História Mafia bts e got7 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Ação
Exibições 88
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii gente essa é minha primeira fic espero que gostem

Capítulo 1 - Dia dificil e infliltração


Fanfic / Fanfiction Mafia bts e got7 - Capítulo 1 - Dia dificil e infliltração

Me chamo jeniffer tem 15 e me mudei para a Coréia do Sul a pouco tempo com minha amiga Hazel e minha irmã Sara ambas são mais velhas minha irmã tem 19 e hazel 15 elas nasceu dois meses antes de mim, eu estava fazendo estagio numa delegacia coreana que minha irmã trabalhalhava  ja Hazel está fazendo curso de fotografia, e hoje era sengunda-feira eu avia acordado as 7:00 pois teria que estar na delegacia as 8:00 me levantei e fui para a cozinha encontrando minha irmã e Hazel na mesa comendo. 

-bom dia Hazel e Sara. Disse me centando com elas. 


-Bom dia dong sang. Respondeu Sara. 


-Bom dia lora. Disse Hazel. Comecei a comer bolo com café.

 Terminei e fui para o quarto tomei banho e me vesti coloquei uma calça jeans preta uma blusa branca com eu altar perto peguei mimha mochila e fui para a sala. 


-Vamos?.Disse sara ja pronta.


-Sim.

 Fomos no carro dela um BMW preto lindo. Chegamos na delegacia e o relógio marcava 7:59 cheguei faltando um minuto para as 8:00. Me despedi de Sara a fui até o pátio do lucal hoje iriamos ter tiro ao alvo e depois teriamos uma "missão" para nos testar
-anniceo. Disse ao chegar e ver todos ja ali. 

-"turma hoje vocês terão tiro ao alvo e depois uma pequena missão para ver se vocês aprenderão até aqui a missão sera em dupla um policial e um aluno".o professor terminou a explicação enquanto um policial entregava um pistola para cada aluno.


-Um pergunta importante para vocês a pistola é de verdade ou de chunbinho? Alguem pode responder. Claramente a pistola era de chunbinho pelo peço
-Jeniffer responda. *Por que eu?*_  Pensei
Antes de responder a pergunta.

-É de chunbinho.
-por que você acha isso?

-por causa do peço e também conhendo os policiais seu que não dariam uma arma de verdade.

 Disse e ouvi o professor RI


-parabéns Jeniffer você acertou, agora formem uma fila. E assim todos formaram uma fila eu não era boa com uma arma mas não susta tentar, quando chegou minha vez um policial julgo lindo veio me ajudar.

-ja usou uma ?me perguntou

-não.
-ta, eu vou te mostrar. 

Ele arrumou a arma na minha mão e me ajudou a mirar no alvo. 

-porta?

-Sim.
-Atira. Fiz oque ele disse e atirei no alvo e acertou o meio do mesmo.


-parabéns  você foi ótima. Disse o policial que me ajudou antes. Depois que todos foram fomos para a segunda lição a missão.

-vamos sortear então.

-sim. Disse todos, ele foi sorteando e quando chegou no meu nome. 
-Jeniffer e Jackson. O policial Jackson veio até mim e vi que era o mesmo de antes. 

-prazer.disse ele se aproxinaproximando de mim

-prazer.respondi-

-vamos então nos preparar?.

-vamos,espera o que vamos fazer hoje?

-"é uma missãode proucura temos que procurar dodoíis políciais que vão fingir que são criminosos"eles sederam arma colete algemas e etc.entendeu?

-sim.

Me arrumei colocando uma blusa preta com o emblema da polícia um colete e peguei as os acessórios e depois voltei para o patio encontrando Jackson me esperando para comerçarmos a procurar

-aqui ta a foto deles. Ele me mostrou duas fotos dos policiais um parecia tem meia idade e o outro era mais novo. Começamos a procurar a apatir das pistas dada pelo departamento e depois de longos minutos procurando achamos eles escondidos no deposito, entramos sem fazer barulho e pegamos eles de surpresa. 

-mao na cabeça. Disse apontando a arma para eles Jackson só ficou me observando -não vai me ajudar?. Perguntei para ele. 

-não posso so estou aqui para te auxiliar, foque neles. Algemei um e o outro tentou resistir mas eu fui mais rapida e o ibobilisei. -você não presica de ajuda esta indo muito bem. Depois disso votamos para o pátio o professor estava lá provavelmente esperando os alunos votarem com os "criminosos".

-mais ja? .disse o professor se aproximando de nós. 


-sim.respondeu Jackson.


-pensei que demorariam mais. 

