História Mafia (Imagine BTS) Segunda Temporada - Capítulo 22


Escrita por: ~ e ~Anonimouthe

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Block B, EXO, GIRIBOY, Got7, IKON, WINNER
Personagens B.I, Baekhyun, BamBam, B-Bomb, Bobby, Chanwoo, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), Donghyuk, G-Dragon, GIRIBOY, Jackson, Jaehyo, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinhwan, Jinwoo, JR, Jungkook, Junhoe, Kai, Kris Wu, Kyung, Lay, Lee Seunghoon, Lu Han, Mark, Mino, P.O., Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Seungri, Seungyoon, Suga, Suho, T.O.P, Taehyun, Taeil, Taeyang, Tao, U-Kwon, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom, Yunhyeong, Zico
Exibições 242
Palavras 1.837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


FINALMEEENTE (͡° ͜ʖ ͡°)(͡° ͜ʖ ͡°)(͡° ͜ʖ ͡°) O que eu vou falar? APROVEITEM, espero que gostem e tenham uma boa leitura , AMAMOS VOCÊS.

By: Oppa!

Capítulo 22 - Noite com Sr. Seung (Part. End)


Fanfic / Fanfiction Mafia (Imagine BTS) Segunda Temporada - Capítulo 22 - Noite com Sr. Seung (Part. End)

-E então (seu apelido), vai tirar minha dúvida?- Ele me olhou maliciosamente.

Ai meu paiiii... Respira _____, saiba o que diz!!

-E qual é sua dúvida Sr. Seung?- Sorrir maliciosamente e bebi um pouco do vinho em minha taça.

Ele sorriu de lado.

-Posso te responder de outro modo, só que..- Ele acaricia minha coxa, quase cuspi o vinho -Só posso te mostrar na minha casa..-

-Estou tentada a aceitar..- Sorrir de lado mas por dentro eu estava gritando.

-Um simples sim poderia responder nossas perguntas!- Terminou de beber seu vinho.

Aaaah que se foda, se é pra fazer isso e arrancar mais informações prefiro não estar sóbria. Bebi de uma vez só a taça de vinho, botei mais um pouco e fiz o mesmo.

-Então.. Quero tirar minha dúvida!- Falei um pouco tonta e ele sorriu.

Choi pegou a carteira e retirou seu cartão de credito, chamou o garçom e pagou a conta. Nos levantamos e o homem alto e lindo pegou na minha mão, me arrastando para fora do estabelecimento, Seung chamava atenção demais, woow.

Não havia ninguém onde tinha estacionado seu carro, ele me prensou no mesmo e agarrou minha cintura com força, roçou nossos lábios e apertou vorazmente minhas nádegas.

-Não sabe quanto tempo esperei baby!- Sua voz grossa domava todo o meu corpo.

-Não sabia que seus olhos tinham vez para mim..- Sussurrei num tom sensual.

-Pois agora sabe que eles só tem atenção para você..- Mordeu e puxou meu lábio inferior.

-Mais que pouca vergonha!!- Passou um velhinho perto de nós.

-Desculpe, desculpe..- Falamos em uníssono rindo.

-Melhor irmos ao um lugar mais reservado!- Seung sussurrou em meu ouvido.

Assenti, entramos no carro e logo ele dirigiu até sua casa, no caminho decidi provocar o Seung. Pus minha mão em cima da sua coxa e fui subindo, Choi soltou uma risada baixa.

-Estou dirigindo sabia?- Ele pergunta o óbvio.

Não me importei e continuei, passei pelo seu intimo e sentir um volume, sorrir. Adentrei minha mão dentro da sua calça e ele suspirou, peguei sua blusa social que estava ensacada e a puxei para fora.

Comecei a abrir cada botão serenamente, quando em fim acabei e sua blusa estava totalmente aberta passei minhas unhas sobre seu abdômen e sua respiração falhou.

-Nervoso oppa?-

-Chegamos!- Ele estacionou no estacionamento de um prédio bem chique.

Saímos do automóvel e fomos em direção ao elevador, quando entramos ele me prensou no espelho e começou um beijo quente e voraz. Passei minhas mãos pela sua cintura nua e o puxei mais para mim.

Desci meus beijos até seu pescoço enquanto ele usava suas mãos em meu corpo, Seung arfava freneticamente. Mordi e dei sugadas totalmente fortes, não estava afim de pegar leve.

