História Magictale - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Undertale
Exibições 15
Palavras 1.940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


hoi esse cap ficou maior do que o outro mais espero que voces gostem

boa leitura :3

Capítulo 14 - Agora é pra vale


L/P ~on~

Nós estavamos indo para a enfermaria com Frisk até que veio uma pergunta na minha mente e perguntei a Frisk

L/P: Frisk, porque agente tá levando ela pra enfermaria se ela só desmaiou?

L/A: verdade, ela não morreu

Frisk: quando os alunos desmaiam por uma coisinha é uma coisa, mais agora desmaiar por causa do uso excessivo de magia, ai é outra coisa.

Chegamos na enfermaria Frisk abriu a porta pediu conlicença mais não tinha ninguem lá então colocamos a L/S deitada em uma maca enquanto Frisk preparava uns feitiços e eu lá preocupada com a L/S e a L/A conversando no celular dando risadas de alguma coisa

L/P: ce não tá preocupada não? a L/S desmaiou

L/A: desmaia é uma coisa normal

L/P: tá conversando com quem?

L/A: com o Azz- quer dizer, não te interessa

L/P: ummmm, ta pegando o filho dos Dremurr

L/A: cala a boca 

L/P: HAHAHAHAHA

Frisk: pronto gente, podem se afastar um pouquinho por favor

Nós nos afastamos depois o(a) Frisk começou a fazer umas coisas começou a falar palavra que eu não entendia NADA mais ai a L/S acordou

L/P: GLÓRIA DEUS ALELUIA JESUS

L/A: po**a como ce fez isso?

Frisk: magica - ela disse cruzando os braços e abrindo os formando um arco iris - então voce e o Asriel já se beijaram?

L/A: OOOOO QUEEEEEE??? - ela tava corada iiiiii - porque qué sabe?

Frisk: curiosidade

L/A: já

L/P: aaaaaaaaaaaa que fofo

Frisk: ok voce que beijou ele ou ele que te beijou?

L/A: ou to achando que voce qué informação de mais

Frisk: fala logo

L/A: tá, ele me deu um selinho primeiro e depois eu beijei ele

Frisk: então ele te beijou primeiro mmmm e a L/S o Sans beijou primeiro ela

L/S: na verdade eu tinha beijado ele na testa antes, então eu acho que ele me beijou na testa tambem só pra devolver 

Frisk: mmmm então voce foi a unica que não beijou o seu crush - ela apontou pra mim -

L/S: Papyrus

Frisk: PAPYRUS!!! ai meu deus - ele(a) tava de boca aberta e muito animado(a) - então, voce já beijou ele? ele te beijou?

L/P: eu beijei ele né, porque eu sou f*da

Sans: licença, heya

Frisk: oi Sans

L/P: eae

L/A: oi professor

L/S: oi Sans

Sans: heya kiddo, tá melhor?

L/S: uhum

Sans: e porque voce desmaiou?

Frisk: uso excessivo de magia

Sans: kiddo voce não pode força magia que voce não sabe usar bem

L/S: desculpa, eu só queria salvar o(a) Frisk e o Asriel

Frisk: owwwwt >v< que fofinho

L/P: gente vamo deixar o Sans e a L/S conversando a sós

Depois agente saiu da sala que ela tava 

L/P ~off~

L/S ~on~

Elas sairam do local e deixaram só eu e o Sans lá eu sei o que elas tava tentando fazer ai ai

Sans: então kiddo quer treinar?

L/S: melhor não, não agora

Sans: a é, é verdade desculpa

L/S: tudo bem........... - um silencio aquele lugar estava, e só pra quebrar o silencio eu disse - Sans, voce......me abraça de novo

Sans: hehehe claro kiddo - ele me abraçou e eu tambem aquilo era tão bom, eu poderia morrer agora o abraço dele era quente e aconchegante - voce gosta de abraços?

L/S: uhum, principalmente o seu

Sans: que?

L/S: QUE? hahaha...ha....haha..ha - meu deus essa foi quase -

Sans: kiddo acho que já deu de abraço

L/S: ok.........a esqueci de pergunta, como que tá a situação com eu e a Paola?

