História Maia. (Hiatus) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Exibições 197
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AVISOS IMPORTANTES:

• Essa fanfic faz parte do projeto para saber qual fanfic minha vocês querem ler primeiro. Estou postando apenas o prólogo e através das reações de vocês, continuarei a atualizar a fanfic escolhida quando NR e TAUS (outras fanfics minhas em andamento) acabarem.

• Por isso, saber a opinião de vocês é importante. Darei prioridade para a fanfic que as leitoras mais gostarem e deixarei as outras na fila de espera.

• Para manifestar sua opinião, vale tudo: Favoritar a fanfic, comentários, fale comigo no twitter (@anneirwin_) ou no whatsapp. Tenho um grupo para leitores das minhas fanfics e se você tem interesse em entrar, me mande seu número e o código da cidade que eu te adiciono.

• Para esclarecimentos sobre o meu método de atualização e essas votações, deixarei o Jornal onde expliquei tudo nas notas finais.

• Outros prólogos que estão incluídos na votação estarão elencados nesse mesmo jornal, caso você queira dar uma olhada nas outras opções de fanfics. Terá uma do Michael Clifford que postarei amanhã.

• Cada capítulo terá uma música tema. Eu sugiro que você leia esse capítulo ao som de Guys My Age da banda Hey Violet.

• Estou postando uma fanfic do Zayn Malik e uma do Luke Hemmings, se você tem interesse em acompanhar, deixarei os links das notas finais.


• Contato para falar das fanfics @anneirwin_
• Siga-me no instagram para acompanhar mais coisas que eu escrevo e minha rotina @avidaemteoria

Capítulo 1 - Guys My Age


Fanfic / Fanfiction Maia. (Hiatus) - Capítulo 1 - Guys My Age

'Cause you hold me like a woman

In a way I've never felt before

And it makes me wanna hold on

And it makes me wanna be all yours".

(Porque, você me abraça como uma mulher,

De um jeito que eu nunca senti antes

E isso me faz querer segurar firme

E me faz querer ser toda sua).

Guys My Age - Hey Violet

 

 

Eu odeio clichês. Mas, minha garota me mantém presa em um.
Sou Maia, uma modelo em ascensão que assinou a merda de um contrato para namorar Casey Moreta, guitarrista da banda Hey Violet. Tudo iria dar certo e eu seria reconhecida mundialmente se não fosse por um pequeno detalhe:
Rena Lovelis, a vocalista de cabelo rosa me hipnotizou desde o primeiro dia. O sorriso mais maravilhoso que já vi na vida acompanhado de olhos verdes e uma personalidade forte. Eu era completamente dela, mas ela nunca era totalmente minha.
De maneira patética, eu sofria dia após dia por uma garota que sabia me amar da maneira certa, mas iria me torturar por pura diversão. Quanto mais eu odiava os clichês, as pessoas vítimas de uma grande paixão, mais eu me tornava uma delas.
Mas, eu nunca me arrependeria do inferno que ela me fez passar do início ao fim. Se meu sofrimento era a sua diversão, eu iria sofrer para o resto da minha vida. Rena era minha única razão para existir. Eu respirava Rena. Eu era viciada em todos os seus trejeitos, manias e cheiros.
Como se eu já não tivesse problemas o suficiente, o baixista da 5 Seconds Of Summer não largava do meu pé.
Calum Hood, fumante compulsivo, calmo como uma samambaia e com uma piada sempre pronta. De alguma maneira esquisita, ele se tornou meu melhor amigo. Talvez por namorar Nia, irmã de Rena, e por sempre estar por perto mesmo quando eu não queria.
Se eu era apaixonada por Rena, Calum era carta fora do baralho. Pelo menos, eu achava que seria. Então por que sua voz insistia em tocar como um disco riscado na minha cabeça? Por que toda noite eu corria para ele até que seu abraço se tornou meu esconderijo secreto? De alguma maneira idiota, Calum achava que poderia me salvar.

Salvar do quê?


Eu nunca pedi para ser salva, em primeiro lugar.

 

---*---

 

O beijo dele foi lento. Ao contrário de tudo que eu imaginava, ele fez algo acender dentro de mim. Há quanto tempo eu não sentia aquilo por um homem? Talvez, eu nunca tivesse sentido nada parecido por um homem. Eles nunca prendiam minha atenção, eu sempre me distraía fácil, mudava de ideia com rapidez. Talvez, eu devesse culpar o babaca do meu padrasto, mas não queria ser mais uma clichê, como já disse.

Mas, com ele foi diferente. Suas mãos seguravam meu rosto com cuidado e seu beijo denunciava algum sentimento escondido que eu tentava decifrar.

Mal eu sabia que naquele momento, tudo viraria uma bagunça. Como se antes já não fosse bagunçado ou problemático o suficiente.

- MAIA! – Eu ouvi a voz dela, assustada e empurrei Calum para longe. Meu coração acelerou. Os olhos verdes da minha namorada me encaravam com surpresa. Mas, em vez de ela me atacar, eu a observei empurrar Calum com toda força contra a parede. As costas dele chocaram contra o concreto enquanto ele continuava aturdido. – O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO? VOCÊ ESTÁ MESMO BEIJANDO A MINHA GAROTA?

- RENA! Vamos conversar, pare! – Eu tentei puxá-la, mas ela me empurrou com força, me fazendo cair no chão gelado.

- SEU DOENTE! – Ela gritava, irada, dando socos no peito de Calum que apenas a encarava, irritado, sem dizer uma palavra. – VOCÊ É NAMORADO DA MINHA IRMÃ! ISSO É DOENTIO DEMAIS! – Um soco finalmente acertou o rosto de Calum e eu me levantei num pulo, mas Cal foi mais rápido e segurou os braços de Rena com força. Eu fiquei paralisada. Ele estava machucando ela?

- RENA, CALE A BOCA! – Ele gritou. Calum nunca gritava. Calum nunca perdia a paciência. Tudo girava. A bebida em meu estomago queria voltar. – VOCÊ ESTAVA ATÉ AGORA BEIJANDO OUTRO!

- O MEU RELACIONAMENTO NÃO É DA SUA CONTA, CALUM! – Ela gritou, furiosa, tentando se soltar dele. – VOCÊ É UM TRAÍRA FILHO DA PUTA! SOLTE-ME!

- Solte ela, Calum! – Eu pedi, tentando soltar as mãos dele. Eu sabia que Rena nunca admitiria, mas ele estava a apertando com muita força.

- SOLTE-ME! – Rena ralhou, feroz, enquanto Calum se mantinha calado, fitando os olhos da minha “namorada” friamente.

- SOLTE ELA, CALUM! – Eu gritei, agoniada, colocando minhas mãos sobre as dele, tentando livrá-la. – SOLTE! VOCÊ ESTÁ MACHUCANDO ELA! – Eu pedi, desesperada. – POR FAVOR, NÃO MACHUQUE ELA! – Eu ia chorar, enquanto Rena se mantinha firme. Calum a soltou finalmente, fazendo-a cair no chão. – RENA! – Eu a ajudei a levantar prontamente, mas assim que ela ficou em pé, me deu um empurrão com força, me fazendo cair no chão novamente.

- SUA VADIA! – Ela gritou para mim com fúria nos olhos verdes que eu tanto amava. – EU ODEIO VOCÊ! EU SEMPRE SOUBE QUE VOCÊ ERA UM LIXO! – Ela gritou antes de virar as costas para mim.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...