História Mais que Amigos - Capítulo 36


Escrita por: ~ e ~BellaNaty

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Sumner, 5sos, Amantes, Amigos, Hemmings, Luke, Segunda Temporada
Exibições 163
Palavras 2.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


GENTE VOLTEI.

Nossa, ontem faltou luz o dia todo na minha cidade (o que me deixou desesperada) mas eu to de volta!

Vejo vocês lá embaixo!

Capítulo 36 - Celular



Jen's POV

Acordei com Luke se mexendo meio inquieto de manhã, não sei o que estava acontecendo com ele.

- Luke, o que foi? Porque ta se mexendo tanto? - perguntei de olhos fechados.

- O lençol desprendeu da cama e colou no meu pé. - ele disse e eu acabei rindo. Nem acredito que to mesmo vivendo esses problemas idiotas de casal.

- Deixa eu te ajudar. - disse esticando minhas pernas e tirando o lençol do pé dele. - Pronto.

- Valeu. - ele agradeceu.

- De nada. - disse me virando para o lado oposto dele, ficando com as costas na visão dele.

- Você tem visto as meninas? - ele perguntou.

- Winnie, Mel e Bianca? - perguntei. - Viajaram pra falar com os familiares.

- E o Abraham? - perguntou.

- Ta com a Bianca. - disse. - Eles me mandam mensagem todo dia.

- Ah, então ta. - ele disse se dando por vencido. Eu volte a fechar os olhos quando sinto uma mão em minhas coxas.

- Jura? - perguntei já acostumada com aquilo. Luke não podia me ver acordada.

- Para de ser chata, fiquei quase um mês longe de você. - ele falou colocando a cabeça na minha barriga.

- Eu sei, e isso quer dizer que eu vou ficar toda hora com você? - perguntei passando a mãos pelos cabelos dele.

- Não seria má ideia. - ele disse rindo. - Mas não, eu estava pensando.

- No que? - me virei de frente pra ele.

- A gente. - ele falou.

- A gente...? - perguntei curiosa.

- Não é errado isso que fazemos? - ele perguntou.

- Isso o que?

- A gente mora junto, a gente fica, e nós somos apenas namorados. - ele disse e eu resmunguei.

- Você ta mesmo preocupado porque eu não sou casada com você? - perguntei rindo.

- Pra falar a verdade, sim. - ele disse.

- Luke, eu tenho dezenove anos, você também. - eu disse. - E meu amor, se liga! Minha mãe não se importa, sua mãe não se importa, ninguém se importa. - disse e ele riu.

- Seu pai se importa. - ele falou. - Talvez se eu...

- Luke, acha mesmo que matrimônio resolveria seu problema com Richard? Ele te mataria se soubesse que quer casar comigo. - disse e ele riu.

- Minha linda, acha mesmo que eu quero casar com você? Eu tenho muito peitinho pra pegar ainda! - ele disse fazendo cara de metido.

- Besta. - falei empurrando a cabeça dele. - E vai tomar banho, vai apagar esse fogo. - apontei pra porta do banheiro.

- Ta bom, mãe. - ele disse pegando uma toalha e indo ao banheiro. - Ah, pode pegar uma roupa pra mim lá em casa?

- Ta. - eu respondi me levantando.

Escutei o chuveiro sendo ligando e eu andei até o banheiro afim de escovar os dentes. Abri a porta sem me importar com ele lá dentro despido.

- Bate na porta! - ele reclamou.

- Já te vi sem roupa, nada que me interesse agora. - disse e ele riu.

- Vem tomar banho comigo. - ele perguntou colocando a cabeça pra fora do box.

- É... Não. - disse irônica enquanto pegava minha escova de dentes.

- Porque?

- Porque eu não quero agora, eu vou tentar achar a Bella e falar com ela.

- E de noite? - perguntou.

- Ta, mas não me interrompe mais. - disse e ele sorriu fechando o box.

Escovei os dentes e saí do banheiro passando pelo quarto e indo direto para a sala de estar. Escutei um berro de Ash.

- Poh, eu já falei que ela é minha namorada! - ele berrou. Que merda tava acontecendo ali?

