História Madness - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kendall Jenner, One Direction
Personagens Kendall Jenner, Niall Horan
Exibições 19
Palavras 1.845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


:)

Capítulo 5 - Talk Me Down


Fanfic / Fanfiction Madness - Capítulo 5 - Talk Me Down

 Seus olhos se abriam devagar e eu podia ver ela se acostumar com a claridade. Eu poderia ter cuidado dela quando podia, eu poderia ter a tratado melhor antes de machuca-lá afinal, ela nunca me deixou no chão como eu a deixei. Ela abriu completamente seus olhos e me olhou suspirando e abrindo um meio sorriso cansado e doloroso:
- Kendall?....

     Bella Graham 9:30 Am 

Meus olhos se abriam devagar, meus músculos estavam tudo bem até eu perceber que eu só conseguia mexer a ponta de meus dedos e mais nada, fechei meus olhos novamente e suspirei, eu não conseguia me mexer e Kendall continuou me olhando impaciente:
- Por que você está aqui Kendall?
- Bella...eu, eu não sei o que dizer...
- Não diga nada... volte para casa e vá dormir!

Eu podia ver nitidamente seus olhos inchados, eu sabia que ela havia chorado por um longo tempo. Eu suspirei tentando me mexer novamente quando o médico entrou no quarto observando Kendall e me olhou, ele suspirou e se escorou perto de minha cama ignorando a presença de Kendall. Ele abriu sua boca e disse calmo e leve:
- Graham, eu e seu irmão fizemos os exames, creio que não esteja pronta para lidar com isso, mas...você vai ficar paralisada...
- O que? Mas a bala acertou apenas meu peito! 
- Eu sei. Mas o impacto foi forte o suficiente para causar danos cerebrais, eu não sei por quanto tempo, dias, semanas, horas ou até mesmo minutos! É um espaço tempo da vida, você...seu irmão de providenciou uma cadeira de rodas elétrica! 

- Mas como...como ela vai me ajudar com o caso? 

Kendall interrompeu, se ninguém havia percebido até agora ela apenas se importava com encontrar o assassino e esquecer tudo. Fechei meus olhos sentindo o médico sair do quarto e olhar de Kendall queimar sobre mim. Suspirei mais um vez e meu irmão entrou de supetão no quarto. Com ele havia uma cadeira elétrica mediana, preta e de couro reforçado. Os equipamentos Ainda grudados em meu corpo enquanto Niall sorria triste enquanto olhava Kendall. Niall sorriu e sentou-se ao meu lado, ele travou os maxilares pensando, então disse:
- Você vai mesmo continuar o caso antes de se recuperar? 
- Eu preciso...

Disse enquanto engolia o caroço invisível na minha garganta. Kendall se fingia invisível nesse exato momento.

- Isso não é bom para você...
- As coisas nunca são boas quando queremos, mas sim precisas! 
- Vamos precisar de alguém para cuidar de você...não pode ficar sozinha nesse estado Bella!

Kendall saiu de onde estava encostada e me olhou e logo olhou para Niall com um olhar nervoso e desesperado. Ela sorriu de canto onde podia ver seus dentes brancos e certos, e disse em um tom confiante:

- Eu posso cuidar de Bella!

 

          Kendall Jenner 

- Eu posso cuidar de Bella!


                               4:56 Pm 
Droga Kendall! Onde você estava com a cabeça? Porém ela salvou sua vida... 
subi a cadeira de Bella pelos três degraus de sua casa, a expressão de Bella era tediosa. Sua expressão emburrada e chateada comigo... era como se eu fosse culpada, mas eu realmente sou culpada por isso...
Eu abri sua porta da sala e soltei um "berro" quando três cachorros pularam em cima dela, a expressão dela era cansada e logo disse um "shhh" aos animais e me olhou revirando seus olhos claros:
- Você se importa de observá-los ao lado de fora enquanto andam pelo quintal? Não sei se você gosta de animais mas a ração fica na garagem e...

