História Mado Kara - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Azura, Base, Drama, Militar, Tamura
Visualizações 10
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Planejamento de fuga.


Fanfic / Fanfiction Mado Kara - Capítulo 6 - Planejamento de fuga.

Alguns dias se passaram naquela base. Com a rotina dos irmãos, como: acordar, trabalhar, comer e entre outras funções da base. Mas certo dia,  Azura estava impaciente e sugere um plano arriscado.

—E aqui estamos mais um dia nesse trabalho, com esse sol nos matando. Disse Azura reclamando.
Tamura apenas escutava o irmão mais velho a reclamar.
—Será que um dia vou vencer na vida? Disse Azura.
—Eu acho que não, irmão. Respondeu Tamura.
—Tem razão, você é realista. Disse Azura.
Enquanto mineravam no local, Azura estressado começa a aumentar sua força na picareta.
Vamos Tamura, temos que acabar com isso logo! レ(◣_◢#)ヘ Disse Azura.
*Quem dera se tivesse um tempo limite, antes de tocar o alarme* (ఠ్ఠ ˓̭ ఠ్ఠ) Pensou Tamura infeliz.
Enquanto Azura trabalhava, uma das rochas que ele bateu com muito impacto, uma pedra vai em direção à sua face.
— . . . Merda. Disse Azura cansado do momento.
Nesse instante, Tamura tenta segurar a risada. 
*Não ria Tamura, isso vai ser tão errado* (ಠuಠ) Pensou Tamura segurando a risada. 
—O que está olhando!? Perguntou Azura irritado.
—Nada, agora vamos continuar. Respondeu Tamura mudando de assunto.
Enquanto trabalhavam, tocou o sinal de encerramento.
—Ah, obrigado Deus Hashire! Disse Azura cansado.
—Finalmente! Disse Tamura olhando pro sol se pôr.  
—Hey! Vamos correndo pro refeitório, antes que os outros acabam com a comida! Disse Tamura ao Azura.
—Certo. Confirmou Azura.

Extra: Cardápio do dia.
              Pão com tomate!

Depois dos irmãos pegarem o alimento, resolvem ir para os seus quartos.
—Pelo menos eles colocarão algo melhor pra comer. Disse Tamura.
—Acho que isso da pro gasto. θ\(;¬_¬) Disse Azura para Tamura.
Enquanto os dois se alimentavam, Azura decide falar do plano para o Tamura.
—Tamura, vou ser direto.. temos que fugir daqui. Disse Azura.
—Como assim!? Percebeu como são os portões? Ninguém até hoje conseguiu escapar! ୧(๑•̀ᗝ•́)૭ Disse Tamura assustado.
—Entendo.. mas primeiro me escute, eu tenho um plano. Disse Azura.
—Certo. Respondeu Tamura.

- Plano de fuga, por Azura-
— 1. Logo após o trabalho, devemos seguir o corredor onde fica a cozinha. Mas dessa vez seguiremos em frente.
2. Vai ter uma sala que conduz energia para toda a base dentro.

3. Desligamos essa máquina e corremos para a segunda entrada dessa base, de onde viemos.
4. Vai ter as torres de vigia dos lados, provavelmente alguns militares irão ficar em alerta.
5. Entramos em um carro dos militares que vai sair e ficamos escondidos nele.
6. O carro tem um tipo de cobertor para esconder os armamentos, escondemos abaixo dele. Caso uma das torres iluminar o carro.

—Fazendo isso, pode dar certo. Explicou Azura ao Tamura.
—Okay.. mas ainda me sinto inseguro com esse plano. Disse Tamura com medo.
—Eu sei.. mas temos que tentar, lembra? Perguntou Azura.
—Certo! Confirmou Tamura.
—Iniciaremos esse plano depois do trabalho, fique preparado. Disse Azura.

Depois dos irmãos falarem sobre algo paralelo, a militar Rai passa por perto.
—Ora,Ora.. o que os dois fazem acordado ainda? Se o Sana ficar sabendo disso, nem imagem. Perguntou Rai.
*Ela estava ai quando tempo!?* ( ゚Д゚) Pensou Tamura chocado.
*Fodeu* (,,#゚Д゚) Pensou Azura sem esperança.
—Boa noite, Rai.. por acaso escutou algo? ლ(ಠ_ಠლ) Perguntou Azura suando frio.
—Ah, sim! Respondeu Rai felizmente.
*‎Agora nunca mais escaparemos* ‎(ಥ益ಥ) (ಥ_ಥ) Pensou ambos os irmãos.
—Sobre a conversa da comida, certo? Perguntou Rai.
*Como Deus Hashire ser bom!* ಥ⌣ಥ Pensaram milagrosamente os dois.
—Sim! Sabe.. desculpe falar isso, mas podiam melhorar um pouco no cardápio do dia. Disse Tamura.
—Entendo como se sentem, mas eu não posso fazer nada garotos. Nossa cozinheira Suemy faz uma comida boa para nós militares! Disse Rai.
—Acho que ela foi um pouco irônica, irmão. (▼_▼╬) Cochichou Tamura para o Azura.
—Fique quieto, Tamura. Respondeu baixo o Azura.
—Suemy? Ser um tipo de cozinheira oficial dos militares? Perguntou Azura para a Rai.
—Podemos dizer que sim, hehe! Respondeu Rai felizmente.
—Entendo. Disse Azura.
—Bom agora tenho que ir, durmam bem os dois! Disse Rai feliz como sempre para os dois.
—Obrigado! Respondeu Tamura.
Depois da conversa paralela com a militar Rai, voltaram para as suas camas.
—Bom.. acho que ser apenas isso que posso dizer do plano, Tamura. Disse Azura para o Tamura.
—Certo.. acho que devemos dormir agora, temos que trabalhar duro amanhã novamente. Disse Tamura.
—Sim, boa noite. Desejou boa noite o Azura.
—Boa noite! Respondeu Tamura um pouco feliz.
*Agora apenas aguardar pra ver o que Deus Hashire vai aguardar para nós, amanhã..* Pensou Azura preocupado. 

(Final do capítulo)


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...