História Mais Para Além Do Que Vês - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 1
Palavras 440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Hey meus leitores..eu sei, eu sei "Cadê o próximo cap? Porquê a demora?" Pois bem eu peço imensas desculpas. Eu passei por uma má fase mas agora estou de volta pra vcs. Espero que gostem do capítulo ♡
(Não revisado)

Capítulo 4 - Uma visita de apoio


-----------POV KATE----------
Após aquele abraço ela foi-se embora. Andei até ao frigorífico e abri o mesmo. Porra, só há leite de soja. Odeio soja. Desisti da ideia do leite e andei de volta até ao meu quarto. Em cima da secretária está o meu telemóvel. Clico na tecla principal do mesmo e vejo que tenho 1 mensagem no whatsapp. Ao abrir a mensagem vejo que é do Connor. Connor Sanders, meu melhor amigo desde os 4 anos de idade. Apaixonado por Sarah Park, a menina rica do colégio. Nem percebo o que ele vê nela, se calhar os rapazes gostam mesmo de raparigas fúteis e vaidosas. Na mensagem ele dizia que já sabia o que tinha acontecido e que no dia seguinte iamos falar sobre isso.
-Ahhh -suspiro- parece que não tenho escolha...
Desligo o ecrã do telemóvel e atiro-me para a cama. Um monte de memórias passam pela minha cabeça. Acabo por sentir os olhos a fecharem-se e adormeço. "Os meus sonhos são confusos. Vejo muitas coisas que não reconheço, imagens andam atrás de mim. Corro mas depois tropeço e caio, ao olhar em volta vejo que está escuro, dou uns passos em frente e vejo uma luz que decido seguir."
------------10:42 AM-----------
Acordo com a campainha a tocar frenéticamente. Pego na almofada e tapo a minha cara mas a campainha continua a tocar.
-Caralho! Não há ninguém que possa abrir a porta nesta casa?! -tiro a almofada da cara e mando a mesma contra a parede. Aí Ahhhh  que estou sozinha.- Parece que não...
Calço as minhas pantufas e desço as escadas apressadamente e ando até á porta.
-Mas quem pode ser a estas horas?-digo resmungando.
----------POV CONNOR---------
A Kate abre-me a porta apenas de pijama. Pelo seu olhar percebi que a acordei mas não podia deixar que ela ficasse naquele estado. Abracei-a e depois seguimos para a cozinha.
-Queres comer algo?
-Sim se faz favor -não ia mentir. Estava varado de fome e esta coisa de apoiar as pessoas deixa qualquer um esfomeado.
Ela serviu me um prato com ovos e bacon e ela comeu o mesmo. Comemos falando das férias e do que ela esperava do resto do verão mas sempre evitando o assunto principal.
Acabámos de comer e por fim ela explícou me o que se tinha passado no dia anterior. O resto já sabia.
-Mas que lata ele tem! Eu vou dar lhe... -ela interrompeu me.
-Pára. Acho k deves ver uma coisa.
Ela levanta-se e sobe as escadas. Chegamos ao quarto dela e ela abre um pequeno bau com um único bilhete nele.
Ela entrega-mo em mãos e eu logo começo a ler...


Notas Finais


Espero que tenham gostado ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...