História Magic And Blood - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Camille O'Connell, Caroline Forbes, Davina Claire, Elijah Mikaelson, Emma Swan, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Kaleb Westphall, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Rebekah Mikaelson, Regina Mills (Rainha Malvada), Stefan Salvatore
Tags Davina Claire, Haylijah, Klaroline, Kol Mikaelson, Kolvina, Stebekah, The Originals
Exibições 81
Palavras 954
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


BOA NOITE POVO <3
Esse aqui é o bônus Delena e Satherine (nome do ship que eu inventei pro Sam e pra Kath), antepenúltimo capítulo da fic! Enfim, espero que gostem, nos vemos nas notas finais!!
(Aesthetic feito por Jaxtom, do blog Fuck Designs)

Capítulo 28 - Milk and Cookies


Fanfic / Fanfiction Magic And Blood - Capítulo 28 - Milk and Cookies

Em Mystic Falls…

A casa dos Winchester nunca estivera tão barulhenta. Aliás, ela já era antes, mas agora estava mais ainda.

Katherine, finalmente, casara-se com Sam, e aproveitando a festa que iria ter, Elena aproveitou e se casou logo com Damon. As suas casaram juntas, o que foi um pouco estranho, já que os vestidos eram iguais. Pra falar a verdade, só o que estava diferente nelas era o cabelo, porque o resto…

Katherine fora morar com Sam na casa dele, e Elena com Damon. Ambas não tiveram mais muito contato após o casamento, mas isso mudou totalmente depois dos bebês.

Primeiro foi Katherine. Sam insistiu tanto, que ela permitiu, e tiveram gêmeos: Jared e Grace.

Depois, foi Elena. Dessa vez, foi o contrário do que aconteceu com Katherine, ela tagarelava o tempo todo para Damon sobre como sempre sonhou em ser mãe, e como queria ter logo filhos, e coisas do tipo. Ela o atormentou tanto, que ele cedeu, e logo ela também teve gêmeos: Joseph e Thomas.  

Elena e Damon agora praticamente viviam na casa dos Winchester. Até porque Elena queria que seus filhos e os de Katherine crescessem juntos, e também no vão pensamento que ela teve de que Katherine pudesse ajudar em algo. Coitada… estava enganada.


— Katherine, ajuda aqui! — Sam chamava — A Grace está chorando, quer ir dormir e…

Enquanto isso, Katherine escovava tranquilamente seus cabelos em frente ao espelho.

— Eu quero um copo de leite, alguém nessa bodega poderia me dar? —  ela disse, com muita calma.

Dean, que estava com Jared no colo, na vã tentativa de fazê-lo dormir, olhou de relance pra ela e revirou os olhos.

— Eu já disse que você é uma vadia? — Damon perguntou. Apesar de Elena ser

irmã dela, Damon não via mal algum em chamá-la daquele jeito. Era um apelido… carinhoso.

Dean riu alto, o que fez com que Sam lançasse um olhar reprovador pra ele.

— Já sim — Katherine respondeu à Damon — E eu não me importo não nem um pouquinho.

Elena revirou os olhos. Katherine era, provavelmente, a pior irmã do mundo. Ela não fazia nada da vida, e nem pra cuidar dos filhos dela ela prestava.

— Porque fomos logo ter gêmeos, hein? — Elena perguntou para Katherine, em voz alta.

Katherine deu de ombros, e abocanhou um biscoito de chocolate.

— E eu que vou saber? — ela perguntou, ironicamente.

Elena olhou ao redor novamente. Sam estava com Grace, tentando fazê-la parar de chorar, Dean tentava fazer com que Jared dormisse, Elena estava  fazendo com que Thomas parasse de chorar, e Damon tentava deixar Joseph dormindo mesmo. Mas com aquele barulho todo, era impossível.

— Meu Deus — Elena logo reconheceu a voz vinda da porta do quarto… Bonnie — O que é isso aqui? Uma maternidade?

Bonnie estava com a filha dela, Ashley. A menina só tinha 2 anos, mas era muito inteligente.

— Na verdade, é só um quarto com quatro gêmeos, filhos de duas gêmeas — Dean respondeu, e Damon riu.

— Nossa, Dean, você não mudou nada mesmo, nem você, Damon — Bonnie disse, com um tom desaprovador — E aparentemente nem você, Katherine. O que você tá fazendo da vida? Nem pra ajudar a criar seus próprios filhos você ajuda?

Katherine deu de ombros de novo.

— Ah, quer saber? — Dean disse de repente, e se virou pra Kath, entregando o bebê nas mãos dela — Eu tô cansado de ser babá, Katherine! Não dá mais!

E saiu do quarto.

Katherine olhava para Jared como se ele fosse um inseto nojento.

— Alguém que tem bom senso por aqui — Elena disse, referindo-se à Dean.

Katherine olhou mais uma vez para Jared, que chorava incansavelmente, e olhou para a pequena Ashley.

— Ashley, querida — ela começou a chamar, sorrindo de um modo bem falso — Vem cá, amorzinho!

A pequena veio correndo em sua direção.

— Olha aqui, querida — ela disse, sorrindo — A tia Kath tem uma proposta pra você, você fica com esse bebê, e a tia te dá quantos biscoitos você quiser!

Ashley assentiu, sorrindo.

— Ótimo — Katherine deu o bebê para Ashley, e um biscoito também — Obrigada, amorzinho.

— Katherine! — Elena, Bonnie e Sam disseram em coro.

— Que foi? — ela disse.

— O que foi que eu vi em você, hein? — Sam perguntou.

— Eu sou gostosa, amor — Kath respondeu.

Ele revirou os olhos.

Bonnie balançava a cabeça.

— A Davina com certeza saberia resolver essa situação aqui… — Bonnie comentou, vagamente.

Elena assentiu.

— Ela sempre gostou tanto de crianças… — ela disse — O que será que aconteceu com ela, de verdade?

Bonnie encarou o chão. No começo de novembro de 1914, quando ela contou à Davina que a mesma estava grávida, ela fugiu.

Mas o tempo passou, e passou e não haviam mais notícias. Bonnie teve que inventar uma história que Davina tinha se suicidado, algo assim. E criou uma falsa ilusão de um corpo afogado. Todos acreditaram. Mas o verdadeiro destino de Davina ninguém nunca soube…

— Eu não sei… — Bonnie respondeu.

Todos ficaram em silêncio por alguns instantes. Sabiam que Davina estava morta (A/N: sabe de nada inocente), já faziam 2 anos que ela havia desaparecido… E desaparecido do nada.

— Isso é… triste — Sam disse.

— Você é muito sentimental, Sammy — Katherine respondeu.

Ele revirou os olhos.

— Enfim, Katherine — Bonnie disse — O que pretende continuar a fazer em sua vida miserável, além de ficar arrumando esse cabelo?

Katherine olhou profundamente no reflexo de seus olhos castanhos no espelho, deu uma risadinha, e respondeu:

— Eu vou continuar linda, jovem — ela disse — Vou tomar leite, e comer biscoitos…

Sam arregalou os olhos, e Elena e Bonnie balançaram a cabeça.

É, Katherine estava perdida. Ela iria continuar sendo aquela mãe preguiçosa, vaidosa… e extremamente faminta, principalmente por leite e biscoitos com gotas de chocolate.


Notas Finais


É isso, gente.
O próximo bônus é o bônus Stebekah, vou tentar postar na quinta feira ;))
Espero que tenham gostado, comentem e favoritem <3 Até mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...