- Bella... - fui chamar, mas acabei dando de cara com Shawn, Bella e Nash.

- Jen! - Shawn e Nash disseram juntos. Merda, eu ainda tava de pijama.

- É... O que vocês estam fazendo aqui?

- Shawn disse que tem uma música nova e ele que eu cantasse junto com ele. - Bella explicou e Ash não estava com uma cara nada boa.

- Ela não quero que ela faça uma música com vocês, pronto! - Ash falou segurando Bella pela cintura.

- Ash, menos, né? - eu falei.

- É, Ash, Shawn está resolvendo assuntos profissionais comigo. - Bella disse beijando ele.

- Ok. - ele se convenceu.

- O que estavam falando? - perguntei.

- Shawn quer fazer uma parceria comigo... Você ta de pijama? - ela perguntou olhando meu pijama de Pikachu. Sim, o meu pijama era branco cheio de Pikachu espalhados por ele, ela uma blusa de manga normal e uma calça.

- Sim, estou, e que dia vocês vão começar a gravar? - perguntei.

- Talvez essa semana, ainda temos que resolver. - Shawn disse. - Cameron ia gostar desse pijama.

- Só não fala perto do Luke. - disse e eles riram.

- Jen! - Luke me gritou.

- Já vou! - gritei de volta. - Eu tenho que ir no apartamento dos meninos e já volto.

- O que vai fazer lá? - Shawn perguntou.

- Vou pegar o vestido da princesa. - disse e eles acabaram rindo. Eu estou me tornando uma comediante, isso é bom.

Passei pelo nosso apartamento e fui até o elevador, chamei ele pro meu andar e esperei ali na porta me balançando nos calcanhares. Nem percebi quando uma pessoa parou ao meu lado e praticamente pulou me observando. Achei aquilo estranho, mas aí me lembrei que eu tinha estourado na fama semana passada.

- Você não é a Jennifer Oliver? - ele perguntou.

- Sim. - falei me virando pra ele com um sorriso. Era um garoto com os cabelos lisos e pretos, os olhos castanhos.

- Cara, eu vi o seu clipe umas trezentas vezes. - ele disse e eu ri. Percebi que ele estava meio nervoso.

- É sério?

- Sim. - Ele confirmou.

- Nem tem nada demais naquele clipe. - eu me fiz de modesta.

- Sim, eu sei, é melancólico. - ele disse e eu assenti. - Só que a sua voz... - ele não terminou a frase, ficou me olhando no fundo dos olhos.

- Gostou da minha voz? - perguntei.

- Sim, não só a sua, mas as das outras meninas também. - ele disse. - Mas eu não sei, você parece diferente delas, deixa um ar de mistério.

- Entendi. - disse sorrindo.

- Desculpa, mas você ta de pijama? - perguntou.

- Você não é a primeira pessoa que pergunta. - falei rindo. - Sim, eu to indo no apartamento do meu namorado pra pegar uma coisa lá.

- Você namora? Nossa, é muita informação. - ele disse rindo.

- Sim, eu namoro. - disse.

- É alguém famoso? - curioso.

- É, tecnicamente. - falei. - É um da 5 Seconds Of Summer.

- Jura? E quem é? - perguntou.

- Ah, é o... - a porta do elevador se abriu e Mike estava lá mexendo no celular, ele levantou o olhar quando me viu. .

- Pokémon! - ele falou quando me viu e me fez rir.

- Oi, Mike. - falei abraçando ele quando o mesmo saiu do elevador.

- Aonde vai, Pikachu? - ele perguntou.

- Vou no seu apartamento pegar uma coisa. - falei.

- Ah, tudo bem. E eu tenho que falar com você depois.

- Ta bom. - eu respondi.

- Até mais Jen, até mais amigo da Jen. - Ele se despediu arrancando uma risada minha.

- Uau. - o garoto disse. Entrei no elevador com ele.

- Nós moramos aqui, vai ver muito a gente cambaleando por aqui.

- Isso vai ser interessante. - ele disse tirando uma coisa do bolso. - Se importa de tirar uma selfie comigo?

