História Mahou Shoujo Madoka Magica - Connect to Magia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mahou Shoujo Madoka Magica
Personagens Charlotte, Elsa Maria, Gertrud, Hitomi Shizuki, Homura Akemi, Junko Kaname, Kazuko Saotome, Kriemhild Gretchen, Kristen (H.N Elly), Kyoko Sakura, Kyosuke Kamijo, Madoka Kaname, Mami Tomoe, Oktavia von Seckendorff, Patricia, Roberta, Sayaka Miki, Tatsuya Kaname, Tomohisa Kaname, Walpurgis
Tags Akemi Homura, Garotas Mágicas, Kaname Madoka, Kyubey, Miki Sayaka, Puella Magi Madoka Magica, Sakura Kyoko, Tomoe Mami
Visualizações 31
Palavras 1.203
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo minna, Yatogami desu!

Saiu um dia depois do que prometi, mas está aqui, o primeiro capítulo da nova versão de Connect to Magia. Tem muita coisa diferente nessa versão, já que desta vez eu pesquisei muita coisa para deixá-la bem mais parecida com o que realmente acontece na história oficial (e quando digo pesquisei muito, quero dizer que revirei a fandom de Madoka Magica do avesso) e revi o terceiro filme, já que a história começa nas últimas cenas dele. Ainda manterei a história do jogo conectada com essa aqui, assim como aquele arco focado na Homura, mas este terá uma pequena diferença que vocês notarão logo mais.

Sobre a nova capa... Bem, ela me deu um baita trabalho pra fazer, já que eu tive que ir atrás de imagens que combinassem e pensar em como montar a capa em si, mas o esforço valeu a pena. Provavelmente, eu ainda farei mais capas para os capítulos, mas ainda não tenho certeza pois isso exige muito tempo (que eu não tenho).

Eu quero agradecer a todos vocês leitores, os quais sempre estiveram comigo, me ameaçando quando demorava para postar ou algo do tipo kkkk Sou realmente grato a todos vocês, que me incentivaram de todas as formas possíveis (menos com doação em dinheiro, só porque eu precisava mesmo, mas fazer o quê né?) e que esperaram até hoje para ler essa história que é quase mais enrolada que Hunter x Hunter (com todo o respeito aos fãs).

Sinceramente espero que gostem dessa nova versão, pois deu muito trabalho não só para escrever, mas também para pesquisar. Nos vemos no próximo capítulo.



* Kono bangumi wa goran no suponsaa no teikyou de okurishimasu!
[Este programa foi trazido até você pelos seguintes patrocinadores]

• Yorozuya
• Touhou Project Cuteness
• Projeto Pequenos Escritores
• Otaku Nostalgista

Capítulo 1 - O Começo e o Fim de Tudo


Fanfic / Fanfiction Mahou Shoujo Madoka Magica - Connect to Magia - Capítulo 1 - O Começo e o Fim de Tudo

            Escuridão. Provavelmente esta era a melhor palavra para descrever onde eu me encontrava naquele exato momento. Medo. Esse era o sentimento que por algum motivo se recusava a deixar meu coração. Pressa. Era isso que eu sentia que devia ter, sentia que deveria continuar correndo por aquele lugar sombrio e silencioso.

            ─ Eu tenho... Eu tenho que me apressar, ou...

            Minha frase é cortada quando uma das grandes paredes de pedras escuras do local cai, e por muito pouco não me atinge, porém ignorei o fato e continuei correndo. Sabia perfeitamente o motivo de a parede ter sido destruída, e isso só me fez correr ainda mais rápido. Precisava chegar ao topo daquele lugar o mais rápido possível antes que fosse tarde demais. O grande arco que carregava em minhas mãos parecia pesar cada vez mais à medida que prosseguia, e o longo vestido que usava não estava me ajudando muito. Parecia que tudo ao meu redor queria me impedir de chegar até lá.

            Segundos depois eu fui obrigada a parar, pois o caminho a minha frente estava bloqueado por grandes paredes de pedras tombadas no caminho. Olhei ao redor em busca de outro lugar por onde pudesse passar, até que algo chama minha atenção. A cerca de dez metros de onde me encontrava, havia uma parede que com certeza era a mais antiga do local, pois esta estava com boa parte coberta por musgo. Além disso, ela tinha algo que as outras paredes do local não tinham: vários desenhos estranhos feitos com tinta escura, dos quais boa parte estava bem deteriorada. Aproximei-me lentamente daquele lugar, me lembrado da primeira vez que estivera ali, e ao olhar certo desenho na parede não pude evitar que uma lágrima escorrece por meu rosto. Antes que percebesse, minha mão direita já tocava a fria parede escura.

            ─ Se eu tivesse evitado que aquilo acontecesse... ─ fiz uma pequena pausa e olhei o desenho ao lado, o qual eu também reconheci ─ Vocês ainda estariam aqui.

            Outra parede próxima desabou, fazendo-me voltar à realidade. Mesmo que estivesse triste com o que havia acontecido não havia nada que pudesse fazer agora, e eu não poderia ficar me lamentando para sempre. Eu ainda tinha uma missão a cumprir, e para isso teria que deixar aquelas lembranças de lado, por mais que me doesse fazer aquilo.