Sans: aé, eu conversei com ela e falei que se ela mecher mais uma vez com voce ela vai ser espulsa, e se ela meche com voce conta pra mim

L/S: tá, obrigado *bocejo*

Sans: melhor voce descansar um pouco kiddo

L/S: tá *bocejo* bom, mais voce vai ficar aqui né?

Sans: he, vou sim kiddo

Então eu mi deitei e domi

L/S ~off~

Sans ~on~

A L/S começou a domi e eu fiquei observando ela dormi, era tão fofo, então comecei a passar os dedos no cabelo dela, a respiração dela era tão calma....me pergunto se ela é inocente, tadinha, não deve tá intendendo nada do que tava acontecendo.....e tambem as amiga dela são fracas na magia ainda tem que aprender muito pra protege-la então

Sans: eu vou te proteger *tom de sussurro* 

Qual é o meu problema? tem alguma coisa nela que me atrai.....mais o que é? se agente ficar muito intimos e alguem nos ver ela vai ser espulsa e eu demitido do único trabalho que eu tenho pra sustentar eu e meu bro. E eu prometi pra mim mesmo depois do que aconteceu naquele dia (A: não vai te flash back) eu nunca mais namoro com uma aluna, na verdade eu nem posso. Depois começou a passar ''fotos'' na minha mente, da garota que estava em minha frente algumas dela até meio maliciosas, mais tinha que afastar esses pensamentos e focar no que eu tinha que fazer....proteger a L/S.

[...]

Depois de um tempo com ela dormindo, eu tambem acabei ficando com sono. Eu estava quase dormindo até que

L/S: unn~ - ela tinha gemido eu fiquei muito assustado, surpreso e corado - unn mmm ahh - ela começou a gemer muito meu deus do céu e eu só observando aquilo; então eu fui para a porta e tentei abri mais TAVA TRANCADA (?) meu deus e agora eu to trancado numa sala com uma garota gemendo no que isso vai dar? em merda concerteza - ahh s-sans i-isso unnn - QUE P**RA FOI ESSA QUE EU ACABEI DE ESCUTAR? ELA TAVA GEMENDO MEU NOME, o que que essa menina tava sonhando jesus? ela começou a fazer umas pose bem provocante enquanto gemia, eu até pensei em acorda ela mais lembrei que quando alguem tá sonambulo não se deve acorda. Eu realmente tava gostando daquilo, mesmo sendo muito errado aquilo parecia um strip.

 Eu tava tentando me segurar mais não consegui eu já tava exitado de tanto ver aquela cena, ela realmente tava sonhando comigo fazendo aquilo com ela? eu realmente não tava aguentando e comecei a pensar em várias coisas com a palavra ''e se'' até que eu tomei uma decisão; se ela acordar e me ver duro ela vai ficar assustada e deu pra perceber que o sono dela é pesado então eu vou acabar com essa exitação.

Abri o ziper da minha calça e comecei a me masturba, e eu não sei se fazia rapido porque ela podia acorda a qualquer momento, ou fazia devagar porque vai que depois de goza ela continua e eu fico exitado de novo então comecei a fazer rapido porque sinceramente eu não queria que ela acorde e me ve fazendo isso. 

[...]

Eu já tava quase gozando e a L/S já tava gemendo muito mais até que ela começou a tirar a roupa e isso me deixou muito mais exitado e comecei a me masturba bem mais rapido; ela fica só de langerrie e ergue um pouco a calcinha e começa a se masturba tambem, a minha vontade era pular em cima dela e acabar com aquela buceta mais ela podia acorda e me ver, mais, já que ela tava sonhando provavelmente comigo não tem problema NÃO eu conheci ela ontem e não quero que nada aconteça tão rapido. Já estavamos quase gozando até que eu escuto ela falar

L/S: ahh nn s-sans me fode

Eu fiquei paralisado quando eu ouvi aquilo (ok, agora eu sei que ela não é inocente) eu sei que o que ela tava viveciando era só um sonho, e que ela não sentiria a mesma dor e prazer de ser fodida mais eu não podia fazer aquilo, mais será que foi por isso que elas trancaram a porta?