- Não. - disse e fiquei ao lado dele. Ele tirou a foto comigo e beijou meu rosto, não esperava por isso.

- Valeu. - ele disse.

- Não tem de que. - mostrei um sorriso caloroso pra ele. O elevador abriu e eu fui saindo.

- Jen. - me chamou e eu me virei. - Vou voltar a te ver?

- Claro... - eu na sabia o nome dele.

- Josh. - respondeu.

- Depois a gente se fala, Josh. - disse acenando e caminhando em direção do apartamento dos meninos.

Entrei nele dando de cara com o Calum dormindo no sofá. Meu humor estava muito bom hoje, então acho que dava ora zoar ele. Me posicionou atrás do sofá e levantei o sofá fazendo Calum cair no chão e acordar automaticamente.

- Que porra é essa? - ele gritou.

- Oi, Cal. - disse falsa com um sorriso.

- Transou foi? - ele perguntou arrancando minha risada.

- Não, porque?

- Você ta parecendo uma criança com pirulito na mão... - ele parou e me olhou malicioso. - Luke te deu pirulito, né?

- Calum! - barreu.

- Fazia tempo, né? Já tava com a boca salivando de saudade do pirulito, né?

- Credo, você fala besteira demais! - disse jogando uma almofada nele.

- Ai, não dá pra agradar as mulheres. - ele fez uma vozinha me zoando.

- Trouxa. - falei andando pelo apartamento dele.

- Ei, ta invadindo meu reino, querida. - ele levantou e veio pro meu lado.

- Desculpa, é que tem um mendigo lá em casa com o sobrenome Hemmings que precisa de roupa. - disse e ele riu.

- Julgando pela noite de ontem, ta mais pra ator pornô. - Calum riu comigo. Eu andei até o quarto de Luke e fui até o guarda roupas dele.

Peguei uma cueca box preta, uma camisa branca, uma calça skinny preta, eu sei que ele vai exigir isso, e meias.

- Quando é que ela volta? - Calum perguntou.

- Winnie?

- Não, a Barbie. - ele disse rindo. - É claro que é a Winnie.

- Eu não sei, ela não me falou ainda, os pais dela estão preocupados com essa de ela se tornar famosa. - disse e ele remungou na porta.

- Eles devem me detestar. - disse ele com preguiça na voz.

- Não seja cruel consigo mesmo. - disse saindo do quarto. - Ela está apenas resolvendo com os pais dela.

- Eu espero que ela volta, tenho saudades dela. - ele disse.

- Sei como é. - disse me aproximando dele. - Quando ela voltar, eu prometo que tiro todo mundo de casa pra você aproveitar com ela.

- É por isso que eu te amo. - ele falou abrindo os braços. Abracei ele e ele beijou o topo da minha cabeça.

- Eu gosto do meu amigo. - disse sorrindo.

- Está de pijama? - ele perguntou.

- Argh! - rosnei. - Adeus, Hood.

- Ei. - ele me chamou. Mandei beijinho por cima do ombro e voltei até o meu apartamento.

(...)

- Porque demorou? - Luke perguntou. Ele estava sentado na cama mexendo no celular, apenas uma toalha passada pelo quadril.

- Parei pra falar com um fã. - ele me olhou fundo nos olhos. Ops.

- Um fã? Quer dizer um cara? - ele perguntou.

- Sim. - respondi inocente.

- E o que a senhorita fez? - perguntou se levantando. Luke era alto e as vezes me assustava.

- Eu tirei uma foto, e ele me beijou.

- Ele o que? - disse um pouco alto.

- Luke, para com essas crises. - falei. - É só um fã.

- Hm, ta bom, senhorita pijaminha apertado. - ele disse. - To de olho em você.

- Me chamou do que? - perguntei.

- Pijama apertado. - ele disse. - Ah, devo acrescentar, mostrando sua calcinha vermelha e sexy. Sua bunda ta uma delícia, gostosa. - ele mordeu os lábios pra mim.

- Credo, vou começar a andar como uma freira. - disse jogando as roupas dele na cama.

