História MageTale AU - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Undertale, Universo Alternativo
Exibições 8
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Caveira Branca


Reeydem ON

 

Enquanto andamos por Snowdin, vemos que não havia mesmo ninguém na cidade, entramos em uma loja, depois em uma pousada e também em uma biblioteca, mas não tinha nenhum monstro.

 

- Eles foram mortos? - Diz Layla

- Não, pois suas cinzas estariam aqui, junto com sangue. - Diz Fryda

- Pelo jeito que estão os estabelecimentos, eles fugiram as presas. - Digo

- Fugiram de nós? - Pergunta Layla

- Pelo ponto de vista deles sim, mas ainda há aquela criança que está os matando. - Afirma Fryda

 

Passamos por uma arvore de natal e ouvimos algo se mexer dentro dela, ficamos alerta... mas logo um monstro um pouco semelhante a um dinossauro cai dela, é um réptil sem braços amarelo, possui uma cauda, ​​e picos na parte de trás de sua cabeça. Ele têm marcas sob seus olhos e usa uma camisa amarela com listras marrons, rapidamente se levanta e nos olha com uma cara de assustado, recuando lentamente para trás.

 

- Espere! - Digo - Nós não vamos te machucar, só viemos ajudar a criança a voltar para casa!

- Cara... Que susto que vocês me deram, achei que vocês iriam me matar, igual aquela criança negra... - Diz ele

- Então ela já passou por aqui... Onde estão os outros monstros da cidade? - Pergunta Fryda

- A Dra. Alphys ajudou na evacuação de todos os monstros e os levou para um lugar seguro, enquanto a Undyne está atrás da criança negra, Aí! aquela criança vai se dar muito mal se ela der de cara com a Undyne... - Explica ele.

- Entendo... você saberia onde essa criança está agora? - Pergunto

- Ela está na área das cachoeiras.

- Poderia nos levar até ela? - Pergunto

- Sim... Aí! é capaz até da Undyne estar lutando contra ela quando chegarmos. - Diz Ele

- É Melhor irmos logo então, mais uma pergunta... quem é Essa Undyne? - Diz Fryda

- Cara... ela é a Capitã da Guarda Real, ela é muito forte, destemida e Imbatível... Aí! Ela usa uma armadura assim como você! Então você também é forte. 

- Obrigada! - Diz Fryda

 

Chegamos a uma parte mais aberta onde dava para ver um grande castelo ao fundo.

 

- Aquele castelo é do Asgore Dreemurr, ele é o rei que governa o Sub-solo! - Explica o Monster Kid 

- Asgore hein... Isso me fez lembrar do passado. - Digo

- Hey Reeydem, você conhecia ele? - Diz Layla

- Eles eram grandes amigos antes da Guerra. - Responde Fryda

- E Durante ela, nos enfrentamos... mesmo nenhum de nós querendo isso. - Digo

 

Trilhamos o caminho na qual o Monster Kid nos indicou ser o mais rápido, no meio do caminho paramos em um lugar chamado Vila Tem, encontramos alguns monstros que se assemelham a gatos, com orelhas de cão no lado da cabeça, bem como suas orelhas normais gato, cabelo preto na altura dos ombros e camisas azuis, todas são iguais a não ser pela lojista que tem cabelos grisalhos e uma camisa azul e amarelo listrado, nos aproximamos de um grupo que não estava com medo de nós.

 

- hOI! so temmie! i esa mia miga... temmie!! - Uma disse

- hOI! so temmie! i esa mia miga... temmie!! - a segunda disse

- hOI! so temmie! nun esquece miga! - disse a terceira

- Oi... Sou bob! - disse a quarta

- Olá Temmie's e... Bob, vocês são muito fofas... o que aconteceu com aquela Temmie? ela está toda pipocada. - Diz Layla

- umanus ser fofis... mas ela ser alérgica a umanis. - Disse uma Temmie

- Então uma criança passou aqui, e não foi a negra, já que estão todas vivas. - Digo

- Precisamos continuar, não sabemos quanto tempo temos. - Avisa Fryda

- Me sigam! - O Monster Kid começa a correr, mas logo cai, rapidamente se levanta e continua andando.

 

Depois de andarmos mais um pouco, começamos a ouvir explosões, atravessamos uma estreita ponte rapidamente e nos deparamos com Krest e Sans parados em frente a uma abertura de outra caverna, pelo visto estavam lutando a algum tempo, estão bem cansados.

 

- Admiro sua Persistência Humano. - Diz Sans

- Digo o mesmo. - Diz Krest

- Mas parece que seus amigos já chegaram, então terei que dividir a diversão com mais alguém.

 

Ele estala os dedos, Krest e Fryda somem na mesma hora

 

- O que você fez com eles Sans? - Pergunto

- Relaxa, foi como eu disse, dividi a diversão com ela. - Explica Sans

 

Layla começa disparando uma flecha em direção a Sans que constrói uma barreira de ossos.

 

Wind Arrow! 

 

A Flecha explode em vento, jogando os ossos para todos os lugares

 

Rapid Arrow!

 

No mesmo instante, ela dispara uma flecha que em Instantes chega a Sans que desvia facilmente.

 

- Layla! pare com isso, não viemos aqui para lutar! - Digo

- Você é bem pacifico hein. - Percebo que Sans está atrás de mim, me viro rapidamente... mas não consigo reagir a tempo e percebo algo atravessando um pouco abaixo da minha costela direita, com o impacto sou jogado até a parede da grande caverna onde fico preso com mais um osso que ele atravessa no meu ombro esquerdo.

 

- Reeydem! - Diz Layla

- Fique ai um pouco, vou cuidar dela primeiro.

 

Ele então a ataca com alguns osso, mas ela revida.

 

Steel Arrows!

 

Todas as suas flechas de aço destroem os ossos

 

- Seus ossos não vão passar das minhas flechas, você pode ficar atacando pra sempre pois eu porto de muita magia, por que você acha que eu vim para cá? graças a minha magia, minhas flechas são infinitas! - Explica Layla

- "Isso é o ponto forte dela, já que uma invocar um flecha não exige tanta magia assim." - Penso - "preciso sair daqui, senão meu HP(???/???) vai zerar".

 

Sans então invoca milhares de ossos que vão de uma só vez até Layla.

 

- Steel Arrow Storm! 

 

Cada flecha sua acerta cada osso os destruindo até não restar nada, Sans mostra que está bem cansado.

 

- Bem... já que isso não vai funcionar...

- Você devia desistir. - Diz Layla

- ...Talvez isso funcione, Gaster Blaster!

 

Uma grande caveira se materializa ao seu lado, disparando uma enorme rajada laser branca em direção a Layla, causando uma grande Explosão.

 

Reeydem OFF

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...