História Mãe Aos 17 Anos ~ Livro 2 ~ - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mãe Aos 17!
Exibições 77
Palavras 536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 18 - 18


P.O.V. Gui.

Vivi- ai , meu Deus! Aqui ta com muita muriçoca!!

Gui- tem aquelas raquetes de choque aqui?

Lucas- tem, deixa eu ir pegar.

Clara- sabe o que foi isso? O Lucas que deixou tudo aberto! Não se deixa nada aberto  aqui não!

Lucas- eu? Jamais!

Clara - você  mesmo! 

Ele entregou a raquete pra Vitória que começou a caçar as muriçocas.

Vivi- ah rapariga! Fugiu!! Volta aqui, safada!!

Nós rimos dela.

Gui- para com isso menina! Te regenera!

Vivi- isso não ta dando choque!

Ela deu um tapa na raquete que estalou.

Gui- tu é doida é?

Vivi- não da choque, bate!

Ela veio pra cima de mim.

Gui- eu não! Sai de mim!

Clara- cadê, deixa eu ver essa galinhagem ai!

Ela chegou na raquete e deu um tapa que nem Vitória, duas doidas!!

Vivi- da choque?

Clara- não.

Lucas- vem cá.

Ele fez o mesmo e também disse que não dava.

Vivi- agira só falta tu, Guilherme, para de ser frouxo!

Gui- eu que não vou brincar com choque!

Vivi- MARI!!!

Ela saiu do quarto e foi até Vitória.

Mari- oi, mamãe!

Vivi- bate aqui, mas é só uma tapinha, sem deixar a mão.

Ela bateu e riu.

Mari- legal!

Ela bateu de novo.

Vivi- ta vendi, Gui? Até ela fez e tu não! Uma menina de 1 ano fez e tu com 18 anos nesse rabo não fez!

Gui- é porque ela é tua filha ai ela puxou a tua loucura! Eu que não vou fazer isso!

Vivi- vai! Para de ser mole!

Gui- se isso der choque eu juro que te dou um pior!

Bati na raquete com medo e glória a Deus que não deu choque.

Vivi- morreu?

Gui- não.

Mari- papai, vem brincar com a gente!

Ela me puxou até o quarto.

Henrique- oi, titio!

Gui- oi. - Falei olhando mortalmente pra ele. - só quero saber de você encostando nela!

Henrique- papai!!!

Lucas entrou no quarto e me puxou ora fora.

Lucas- para de fazer medo ao meu filho!

Mari- solta ele!

Ela deu um tapa no Lucas, me puxou de volta e eu fiz aquela cara de HA perdeu!! Pra Lucas.

Gui- valeu, princesa!

Cochichei.

Mari- de nada.

Ela cochichou de volta, ta pensando o que aqui é parceria! Eu protejo ela e ela me protege!

Henrique- o senhor vai me batê?

Gui- não, fuca logo com ela vai! Já sei que vocês fizeram merda, tô com ódio disso, mas neh! Fazer o que? Posso matar? Não, eu não posso! Por que? Porque é o meu sobrinho! Mas que eu tô com vontade tô!

Mari olhou pra mim e sorriu sapeca.

Gui- tira esse sorriso!

Henrique- discupla, titio! Só foi isso. - Ele fez um biquinho em cada mão e encostou uma na outra. - só.

Eu ri da forma que ele fez.

Gui- ta desculpado. Se tu fizer raiva a ela, prepare-se que coisa boa não vai vir pro seu lado não! E não sou eu quem viu fazer, vai ser ela mesma!

Henrique- vish!

Vivi- qual o motivo do vish?

Gui- tu ficou acobertando a safadeza dos dois neh??

Ela riu e pegou a Mari no colo.

Vivi- que safadeza? Foi só um selinho!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...