Sans: a que se f*da eu to aqui mesmo e a porta ta trancada - eu cheguei perto dela e segurei o braço dele pra ela para de se masturba e sussurrei no ouvido dela - voce quer ser fodida kiddo?

L/S: q-quero

Sans: tem certeza disso kiddo?

L/S: sim

Sans: ok - tirei ela da maca e coloquei ela com os cotuvelos na cadeira onde eu tava sentado e com os joelho no chão, e comecei a penetra-la -

L/S: aa isso d-doi

Sans: aguenta kiddo porque agora não tem mais como voltar - dei uma estocada forte nela e ela soltou um grito no meio do grito eu coloquei minha mão na boca dela pro grito não sai tão alto mais não deu certo - tá bem kiddo? quer que eu continue? 

L/S: q-quero

Dei mais uma estocada dela e ela mesma minimizou o grito dela então comecei a fazer movimentos de vai e vem meio rapidos para ela pode se acostumar com a velocidade média só pra ela se prepara para a velocidade rapida 

L/S: ahh sans m-mais rapido 

Sans: voce que sabe - comecei a fazer movimentos mais rapidos até nós gozarmos juntos e ela voltar a realidade

L/S: Sans? o que acontece- - ela se virou e me viu ofegante, com as mãos apoiado sobre a cintura dela e com o penis ainda duro escorrendo um pouco de gozo dele e com um pouco de sangue sobre ele PERAI SANGUE!?!? ELA É VIRGEM?!!! - Sans o que aconteceu?

Sans: bem......errr.....voce tava.....fazendo umas coisas meio pornograficas........e.........depois começou a gemer.....o meu nome......ai falo pra te foder e como eu não aguentei eu..........me desculpa.

L/S: Sans, eu......eu tava sonhando com isso - sabia - mais não sabia que eu tava sonanbula e fazendo essas coisas, a culpa foi minha por ter te deixado assim, eu que tenho que pedir desculpas - ela se levantou e ficou na minha frente e fez uma cara de culpa, eu não aguentei ver aquilo e a abraçei -

Sans: voce não tem culpa de nada sou eu que sou professor e não aguentei sequer voce na minha frente tirando a roupa perai acho que eu to dando mais motivo pra ser sua culpa que sabe esquece que agent- que eu fiz isso

L/S: que agente fez isso - depois disso nos começamos a aproximar nossos rostos um do outro e nos beijamos apoixonadamente a língua dela era quente era macia era incrivel, até que tivemos que parar no meio do beijo - ai

Sans: que foi?

L/S: tá doendo

Sans: (é claro que tá doendo eu ti fodi) hehehe acontece

Então agente escuta som de celular vibrando a L/S corre para uma mesa e disse baixo

L/S: ainda bem que elas deixaram aqui

Ela atendeu e comessou a conversa com alguem e eu não tava nem ligando dudum ti eu é tava limpando um pouco do gozo que caiu no banco. Quando ela terminou a conversa eu tava sentado no banco no tédio ai ela olho pra mim e disse

L/S: a L/A ta vindo aqui destranca a porta

Sans: ok

L/S: voce sabia que a porta tava trancada?

Sans: yup

L/S: eu vou me arruma, pode se virar por favor?

Sans: kiddo eu já vi tudo que voce tinha pra mostra menos os seios e essa frase faria mais sentindo se voce estivesse com roupa

L/S: é

~Quebra de tempo~

A L/S terminou de se arruamar e esperamos a L/A chegar então ela chegou e abriu a porta. Nós saimos da sala e eu levei ela até as escadas porque se eu subi até o dormitório feminino vai vir uma onda de garotas pra cima de mim

Sans: L/S, agente pode esquecer o que aconteceu lá na enfrmaria

L/S: sim,..........tchau

Sans: tchau

Ela subiu as escadas e quando ela sumiu da minha vista fui até o meu quarto.


Notas Finais


HEEEEENTAAAAAAAAAAAIII espero que voces tenham gostado tchau :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...