História Mãe, eu só vou dormir na minha amiga - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigas, Bissexual, Lesbian, Nude
Exibições 69
Palavras 890
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


primeira vez que escrevo algo sobre duas garotas... ainda não tenho experiência com isso! Foi bem pequeno só para me testar, mas espero que gostem <3

Capítulo 1 - Capítulo Único - Apenas amigas


             Eu não quero apresentar as duas personagens logo de cara. Vou deixar que vocês a conheçam melhor ao decorrer da história, afinal não tem como conhecer uma pessoa – nesse caso, duas – a partir de meras descrições.

            Para começo de conversa, é necessário apenas imaginar o cenário. Duas amigas num quarto. Uma deitada numa cama de solteiro e a outra varrendo o chão, mas cada qual com um celular na mão conversando com o seu respectivo rolo da vez (não que isso impeça de ter outros ao mesmo tempo). Sendo que a conversa de uma delas esquentara mais, e o menino pedira uma foto. Até então ele não sabia que Esmeralda estava acompanhada.

            A menina se arrumara na cama, tirara a blusa e mandara uma foto do pescoço para baixo. Seu sutiã era vermelho e de renda. A calcinha era da mesma cor, mas ainda estava sob o short jeans. Contudo, no fundo da foto, saíra Flor com a vassoura na mão. A essa altura ela já estava de quatro esfregando uma sujeira que não queria sair da cerâmica, então não aparecera na segunda foto que Esmeralda mandara, mas mesmo assim, Dennys perguntara quem era a garota no fundo.

            “É uma amiga que vai dormir aqui, Esmeralda digitara. E ele respondeu com um “posso vê-la melhor? ”. Então ela tirou uma foto da amiga ainda de quatro e mostrou para ela antes de enviar.

            – Ah, mulher. Se é pra fazer, faz direito.

            Flor levantara um pouco a saia e voltara a ficar de quatro, para que Esmeralda tirasse uma nova foto. Ela tinha uma bunda grande e bem redonda que estava excepcionalmente sexy empinada no chão daquele jeito. Depois ela se levantara para pegar algo numa prateleira e Esmeralda tirara outra foto debaixo da saia de Flor. Ambas estavam gargalhando ao enviar. Eram amigas há pouco tempo, mas possuíam personalidades bem semelhantes.

            O menino amou as fotos que recebeu e perguntou se seria demais pedir uma foto das duas juntas. Elas estavam tão animadas quanto ele provavelmente estava. Ficaram nuas da cintura para cima, os seios colados, e tiraram outra foto do pescoço para baixo. Elas estavam se acariciando e mandaram um áudio para o rapaz que estava enlouquecido. “Amigo, tu tá aí, mas eu que tô passando a mão no corpo da tua mulher”. Ele mandara uma mensagem dizendo “pode passar a mão mesmo, passa por mim, aperta o peito dela bem forte”. Em seguida se deitaram na cama, uma ao lado da outra, e Esmeralda tirou uma foto apenas dos seios delas.

            – Eu tenho certeza que esse teu boy já está batendo uma punheta enlouquecidamente.

            – Eu também acho.

            Nenhuma das duas vestira a roupa de volta, mas Esmeralda parecia ser a única a notar. Ela não estava incomodada. Na realidade, ela estava olhando disfarçadamente para os seios da amiga mais do que deveria. Flor, por outro lado, estava conversando em algum grupo no Whatssap, com a mão livre percorrendo a coxa da amiga. Disse que o menino com quem estava conversando precisou ir à padaria.

            Elas estavam próximas demais. Estavam nuas na mesma cama, mandando fotos para um garoto bater punheta. Dennys respondia às mensagens na velocidade da luz. Estava desesperado por um orgasmo e as meninas estavam realmente ajudando. Mas ao mandar outra foto – Esmeralda chupando o mamilo esquerdo de Flor – elas pararam um pouco de se concentrar no celular, porque Esmeralda estava demorando tempo demais.

Já havia tirado a foto e, mesmo assim, continuava com a boca nos seios da melhor amiga. Sua mão percorria o mamilo direito e ela parecia muito satisfeita com o que estava fazendo, embora nunca tivesse chupado seios antes. Ela descera a mão pela cintura de Flor e a apertara, puxando para si.

– Amiga? – Chamara Flor.

– Hmm...?

– Isso ainda é pro Dennys?

– Hm... O quê? – Esmeralda se afastara um pouco.

– Eu não tô reclamando não, mas é que... eu achei que a gente só estava fazendo isso para atiçar seu amigo.

– Mas é só isso.

– Então... por que você continuou me chupando?

Esmeralda, para ser honesta não tinha realmente se dado conta disso. Dennys já havia respondido e ela nem sequer notara. Estava realmente concentrada no corpo da amiga.

– Desculpe.

– Ei... tava bom. Muito bom, mas eu não sabia que você era bi.

– Eu não sou. Quer dizer... eu acho que não.

– Tudo bem. Não vem ao caso.

Esmeralda se sentara na cama e voltara a mexer no celular.

– Minha vez, agora? – Perguntara Flor, mas a amiga estava distraída. – Chupar você.

A diferença é que Flor era assumidamente bissexual, e não queria chupar apenas os seios de Esmeralda. Ela deitara a amiga na cama e puxara o seu short e, depois, a calcinha. Começara a massagear o clitóris e depois colocou a língua. Começara a chupar Esmeralda e, por saber que a amiga é masoquista, esticou o braço e lhe dera um tapa bem forte no rosto. E depois outro. Atrás de Flor, na parede, tinha um espelho pelo qual Esmeralda conseguia ver a bunda empinada da amiga e a imagem a deixara completamente molhada. Mais do que o próprio oral.

O seu celular vibrava incansavelmente até que ela ligou para Dennys e disse “graças a você a minha melhor amiga está me chupando agora, então depois a gente conversa”. Ele protestara. Queria ver. Mas aquela imagem Esmeralda guardaria só para ela.


Notas Finais


e então?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...