 

            Após alguns minutos finalmente consegui encontrar uma passagem para continuar em frente, e logo cheguei à grande escadaria que me levaria ao topo do lugar. Enquanto continuava subindo, a aflição foi tomando conta de mim, ainda mais quando ouço um grito vindo de algum lugar logo acima, um grito que logo reconheci. Não, aquilo não poderia estar acontecendo, não agora. Ergui meus olhos para cima na espectativa de ver o que exatamente estava acontecendo lá, mas tudo o que vi foram sombras. Temendo que o pior tivesse acontecido, corri o mais rápido que minhas pernas já cansadas aguentavam, esperando que ainda a encontrasse lá.

            Finalmente chego ao topo do lugar, o qual estava completamente destruído. O céu estava coberto de nuvens escuras, como se fosse chover a qualquer instante. Olhei aflita para os lados a procura dela, mas não pude a encontrar e isso começou a me preocupar. Enquanto olhava ao redor a procurando, pensei se realmente teríamos chance de vencer aquela última luta, e ao observar de como estava à visão da cidade eu comecei a duvidar daquilo. Parecia simplesmente impossível que poderíamos vencer. Pensando isso, não pude evitar que meu corpo desabasse no chão e que eu começasse a chorar. O restante de esperança que eu tinha se foi quando meus olhos enfim encontram quem eu procurava, caída a vários metros de onde me encontrava e em uma posição que não era comum. Ela estava com um dos braços estendidos para cima, como se quisesse indicar onde estava, mas não parecia ter forças para se levantar. Naquela hora o desespero tomou conta de meu corpo, e mesmo que eu tentasse me levantar eu não conseguia.

            ─ Não... Por favor, isso não pode estar acontecendo. ─ ao ver seu braço desabar no chão eu não aguentei e coloquei as mãos no rosto, na inútil tentativa de controlar as lágrimas que continuavam a cair, agora com mais frequência ─ Não me deixe... Não me deixe aqui sozinha novamente...

            Uma fina garoa começa a cair no local, a qual logo é seguida por uma risada inconfundível. Aquela risada significava que a garota não havia conseguido cumprir seu objetivo, além de mostrar que a criatura acima de mim sentia que já havia vencido. Ela também sabia que apenas uma pessoa não poderia vencê-la, sabia que aquilo seria impossível. Estava tudo acabado, tudo o que havia feito até aquele momento foi em vão...

            Sabendo o que aconteceria em seguida, lancei um olhar triste para cima, em direção ao inimigo, o qual apenas me observava agora, silenciosamente. A criatura era um ser humanoide enorme, tendo o tamanho aproximado de uma montanha, e várias nuvens escuras estavam ao redor dela. Seu corpo parecia ainda estar em formação, e seu corpo era pequeno e possuía longos braços abertos, enquanto apenas metade de seu rosto era visível. Sua cabeça tinha uma forma semelhante a um disco, e sua boca aberta assemelhava-se à lua. Aquela criatura era o último inimigo que precisávamos derrotar...

            Aquela criatura era eu.

            ─ Kriemhild... Gretchen... ─ minha voz soou estranha até mesmo para mim. Aquela era a última bruxa, a Bruxa da Salvação, algo criado por minha culpa. Sentia tanta tristeza naquele momento que deixei que minhas mãos que antes cobriam o rosto desabassem em direção ao chão. Agora que ela havia surgido, não havia motivos para lutar... Todas estavam mortas, e isso fora culpa minha. Eu poderia tê-las salvado se tivesse feito direfente, se tomasse outras decisões... Mas por minha culpa, minhas amigas estavam mortas agora.

            A bruxa começou a rir novamente, fazendo com que eu me lembrasse de todos os momentos felizes que passei ao lado das garotas, momentos estes que não voltariam mais. Todos os nossos sonhos e desejos, todos eles foram destruídos. Eu sabia perfeitamente o que aconteceria comigo em breve, e por isso a última coisa que fiz foi olhar em direção ao corpo imóvel da garota que estava a metros de mim. Seu longo cabelo escuro agora estava colado ao rosto por conta da chuva, mas mesmo assim não deixava de ser belo.

            ─ Me desculpe Homura-chan... ─ Assim que digo isso tudo fica escuro.

 

 

 Começo a ouvir um estranho barulho, o qual estava quase inaudível, mas aos poucos ficou cada vez mais alto. Só então eu percebo o que está acontecendo e abro os olhos, os quais fitam o teto de meu novo quarto. Tateei a pequena mesa ao lado de minha cama as cegas a procura do despertador par desligá-lo, e logo o encontro. Preguiçosamente eu me sento na beira de minha cama, e ao fazer isso sinto uma pequena lágrima escorrer de meu rosto. Sem saber o motivo, comecei a me sentir triste, como se estivesse caindo em um grande abismo, e antes que a lágrima caísse no chão eu a sequei com um dos dedos, soltando um longo suspiro logo em seguida.

            ─ Foi apenas um sonho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...