-ela é rapida para descobrir as coisas senhor.

-está de parabens jeniffer, estão dispensados podem ir. Fizemos uma reverencia e saimos. 

-você foi bem. Disse Jackson. 

-por que não falou que nâo podia me ajudar?.

-por que disseram para nos não falar. Agora ei tenho que ir até.

 Ele se despediu e foi, fui até o banheiro e me troquei sai do mesmo e estava indo para a saida quando ouvi meu nome vindo da sala do chefe resolvi dae uma espiada

                    Dentro de sala
-senhor e se colocarmos jeniffer na missão talvez ela consiga resolver?

-colocar uma novata séria muito arriscado para os infiltrados.

-senhor se ela entrar comi enfiltrada eles nem perceberam que ela é uma de nós sera mais fácil

-verdade chame ela

                         Fora da sala
Depous que ouvi tudo sai o mais rapido possivel para não ser descoberta e fui até o o meu armário guardar as coisas e ir embora quando feichei o aario dei de cara com Jackson.


-jeniffer o chefe quer falar com você. Disse ele sério

-o que foi fiz alguma coisa errado?

-só vem. O segui até a sala do chefe. 


        Chegamos entramos feichou a porta

-jeniffer sabe porque te chamei aqui?

-não
-tem uma máfia na cidade e eu coloquei meus homens enfiltrados para descobrir mais sobre eles mais eu perdi o contato talvez eles forão descobertos ou seja estão em perigo.

-e por que você esta falando comigo sobre isso?

-você é a melhor aluna que temos e se colocarmos você como infiltrada talvez possamos achamos eles e prender os mafiosos entende?

-sim mas e se eles me descobrirem?

-não vão Jackson vai te ajudar e Mark o braço direito do mafio é nosso aliado ele também vai te ajudar você aceita?

Fiquei pensando por um momento então falei.

-sim aceito
-vamos falar com a sara ela te explicar mais detalhe da missão.

-sim senhor. Sai da sala sendo segisa por Jackson entrei na sala de minha irmã e a encontrei centeda. 

-sara a jeniffer vai ser a enfiltrada da missão. Disse Jackson
-não, não vai

-vou sim, agora ma explica o que fazer
-ta. ela contra a sua voltade.-simple Jackson vai te mostrar para o chefe da máfia você  vai  a nova mafiosa ,aqui ta a sua ficha Jackson ja entregou uma para a máfia.

                  Ficha de infiltração
Nome:  Park Myung Seo
Idade:18
Personalidade: Fria  as vezes, bonita, fofo, perigosa.
Dons:  Sei usar qualquer tipo de arma e espada.

Terminei de ver  a minha ficha e perguntei:

-quando a missão começa?sara foi responder porem Jackson foi mais rapido. 

-ja começou você tem que ir agora comigo. Ele falou e eu quase tive um Treco

-mas ja?.

-sim, vamos eles estão esperando. Acenti seguindo Jackson até seu carro. 

entrei no banco do carona a Jackson deu partida demorou alguns minutos até chegarmos mo local.

Jackson estacionou e devemos percebi que era uma boate bem decora entramos no local e meus deus que lugar horivel tinha mulher por todos os lados se esfregando nos clientes.

-mantenha a cabeça abaixada. Disse Jackson. 

-por que?
-você é menor de idade. Ele falou e um homem se aproximou dele. 

-Jackson você voltou. Ele respirou e me olhou. -quem é ela?. Disse se refirindo a mim. 

-onde o chefe tá?

-na sala eu te levo. Eu e Jackson seguimos o homem

-qual seu nome?. Perguntou ele

-É...pensei antes de responder. -Park myung seo. Disse e ele me olhou com um sorriso malicioso. 

-JB ela é do chefe. Disse Jackson colocando seu braço pelo meu pescoço. 

-que pena. Disse e chegamos até a tal sala ele abriu a porta e eu e Jackson entramos vi um homem sentado numa cadeira e ao seu lado um jovem.

-chefe. Jackson fez um recerencia
-você é myung seo?.

-Sim. Respondi de cobeça abaixadaEle se levantou e veio até mim

-quem bom que decidio vir para o lado da mafia, mas por que? .peseu rapido e respondi

-por que odeio os policiais e todo o grupo deles, e todos da minha família escolheram o lado da polícia  por que não posso escolher o oposto?. Disse colocando um sorriso forçado no rosto

-gostei, eu sou seu novo chefe Kim namjoon e esse é Kim seokjin. Disse apontando para jovem que estava ao lado dele antes.

 -Bem vinda. 


Notas Finais


Espero que tenha gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...