Nos separamos quando chegamos ao 15 andar, saímos de lá como se nada tivesse acontecido, mas era notável o pescoço do Seung.
Chegamos ao seu apartamento e ele passou o cartão para abrir mas antes de entrarmos passou um cara musculoso e bem bonito e comprimentou Seung.

-Choi por que está com..- Ele logo me olhou - Nova namorada?- Sorriu.

-Ah TaeYang.. É uma amiga minha por enquanto..- Seung me olhou e acabei corando.

-.. Ela é lind.. To indo!- TaeYang próprio se cortou quando viu o semblante de Seung (Que dizia "Cara, não faz elogio, ela é minha ") e foi embora.

Entramos na casa e logo tirei o salto, Seung fechou a porta e eu me virei para ele com uma cara safada e ele logo retribuiu o mesmo olhar.

-Tem vinho?- Fui até a cozinha com a Bolsinha .

Ele riu e veio atrás de mim, foi até um de seus armários e pegou um vinho e duas taças grandes redondas. Abriu e colocou o líquido nas taças, me sentei na bancada de lá e ele me entregou uma das taças.

-Seung...- Falei manhosa e o puxei mais para mim, fazendo com que ele ficasse entre minhas coxas.

-O que foi amor?- Ele ficou acariciando minha coxa e bebeu um pouco de vinho.

-Como..- Começei a chupar seu pescoço - Conseguiu pegar o Namjoon e sua gangue?- Tinha que saber tudo.

-Eu tinha guardado alguns arquivos e decidi reabrir o caso, pensei em você..- Começou a abrir meu vestido.

-Humrum..- Bebi mais vinho, MAS QUE MERDA!!

Quero acabar logo com isto, puxei a gola da blusa do Seung e o beijei, me sentia mal enganar Choi mas era preciso, ele tirou a taça de mim e colocou em cima do balcão sem separar o beijo. Logo rasgou a parte de cima do meu vestido e nos separamos pela falta de ar.

-Realmente quer me deixar louco!-;Ele disse ofegante olhando para meu sutiã.

-Desculpe, não.. Notei..- Falei me referindo a cor da lingerie.

Ele riu e me beijou novamente, pegou fortemente as minhas pernas me pondo em seu colo e nos levando até o seu quarto, ele me jogou na cama e logo começou a se despir.

Me ajoelhei na cama e tirei meu vestido, eu nem me lembrava mais de nada, o efeito do álcool estava subindo. Seung veio engatinhando e começou a distribuir beijos na minha barriga e logo subiu para o meu busto e deixou chupadas fracas alí.

O joguei na cama, ficando por cima, comecei a beijá-lo vorazmente, sugava mordia fazia tudo que eu tinha direito, comecei a esfregar nossos íntimos e Seung começou a pegar na minha bunda, sentindo a calcinha.

-Tem um bom gosto para roupas íntimas Amor, mas prefiro elas fora disso!- Deu um tapa na minha nádega e gemi baixo.

Logo levou sua mão até o fecho do meu sutiã e o abriu, após o jogou no chão. Seung me virou e começou a sugar meus seios, gemi novamente e adentro minha mão em seus cabelos negros, ele começou a descer seus lábios para a minha barriga, provocando certos arrepios.

Desceu ainda mais, arque-ei minhas costas, levou seus dentes até a barra da minha calcinha e a puxou com os mesmo até ela está totalmente fora de meu corpo.

Ele voltou para cima de mim e me beijou novamente, logo sentir dois dedos me penetrando.

-Aaah...- Gemi e mordi os lábios.

-.. Gemi meu nome babe..- sussurrou em meu ouvido e começou a fazer movimentos lentos.

-Aaah ... Seung...- Arranhei seu abdômen.

O virei para o lado e fiquei por cima novamente. Ele me olhou com um rosto safado, comecei a chupar o pescoço do maior com muita raiva, mas era o que eu sentia, sabia que o Choi não tinha culpa.

Arrastei meus lábios por todo seu corpo até que parei na barra da sua cueca, fiz o favor de rasgar ela e logo seu membro pulou para fora, não perdi tempo peguei una camisinha, pus nele e me encaixei alí voltando a beijar Seung enquanto rebolava.

Choi apertava cada centímetro do meu corpo, principalmente os seios e a bunda, segurou forte minha cintura e me ajudou com os movimentos.

-Seung-Ah...- O arranhei novamente.

-Quica amor, quica pro seu daddy!!- Desculpa Seung mas eu tenho um daddy, e não é você!
Pensei naquele momento.

