia o solado do seu tênis calmamente esperando sua vez naquela multidão. Ele se aproximou devagar ao seu lado, e esperou até o pessoal a sua frente já terem ido embora. Lá estava o momento deles – silêncio.

Chanyeol gesticulou com a mão dizendo que o rapaz poderia ir primeiro. Ouvi-a o botão sendo pressionado e o seu coração batendo forte.

Tum Tum Tum

— Oi – ele disse suave.

— Oi – Baekhyun o respondeu casual.

Chanyeol encarava o vidro vendo o seu reflexo e o de Baekhyun, tendo coragem de começar uma conversa, tendo medo de ser o único a falar.

— Então... — começou ele.

— Esse é o nosso lance? – perguntou encarando Baekhyun.

“Ó céus... isso saiu meio estranho.” – pensou.            

— Hm... Eu acho que sim. – Baekhyun o encarava destemido.

— Meu nome é Chanyeol, eu faço Jornalismo no 6B! – esticou a mão, o cumprimentando.

— Eu sou Baekhyun, curso Artes no 4C – cumprimentando-o de volta.

— Ah! Foi você que organizou uma exposição ano passado em nome da faculdade, não é? – Chanyeol dizia entusiasmado.

— Sim, fui eleito ano passado para ser um dos organizadores do evento e blábláblá. Você estava lá? – o garoto perguntou.

— Na verdade... – continuou.

— Eu só dei uma olhada e parei na área da gastronomia! – soltava umas risadinhas tensas.

A única coisa que Chanyeol realmente tinha observado era como aquele garoto de cabelos pretos, andava de um lado para o outro vendo se tudo ia como planejado.

— Eu também queria ter ido dar uma olhada lá. Mas fiquei ocupado e tal. – Baekhyun exasperava com as mãos.

— Você soube da queda da Sofia do 2D no molho branco?! – o garoto ria só de lembrar da cena que foi filmada e passou um mês no topo do Chat de todas as turmas. Baekhyun gargalhava junto.

— Lógico que lembro, o vídeo chegou até aos professores. Apesar de ter sido a melhor queda ao vivo que eu já tinha visto, foi bem de cara e ela fazia umas caretas estranhas... – riam se lembrando dos detalhes do acontecido.

Ficaram rindo por uns segundos, até que param e se encaram acanhados um com o outro.

Era esquisito, era conversavam como se fossem colegas de longa data.

Chanyeol não sabia de onde tinha tirado tanto animo, só queria conversa mais um pouco com aquele “quase estranho”, queria ser amigo dele.

— Bem... É... — afagou a lateral da cabeça.

— Quer me convidar pra sair? – o garoto de óculos redondos o encarava. –

“woah, ele é tão direto!” – pensou.

— Sim! – afirmou com um sorriso super aberto, fazendo seus olhinhos virarem quase uma meia lua.

— Vamos logo! Quero fazer algo divertido. – disse o garoto pegando seu pacote e o guardou dentro da sua bolsa de lado, enquanto Chanyeol o seguia atrás.

Pela primeira vez, eles iam pelo mesmo caminho, juntos.

 

                                                                                                          �� ��

 

-— Já tem um lugar divertido em mente? – Baekhyun perguntava lambendo os dedos, se dando conta de que o salgadinho já tinha acabado.

— Que tal um karaokê? – o garoto olhava para o outro com um olhar de expectativa, enquanto o outro ainda saboreava os dedos sujos.

— Acho que é uma boa! – sorria animado com a idéia.

 

A noite estava calma, tendo o céu estrelado em cima de suas cabeças, andavam pela rua, olhando disfarçadamente um para o outro, quase às vezes se pegando no flagra. Baekhyun dava um leve sorriso toda vez que pegava Chanyeol o olhando com o canto dos olhos.

Entrando na sala, Chanyeol pediu cervejas e salgadinhos, Baekhyun se perguntava se ele o observava tão bem assim, para saber até seus sabores favoritos.

“Você o espiava pelo corredor...”.

— Quer escolher a musica primeiro? – Chanyeol se empolgava facilmente com qualquer coisa estando ao lado de Baekhyun o deixava mais animado do que o normal.

— Hm... Minha musica preferida da semana é Starboy! – o garoto toda semana tinha uma musica diferente na sua playlist de favoritos, era incrível como ele “desgastava” delas.

Cantaram á primeira. Segunda. Terceira. E assim por diante.

Eles cantavam nem se importando se estavam cansados e desafinados.

O ambiente estava alegre e descontraído. Exaustos se sentaram e começaram a beber sem parar.

— Como é a faculdade pra você? – Baekhyun o olhava com olhos cerrados, as luzes incomodavam seus pequenos olhos, tentava enxergar o garoto ao seu lado á todo custo.

