História Magcon-Hots - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Jacob Whitesides, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 177
Palavras 602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS

Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, estava com um bloqueio e estava estudando, prometo que vai ter mais

Capítulo 4 - Cameron Dallas


Fanfic / Fanfiction Magcon-Hots - Capítulo 4 - Cameron Dallas

Cameron Dallas 

 

Era ótimo passar o verão junto com Cameron e com alguns amigos. Íamos acampar em algum lugar, eu e o Cameron namoramos a 1 ano, eu sou virgem e sempre tive um medo absurdo, mas isso não quer dizer que eu não faço outras coisas (aquela carinha)

 

Cameron P.O.V

 

Sabrina, melhor amiga da (S/N) me contou que ela já estava pensando em perder sua virgindade obviamente comigo, então porque não preparar algo fofo?

 

Conversei com todos que eram só pra ir no dia seguinte, já estava a um ano sem sexo, ela me satisfazia de outros jeitos, mas não é a mesma coisa. 

 

     (No acampamento)

 

Fui antes lá arruma tudo, tinha flores no chão a barraca já estava montada e já estava escurecendo.

 

-Cameron! -Ela virou pra mim dando um sorriso-

 

-Eu te amo tanto, (S/N), se você não tivesse aparecido na minha vida provavelmente estaria morto agora -Ela veio até a mim me abraçando me dando um selinho demorado-

 

-E eu iria morrer sem você 

 

-Mentira você nem teria me conhecido, então estaria numa boa 

 

-Verdade, só queria ser foda, cala a boca e continua -Ela da um sorriso_

 

-Eu te amo muito mesmo. Sabrina me contou que você está pronta, e eu queria fazer algo fofo pra nós dois -Ela sorrir me beijando, logo peguei a mesma no colo indo até a barraca entrando na mesma com ela, ficamos nos beijando até que a mesma tira minha blusa jogando em algum lugar, troca de posição olhando em meus olhos dando um sorriso logo começando a beijar minha barriga até chegar em minha calça tirando a mesma. 

 

Logo retornei pra cima da mesma beijando seu pescoço e deixando varias marcas de chupão ali, fui beijando seu ombro e logo tirando sua blusa, aperto sua cintura fazendo ela morder o lábio. Logo fui tirando seu short dando varios selinhos pela sua coxa junto com algumas mordidas-

 

-Você é perfeita -Falo passando minha mão por todo seu corpo parando em sua bunda e dando um tapa forte- E muito gostosa 

 

Ela tirou seu sutiã Mordo o lábio com força, passo minha língua no bico de seu peito dando uma sugada, escuto seu leve gemido que me fez apertar sua coxa cim força, depois de um tempo fui beijando sua barriga até chegar em sua calcinha tiro a mesma dou um beijo em sua intimidade, começo a chupar a mesma penetrando dois dedos fazendo movimentos de vai e vem

 

-CAMERON! -Ela soltou um gemido alto- ISSO!

Continuei com os movimentos querendo deixá-la pedir para que eu a fudesse 

-ME FODE... OOH merda! 

Dei um sorriso malicioso vendo a mesma tentando recuperar o fôlego, tirei minha cueca colocando a camisinha, passo meu membro pela sua intimidade logo penetrando a mesma, fiquei um tempo ali para que ela se acostumasse.

-Eu não abrir minhas pernas pra você ficar parado

Soltei um risada dando um selinho na mesma, logo comecei a me movimentar dentro da mesma, era ótimo a sensação de está dentro dela. Sabe quando falam que transar quando você ama alguém é diferente? Eu achava isso uma puta mentira, mas agora eu vejo que é verdade

Logo foi a vez dela ficar por cima, ela começo quicando em meu membro, observava cada movimento de seu corpo, seu cabelo mexendo, seus peitos pulando,  os gemidos saindo de sua boca. Me movimentava cada vez mais rápido dentro da mesma e logo acabo tendo um orgasmo. Ela se deita em cima de mim sorrindo envergonhada.

-Você é ótima - Sussurro dando um beijo em seu pescoço-

-Eu te amo tanto Cameron 

-Eu te amo muito, (S/N)

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...