História Madness Of Miss Venomania - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100
Personagens Clarke Griffin, Lexa
Tags Clexa
Visualizações 83
Palavras 650
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Mistério, Orange, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único


† Madness Of Miss Venomania †

 

Eu me olhei no espelho novamente, fazia aquilo todos os dias, buscando me entender... Compreender de como eu havia me tornado um completo fracasso.

Minhas mãos estavam grudadas no espelho, assim como minha testa... Meus dentes trincavam de raiva, eu olhei meu reflexo no espelho, e por um momento me assustei, ele refletia uma imagem distorcida de mim, um caráter totalmente oposto, e naquele dia... Aquele monstro passou a habitar meu corpo.

 

( ... )

 

  Hoje, mais uma vez, uma bela mulher veio me visitar...

- Você tem um belo sorriso... Será minha nova esposa.

( ... )

 

Um contrato proibido, o diabo deu-me este poder... Todas as mulheres que me olham se apaixonam perdidamente.

 

A mulher costumava andar diariamente pela cidade, espalhando por todos os lugares as pétalas do pecado, deixando em cada canto atraindo a inocência de cada mulher, era um lírio.

O que é uma ironia... Já que o lírio para algumas pessoas significa ‘’ Castidade ‘’

Apesar de desconhecida... Seu nome era Alexandra Woods, mais conhecida como a duquesa solitária.

( ... )

Com o poder de atrair todas as mulheres

A mulher que morava sozinha em sua mansão trazia todas as garotas que a agradavam... E assim ela criou o seu harém. 

 

( ...)

 

Meu corpo estava completamente suado, eu ofegava controlando a minha respiração, minha saliva se misturando a da garota a minha frente... Ela se chamava Raven, ou era Echo...? Eu não me lembro de seu nome...

 

( ... )

 ‘’ O sabor do libido que escondeu o veneno o prazer da lâmina que corta...
O sangue e o suor que se misturam depois de um tempo se tornam gotas púrpuras...
Agora que tiramos nossas roupas, não podemos retornar à realidade. ‘’

( ... )

Quemei todos os meus retratos antigos, abandonei o meu eu do passado... Aquela pequena garotinha patética que eu era...

Quero esquecer aquela face de que todos riam...
Abraço a bela garota e dou-lhe um beijo...
Ela era Clarke... Uma amiga de infância que me desprezou no passado... E eu sempre fui apaixonada por ela.

( ... )

Com o tempo todas as mulheres do país, uma a uma foram sumindo, sem deixar rastros...
Algumas eram esposas, outras eram filhas...
Já não se sabia mais o que fazer...!

 

( ... )

 

O libido se tornou a cor das trevas. Era um prazer infinito sem parar...

Dedicando a minha vida às fantasias, eu deixei de ser humana
Fazer depravações em desafio à Deus,essa é a noite de loucuras que eu desejei!

 

...

 

Hoje,mais uma vez,uma bela mulher veio me visitar...

 

-Venha,dance comigo, seja mais uma do meu harém!
 

Ao se aproximar, eu a abracei e com seu sorriso...
Eu senti uma dor imensa, e do meu peito jorrou sangue...

 

Eu a olhei colocando minha mão sob meu peito ajoelhada no chão...

 

( ... )

 

Um homem que estava procurando por seu amor...
Descobriu que ela estava na casa do demônio
E vestiu-se de mulher para aproximar-se do diabo
Então apunhalou-a no peito com uma lâmina.

 

( ... )

 

Atingido pela lâmina envenenada,eu caí na hora...

Sangue e suor se misturaram
Tornando-se gotas púrpuras depois de um tempo.

 

O meu feitiço foi quebrado,todas as mulheres recuperaram a razão e saíram da mansão... A última que recuperou a razão, antes de sair olhou apenas por um segundo para mim...
Era minha amiga de infância, por favor, espere!

Eu ainda não disse que eu te amo...

 

( ... )

 

Acordei com alguém acariciando meus cabelos... eu olhei para cima e era Clarke... Ouvi a música ecoando pela minha cabeça e tirei os fones de ouvido... Eles estavam tocando uma melodia bem psicodélica... Eu olhei novamente para Clarke que sorriu... Eu comecei a chorar... Ela perguntava o que tinha acontecida e eu apenas a abraçava e a beijava.

 

Ainda bem que toda aquela loucura foi apenas um sonho...

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...