Eu a cortei olhando sua expressão cansada:

- Não me importo, eu gosto de animais! 
- Tudo bem... dez conchas de ração em cada vasilha, e por favor verifique se a água não está engordurada, eles são minha família...

Eu a deixei em frente à TV enquanto fazia o que ela pedia, eu realmente não queria estar fazendo isso, mas eu me propus, afinal eu que a machuquei...ou fiz se machucar!
Os cachorros eram extremamente educados para simples animais, eles sabia esperar a hora da refeição e não atacavam enquanto eu os colocava a comida, eles esperavam eu terminar de colocar. Eu os observei comer e andar pelo quintal e logo depois os prendi na garagem novamente. 
Andei para dentro da casa novamente e então vi Bella me olhando, ela mexia um pouco melhor suas mãos, ela desviou o olhar triste que segurava em seus olhos. Ela Ainda deve pensar que vou a tratar mal... eu sentei ao seu lado e ela abaixou o volume da TV, ela se virou na cadeira para me olhar e suspirou movendo a cadeira para trás e tentando sair, porém eu a segurei e não deixei ela ir...
Ela se virou com a expressão irritada e mordeu os lábios sem dizer uma palavra mas eu sabia que ela estava magoada, então seus lábios se juntaram e sussurraram:

- Por que...?
- O que?
- Por que você está cuidando de mim Jenner? Só pelo simples fato de você ter quase me aleijado? 
- Bella...
- Não, vá para casa! Eu consigo me virar sozinha... você mesma disse que não precisava de mim e de nada que vinha de mim! Não tenha dó de mim Kendall! 

Ela se estressou e saiu em direção ao quarto, três minutos exatos se passaram e eu não havia me movido do lugar quando um sussurro veio devagar do quarto dizendo:

- Kendall...você ainda está aí?!

Eu sorri de orelha a orelha indo até o quarto para ver a dos olhos claros com a cadeira presa no pé de sua cama, ri baixo tirando a mesma da situação onde se encontrava e ela me olhou. Eu finalmente fiz algo que eu nunca havia feito a mesma, eu abri um sorriso mostrando meus pares de dentes por completo...


        Bella Graham 

Ela sorriu, o sorriso dela era impecável! O que valia a cara fechada dela, um sorriso destruía tudo aquilo... ela me tirou de onde estava presa então me ajudou a chegar até meu armário. Seu rosto se refletia metade a metade no espelho abrindo a porta para mim, eu corei um pouco quando ela me ajudou a remover minhas roupas e me trocar... mas suas mãos eram finas e delicadas comigo.... Meu pijama se encaixava em meu corpo perfeitamente, meu rosto cansado estava melhor e mais relaxado. A garota me fitava novamente e me perguntou:
- Você já quer ir para cama?
- Kendall...você se importa de pegar uma toalha no banheiro para mim?
- Toalha?
- Um dia você vai entender....

Ela se direcionou até o banheiro e eu fechei meus olhos. Ela voltou e se sentou em meu colo, ela estava de roupão e seu rosto mais nítido a cada parte do que nunca, eu sorri vendo o quão bonito era os detalhes bem feitos da natureza de seu rosto...
Passei minha mão pela sua bochecha acariciando enquanto a outra se repousava pela curvatura de sua cintura então eu abri meus olhos rapidamente sentindo uma gota de suor escorrendo pelo meu rosto:
- Bella?
- Desculpe...
- Certo, essa?
- Qualquer uma Kendall, obrigada...

Olhava a toalha azul bebe rendada enquanto a garota alta afirmava com a cabeça me ajudando a deitar na cama, provavelmente me carregando. Então eu suspirei e ela ,e olhou indo até a porta e perguntando:
- Está tudo bem?
- Certo..
- Eu vou para casa...
- Não... olha as horas Kendall! 
- Eu sei. Mas eu preciso ir..
- Fique!
- Bella...
- E certo, você cuidou de mim, e eu não quero que saia de madrugada sozinha...