Fechei meus olhos e prendi meu lábio inferior entre os dentes segurando meus gemidos E GRAÇAS AOS CÉUS A BOLSA ESTAVA NA COZINHA!!

logo sentir a mão quente de Seung subindo pelo meu corpo, parou em meu seio direito e ele o acariciou, logo subiu até meu rosto e parou em meus lábios, passando seus dedos no mesmo. Seung se levantou e me beijou calmamente enquanto eu rebolava.

-.. Oppa.. E-eu.. Vou..- Tentei falar.

-Goza ____.. Goza pro oppa..- Ele sussurrava essas palavras sujas em meu ouvido.

Com algumas estocadas acabei me satisfazendo e logo após, ele também. Deitei minha cabeça em seu pescoço tentando controlar o cansaço. O cheiro de Seung era muito bom e seu corpo era realmente de tirar fôlego, tinha um ótimo emprego e era um doce de pessoa, sem falar que ele bom de cama mas ainda prefiro o meu pervertido que está preso, ninguém pode substitui- lo, sem contar que o amo muito.

-Você tem um ótimo cheiro..- T.O.P disse passando seu nariz em meu ombro.

-Eu digo o mesmo de você senhor gostosão!- Brinquei e logo rimos.

Me desci do Seung e ele me puxou até o banheiro, jogou a camisinha fora e me levou até o chuveiro, tomamos um banho simples para tirar todo aquele "Cansaço"
   
Após o banho, Seung me deu uma calcinha nova.

-Não sabia que você tinha calcinhas aqui!- Falei rindo.

-Pensei que poderia acontecer algo com sua calcinha mas acabou é que aconteceu com a minha cueca!- Rimos.

Vestir ela e logo uma blusa de botões estampada com flores coloridas, Choi se vestiu com uma calça moletom e me arrastou até outro quarto que tinha una janela imensa para a cidade.

-Antes.. Por que não me trouxe para ? - Perguntei olhando a paisagem das luzes da cidade.

-Não queria nos expor para a cidade!- Rimos novamente.

Me virei e fui até a cama que tinha lá, me joguei na mesma de bruços e Seung foi ligar o resfriador, logo sentir um peso na cama e sua mão virando meu corpo para ficar de costa para ele e acabamos que dormindo se conchinha.

QUEBRA DE TEMPO

Acordei e não sentir o Seung na cama, me levantei e fui até o banheiro molhar meu rosto que estava sujo por conta da maquiagem, vi um bilhete e o peguei.

"Tem uma escova para você babe!

By: Seung!"

Peguei uma escova roxa que tinha lá e escovei meus dentes e logo após o enxágüe-i, fiz um coque bagunçado no meu cabelo e fui para a sala. Avistei Seung na cozinha preparando algo.

Me escore-i na bancada e fiquei fitando aquele belo corpo, acho que se eu fosse homem eu seria gay!

-Me espionando?- Ele perguntou e eu rir.

-Claro, o cheiro da sua comida está no ar e eu não me segurei!- Falei.

-A que comida se refere?- Ele se virou com a comida e carregando um sorriso maldoso.

-Comida de comida, safado!- Peguei um copo de suco e pão.

Ele riu e começou a comer comigo.

-Tenho que me apressar, tenho o vôo para pegar!- Falei bebendo o suco de uma vez.

-Vôo, vai para onde?- Perguntou bebendo seu café.

-A ah Seung!- Falei sorrindo de lado enquanto pegava minha bolsa e calçava meus saltos -Você acha que eu perderia de ver a cara daquele mafioso sendo preso?-

Ele riu.

-_____ sendo _____!- Rir baixo e estirei língua - Mas vai vestida assim para casa?-

-Um certo alguem rasgou meu vestido!- Me levantei fui até ele.

-Eu te levo!- Ele iria se levantar mas eu o empurrei novamente para se sentar.

Me curvei um pouco e roçei nossos lábios.

-Não precisa, eu sei me cuidar, pego um táxi mas ainda vai pagar pelo vestido!- Mordi seu lábio inferior e sair de perto dele -Adeus Seung!-

-Adeus babe!- Ele sorriu de lado e piscou.

Rir e fui até a porta, era hora de encarar a realidade!

CONTINUA...


Notas Finais


Eu sei como é T.O.P, o oppa aqui sabe (͡° ͜ʖ ͡°)(͡° ͜ʖ ͡°)
Espero que tenham gostado, comentem ou critiquem vou agarrar umas minas, SQN..

By: Oppa 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...