— É bem complicado na verdade. Eu não sou aquele aluno inteligente que todos querem. Mas eu me esforço... Sempre tento ter notas boas, ser um bom aluno e filho. – pausou, ajeitando seus óculos que insistiam em decair. Meu pai queria que eu fizesse outro curso, mas eu insistir para entrar em jornalismo. Ele ficou meio contra no inicio, mas depois ele aceitou. Agora eu dou o melhor de mim, quero mostrar a ele que eu posso conseguir os meus objetivos. – continuou o menino de orelhas grandes meio embaraçado, olhando para o piso a sua frente.

— Entendo como se sentiu... – Baekhyun falava sereno.

— Meus pais não queriam que eu entrasse em artes. Diziam que era algo sem sentido pra eles, já que eu poderia seguir qualquer carreira que eu quisesse, ou qual eles achassem melhor. – deixando sua bebida no chão e cruzando as pernas, continuou.

— Meu pai é um ceo de uma empresa bem-sucedida e minha mãe é arquiteta. Eles queriam que eu fosse uma espécie de replica de um deles.

Baekhyun suspira.

— Eles ficaram furiosos quando eu disse que não queria ser nada daquilo. Que não tinha tanta ambição de sucesso como eles, ou de ser alguém que eu não sou. – o garoto de franja repicada olha para Chanyeol dando um sorriso recolhido.

— Devemos ser o que nascemos para ser... Ou alguma coisa desse tipo. – Baekhyun sorria mostrando todos os seus belos dentes, enquanto o jovem ao seu lado ria dele e dizendo que devia parar com a bebida.

Juntando todo o animo que os dois estavam Chanyeol tomou iniciativa, começando a fazer perguntas e desabafar sobre a vida, amigos, loucuras e comida. A conversa morria aos poucos até que só o que se ouvia era a musica e o CRACKER! Dos salgadinhos sendo mastigados pelos os dois.

— Qual é o seu favorito? – Chanyeol perguntou referindo-se ao salgadinho.

Baekhyun pensava e indagava sobre qual seria o melhor que tinha provado ao longo de sua vida.

— Hm... Não tenho certeza, mas... – continuou

— Eu sempre gostei dos mais apimentados. – respondeu tendo certeza..

“Não tão apimentados” Pensou.

— Qual é o seu preferido? – perguntou.

— Queijo e cebola – respondeu sem pensar.

 

Totalmente relaxado e bêbado, Baekhyun começou a puxar assunto.

— Devia ter me chamado pra sair á muito tempo atrás! – o garoto fazia um bico, fingindo ficar chateado com o outro.

Chanyeol já se sentia leve como uma borboleta deixando as palavras voarem.

— Você me deixa nervoso e tímido, não sabia como falar com você ou agir. Eu simplesmente só conseguia ficar vendo seu reflexo pelo o vidro da maquina de salgadinhos. Eu queria ter falado com você desde a primeira vez que eu te vi. — Chanyeol falava se envergonhando de não ter feito amizade com aquele baixinho antes.

— Tá tudo bem, não se culpe. Eu sei que eu sou maravilhoso a ponto de deixar você sem jeito. – ele gargalhava enquanto se lembrava do garoto derrubando moedas, às vezes tropeçando e saindo envergonhado.

— Eu gosto de te observar...  Você é bem desastrado quando fica nervoso, quando eu te flagrava olhando pra mim, suas orelhas chegavam a ficar vermelhas, como agora! – Baekhyun caçoava enchendo a boca de salgadinhos.

— Hahaha, muito engraçado, quando você fica ansioso ou sem jeito fica batendo os pés e você sempre olhava de volta. – Chanyeol era um bom observador também.

Os dois continuaram se alfinetando, conversa vai e vem, acabaram as cervejas e salgadinhos. Baekhyun já estava bêbado sentado de mau jeito e cantando a música que Chanyeol insistia em repetir, visto que não conseguia alcançar a nota final.

O mais alto estava em pé cantando desafinado e às vezes soluçando no meio da canção. Baekhyun gargalha a cada soluço que ele dava. Depois de termina pela sexta vez a mesma musica, ele foi se sentar, dando tapinhas no ombro do mais baixo, o chamando á atenção.

— Ei... – soluço – V-Você não me acha chato, né? – Chanyeol o encarava.

— Não, você é a pessoa mais legal e divertida que eu já conheci. – o garoto ao seu lado sorria suave o olhando com a mesma intensidade.

As luzes e o som não eram mais sentidos, seus olhos só enxergavam Chanyeol a sua frente, a forma como sorria e sua cabeça escorada para o lado com os olhos fechados. Baekhyun se deixou levar, a adrenalina correndo pelo o seu corpo e o fazendo se inclinar para bem perto do rosto do mais alto.

— Seus lábios são bem bonitos, Chanyeol. – se aproximava cada vez mais.

— Eu gosto da forma como está me olhando, Baekhyun. – Chanyeol solevanta quebrando a distancia entre os dois e sela seus lábios aos de Baekhyun.


Notas Finais


HEHEHE espero que tenham gostado.
esse baekhyun levadinho ADORO!
Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...