Kendall pensou e de se decidiu ficar.  Ela me olhava analisando o que estava pensando, mal. Mal sabia ela que meus sentimentos e pensamentos estavam se voltando a ela aquela noite... ela me olhou e disse calma:
- O que pensa?
- Trabalho...
- Parece mais concentrada do que isso....
- Às vezes!

Merda, eu lembrei que não poderia realmente arrumar o quarto de hóspedes para mesma. Eu a olhei e ela me olhou de volta fazendo minhas bochechas corarem em um tom forte:

- Kendall, com todo respeito eu sei que isso soa muito estranho...mas eu não tenho capacidades de arrumar o quarto de hóspedes e de jeito nenhum quero que saia sonzinho da de madruga....você....

Me engasguei um pouco para dizer é ela continuou a me olhar atenciosamente:

- Você?....
- Você pode dormir comigo? Me desculpe eu não sei....como dizer em parecer ter um duplo sentido e....

      Kendall Jenner 

Eu abri um freixo de sorriso quando ela disse aquelas pequenas palavras para mim, eu queria me entregar de cara mas eu não podia. Eu tinha que ser mais forte que minha carência... eu a olhei vendo suas bochechas vermelhas e seu jeito sem graça e com zero por cento de malícia na voz. Bella Graham é uma das pessoas mais educadas que se pode conhecer em sua vida... Eu ri vendo seu nervoso e então disse olhando a mesma:
- Está tudo bem... eu posso sim, não me sinto incomodada!
- Certo..

Suas bochechas vermelhas, ela me disse para que fique a vontade, tirei minha blusa ficando apenas de top. Logo depois tirei meus sapatos delicadamente me deixando apenas de calça, meias e um "sutiã" básico. Eu sentia seu olhar sobre meu corpo devagar e eu apenas corei com isso sentindo a mesma corar também é desviar o olhar....
Me deitei ao seu lado e ela apagou a luz com seu braço que já estava "funcionando".  Fechei meus olhos de costas para a garota que me pediu uma toalha mais cedo, então adormeci.

          3:45 am 

Acordei, a respiração do meu lado estava forte é chocante como se alguém estivesse tendo uma convulsão. A cama estava úmida e então eu estive a visão nítida de tudo. Bella tinha a toalha sobre seu pescoço e seu rosto soava enquanto a expressão era de dor, claro, ela estava em um transe e sonho... mas eu não poderia deixar de escutar o que ela sussurrava. Era algo como " não faça isso, vá embora e deixe ela em paz". 
Eu não entendi no começo mas as coisas estavam ficando piores. Coloquei minhas mãos sobre o rosto da menina junto a toalha. Ajoelhei corretamente na cama dizendo calmamente seu nome enquanto as coisas ia. Parando devagar... ela abriu seus olhos e me olhou. 
Seu rosto expressava uma certa vergonha, eu realmente não sabia como lidar com aquilo. Só fiz uma expressão de dúvida é ela pegou devagar a toalha limpando seu rosto com certa dificuldade enquanto eu disse:
- Vou buscar gelo..
- Não, não precisa Kend...

Parei de ouvir sua voz quando cheguei na cozinha colocando o gelo em um pequeno pano e levando para o quarto, coloquei-o sobre sua nuca e logo depois comecei a acalmar a garota que estava em transe... demoramos quase uma hora para se entender, porém Bella não quis me contar com que havia sonhado. Me deitei novamente e então dormi profundamente assim como a garota que envolveu suas mãos na minha cintura enquanto dormia...

 


Notas Finais


Aí que, meu sono tá atrasado uma semana mas eu nao quis deixar de postar o capítulo. Espero que compreendam que esse final de ano a escola me mata, porém nem tanto mais...igual a semana passada! Mas espero que tenham gostado, porque está dando trabalho escrever e desenvolver tudo isso sozinha! Obrigado por ler uma boa madrugada, tarde ou dia para vocês...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...