História .madness of miss - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Seulgi
Tags Harem, Irene, Red Velvet, Seulgi, Seulrene, Vocaloid, Yuri
Visualizações 21
Palavras 273
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Harem, Musical (Songfic), Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi! Tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo! Hey, se estiverem lendo isso agora, tomem cuidado, não fiquem forçando suas vistas assim, vão descansar, deixem para ler mais tarde!

Bom, quem conhece Vocaloid vai saber do que se trata a fanfic. Quem não souber recomendo ver o clipe de Madness of Duke Venomania do Gakupo do Vocaloid ou se preferirem a versão Yuri tem também da Luka que é Madness of Miss Venomania.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Hoje mais uma vez, uma esbelta e harmoniosa mulher veio me visitar

Ela tem um belo sorriso, será minha nova amante

Um contrato proibido, o diabo deu-me este poder

Todas as mulheres que me olham se apaixonam perdidamente

Com o poder de atrair todas as mulheres, conduzia todas que me deleitavam 

Eu criei meu próprio harém

O sabor do libido que escondeu o veneno o prazer da lâmina que corta

O sangue e o suor que se misturam depois de um tempo se tornam gotas púrpuras

Agora que tiramos nossas roupas, não podemos retornar à realidade

Queimei todos os meus retratos antigos, abandonei o meu eu do passado

Quero esquecer aquela face de que todos riam

Abraço a bela garota e dou-lhe um beijo

Ela era uma amiga de infância que me desprezou no passado

Com o tempo todas as mulheres do país pequeno em que eu vivia, uma a uma foram sumindo, sem deixar rastros

O libido se tornou infinito. Era um prazer incomensurável, sem parar

Dedicando a vida às fantasias e luxúria, eu deixei de ser humana

Fazer depravações em desafio à Deus, essa é a noite de loucuras que eu desejei

Venha, dance comigo, seja mais uma do meu harém

Ao se aproximar, eu a abracei e com seu sorriso eu senti uma dor imensa, e do meu peito jorrou sangue

Atingida pela lâmina envenenada, desabei na hora, indo de encontro ao chão frio

Sangue e suor se misturaram

Meu feitiço foi quebrado, todas as mulheres recuperaram a razão e saíram da mansão

A última que recuperou a razão, antes de sair olhou apenas por um segundo para mim

Era minha amiga de infância, por favor, espere!

Eu ainda não disse que eu te amo, Irene.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, a.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...