História Mais amor, por favor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Lay
Tags Baekxing, Laybaek
Exibições 227
Palavras 798
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


No mundo das fanfics eu sou tão negativada quanto um devedor que tem o nome sujo em todas as praças, isso porque eu devo história pra meio universo e talvez seja essa explicação para eu não estar dormido muito bem, já que estou sempre lembrando das minhas dívidas - "meu deus, eu escrevi aquela fanfic pra fulano?" Se eu devo algo para você, calma lá, eu demoro mas pago tudo.

Essa aqui eu prometi para a Dani-panda. Não é lá aquela que tu merece, mas foi feita de coração. Espero que goste.

De qualquer modo, agradeço a quem vier favoritar ou ler!

boa leitura~~

Capítulo 1 - Capítulo Único


 

Yixing era da época do noventa e pouco, onde as pessoas tinham de tudo, menos o medo de se entregar por amor. Talvez por isso carregasse sempre consigo aquele ar de moleque feliz das ruas estreitas de Changsha, vivendo com um sorriso atrevido brincando na boca como o mandarim gostoso de se ouvir na calada da noite, através de uma ligação meio chiada no celular. Ele também nunca foi do tipo que desejava ter bastante, nem ambicioso Yixing era. Curtia mais do simples, nada muito complicado que fosse tão difícil de descomplicar, preferindo colher a brisa salgada na pele, viajar de um oceano a outro dentro daquele uniforme bem-passado, os pés sobre água a mais tempo do que fora do mar. Mas Baekhyun o fazia se sentir alterado, ambicioso ao ponto de querer deixar para trás a maresia de muitos sonhos.

E o tempo no calendário colado na parede da cabine de Yixing fazia uma tempestade daquelas subir no peito com um, dois, três meses, horas, segundos e minutos se passando lentamente, tal como aquela torneira da pia com defeito que pinga e pinga de teimosa no silêncio de uma casa em constância, aumentando a vontade boba de pular no oceano frio e nadar a braçadas de desespero até o namorado do outro lado do mundo, este que dormia sozinho agarrado aos resquícios que Yixing deixava pelo apartamento pequenininho, de paredes cheirando ao homem que invadia seus pensamentos de quem é apaixonado. 

Quando juntos, Yixing só queria transbordar Baekhyun pelo resto de dias que teriam para matar a distância.

Apertar aquele corpo gostoso escondido debaixo do moletom furado alimentava ideias perversas, deixando sua boca domada por saudade molhar o pescoço de Baekhyun com beijos sussurrando exigentes que ficariam acordados durante a madrugada toda – Quero fazer amor com você assim, devagarinho. O tesão espremido na calça exigia carinho ao ouvir o namorado resmungando ao pé do seu ouvido palavrões sujos em mandariam arrastado, o traseiro apetitoso sendo esmagado contra seus dedos. E a cada resposta de Baekhyun para as maldades que Yixing fazia em seu corpo, existia a certeza que seria difícil ir embora para longe mais uma vez.

A parte mais divertida era aquela em que Baekhyun desabotoava a camisa de Yixing com a cabeça nas nuvens, enquanto os dedos meio que tremiam perdendo o foco facilmente por um sorriso ganho. Acabava puxando tudo de uma vez, irritado, adicionando outra camisa estragada à vasta coleção.

– Eu realmente gostava dessa, Baekhyun.

– E eu gosto mais de você sem ela.

– Muda alguma coisa se eu falar que era minha favorita?

– Muda alguma coisa se eu falar que minha boca ainda está com saudade de você?

– Um bom argumento.   

– Tenho vários outros, mas agora você deve só continuar me beijando.

Yixing sentia falta daquilo, de ficar enfiado debaixo do cobertor com o corpo macio de Baekhyun grudado ao seu depois de horas matando a carência de gostar um do outro e viverem separados em pedaços de tempo. Colocava os dedos frios para dedilhar a pele nua das costas de Baekhyun, escorrendo tímidos ao traseiro rosado de puxões e apertos, enquanto mantinha os olhos presos no rosto adormecido no travesseiro, a boquinha formando um bico pequeno na medida em que sentia em meio ao sono os dedos do namorado o acariciando lento; aquilo era bom, era o sentimento de ter um lar com alguém. E Yixing mal dormia, preferia ficar atento a cada nuance que Baekhyun mostrasse para si.

O modo como Baekhyun se remexia ao sentir um beijinho na nuca, ou aquele sorriso que escondia ao virar a cara por ouvir os sussurros em mandarim do namorado em sua orelha; quando Yixing o prendia nos braços, num laço apertado, e acarinhava seus cabelos aprofundando a felicidade com imagens bonitas onde acordava ao lado do outro e podiam fazer amor matinal até o meio-dia.

Por fim, Baekhyun acabava nem dormindo. Não conseguia também. Acordava no meio da madrugada, quase quando os primeiros sinais de um dia bonito começava a dar olá de modo acanhado no céu. Via Yixing ali consigo, um sorriso estúpido na boca machucada de tanto beijar, e sentia o peito se derreter. Não demorava para que passassem a se falar baixinho, com medo de que as confessas fossem roubadas pelo vento, e viesse olhos desejosos, a boca insaciável e o corpo atrás de doçuras.       

Era sempre Yixing que dizia aquela sentença curta que andava de dedos entrelaçados ao para sempre juntos. Baekhyun não dizia. Não era do tipo que falaria, mas Yixing sabia da verdade contida nos abraços muito apertados, dos beijos enquanto cozinhavam o almoço juntos, dos olhares no meio do banho, dos sorrisos na hora de dormir. Não precisava ser dito. Especialmente quando Baekhyun nunca negava aos pedidos de Yixing para ganhar um pouquinho mais de amor.

 


Notas Finais


obrigada por ler ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...