- Obrigado, madre superior. - ele me pirraçou.

- Idiota. - falei e ele sorriu. - Eu não entendo.

- O que você não entende, gata?

- Seu ciúmes compulsivo, parece até que eu vou te largar por qualquer modelo da Calvin Klein. - disse e ele se virou sarcástico pra mim.

- Quase aconteceu com o Dallas, não é, delícia? - ele disse irônico.

- Ok, eu me calo, Luke. - disse sorrindo.

- Ótimo. - ele tinha terminado de se vestir.

Notei que não tinha o metal na boca dele.

- Cadê seu piercing? - perguntei e ele mexeu no lábio.

- Tirei ele pra tomar banho...

- Vai colocar. - disse apontando para o banheiro.

- Ta, bom. - ele foi até o banheiro e voltou com o metal na boca.

- Muito bem. - disse e ele me agarrou pela cintura.

- Porque faz tanta questão dele?

- Porque sem ele não é você. - falei beijando ele nos lábios. - Agora, vamos que o Mike quer falar comigo. - puxei ele pra sair do quarto, mas ele me puxou de volta.

- Vai se vestir antes que eu tenha que te vestir. - ele disse me direcionando para o meu guarda roupas.

- Ta. - respondi. Vesti uma roupa que eu já estava acostumada, calça jeans, All Star,  e uma camisa longa.

- Agora sim, vamos. - ele me puxou me levando até a sala. Os meninos ainda conversavam com a Bella e dessa vez Mike estava lá.

- A princesa já vestiu o vestido. - Bella disse e Luke levantou uma sobrancelha.

- Que? - Luke perguntou.

- Não liga, amor. - disse beijando o rosto dele.

Shawn e Nash intercalavam o olhar pra mim e Mike que estava sentado apenas mexendo no celular.

- Michael. - Nash chamou ele.

- Fala. - Mike disse dando atenção.

- Vai deixar sua namorada assim? - Nash perguntou.

- Que? - Mike perguntou.

- A Jen. - Ele disse apontando pra mim.

- De novo. - Mike disse olhando ora mim e nós gargalhamos muito alto. Luke não gostou de novo do papo.

- Porque vocês estão rindo? - perguntou.

- Jen e eu somos amigos. - Mike disse.

- Nossa. - Shawn disse.

- Vocês parecem combinar tanto. - Nash comentou.

- Pode ser, mas eu namoro o Luke. - falei olhando pra Luke. Ele ainda não tinha gostado do assunto, Luke não gostava quando diziam que ele não parecia meu namorado.

- Entendi. - Shawn se deu por vencido.

- Falando nisso, Jen, tem uma coisa que me fez rir muito hoje de manhã. - Mike disse mexendo no celular.

- Diga. - pedi.

- A Netflix mandou um email pra mim. - ele disse.

- Caramba, lê ele. - pedi. Ele passou a ler.

- "Hey, Michael. Gostaríamos de convidar você e sua namorada, Jennifer Oliver, para fazer nossa nova propaganda." - ele leu e eu passei a rir com Bella.

- Ta, Mike, não precisa continuar. - disse rindo. - Diz que aceita e fala pra eles marcarem o dia.

- E vocês vão ser namorados na propaganda? - Luke perguntou.

- Provavelmente. - falei.

- Hm, fala comigo depois. - Luke soltou minha mão e foi se afastando indo pra porta.

- Ah? Amor, volta aqui. - chamei ele, mas ele já tinha passado pela porta.

- Acho que ele ta meio enciumado. - Nash comentou.

- É, eu vou falar com ele. - disse caminhando até a porta, mas meu bolso começou a vibra e peguei o aparelho.

Não era o meu celular, era o do Luke, devo ter pegado o dele por engano. E achei impressionante quem estava ligando.

Richard.






Continua...


Notas Finais


VOCÊ VAI TOMAR NA CARA RICHARD!

Eu tava com saudades de escrever kkkkk

Amanhã eu vou escrever "só um acordo" pq agora o tablet ta carregando.

Comentem sobre o capitulo, vcs sabem que eu amo quando vcs comentam ❤

Bye bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...