História Mais que um amigo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens JR
Tags Jinyoung Jr Got7
Exibições 5
Palavras 812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Oque eu passei e como resolvi


Fanfic / Fanfiction Mais que um amigo - Capítulo 1 - Oque eu passei e como resolvi

Eu estava indo para a casa do meu namorado

Hoje era o nosso aniversário  de namoro,2 anos, sabe oque é você  viver com a pessoa por 2 anos,  você  quer ficar com ela toda hora, você  pensa nela toda hora sem parar e até sonha em se casar com ela?, voltando,  eu estava indo para casa dele, quando cheguei lá  estranhei porque  a porta estava aberta, entrei na casa e chamei por ele, mas não  ouvi nada, fui até  a cozinha para ver se ele estava lá, quando saio do cômodo, vou até  o quarto dele, mas antes de abrir a porta, penso duas vezes, o'que será que ele fazendo? Geralmente quando isso acontece  o namorado está traindo a namorada, foda-se eu me vingo depois, abro  a porta e vejo uma coisa totalmente  diferente  ele estava deitado, dormindo, sem nenhuma  piranha do lado dele, fiquei aliviada por um 1 minutos, me aproximo mais da cama, em seguida a porta do banheiro  se abriu, saindo uma menina loira, apenas a toalha cobria sei seu corpo nu.

- Quem é você ? - ela pergunta se aproximando dele.

- como  assim quem sou eu? eu sou a namorada dele, eu acho.

Ela sacode o corpo do mais velho tentando acordá-lo.

- o'que foi?  -ele perguntou sonolento.

- a sua namorada  - ela diz um pouco baixo  

Ele levanta assustado,mas antes que fale alguma coisa, eu saio andando, nem olho para trás apenas ando para saída que estava perto, de repente sinto alguém agarrar o meu braço, olhei para trás  e era ele.

- por favor, não  é o'que está pensando - ele e implora, típico de traição, não  digo nada, apenas solto o meu braço da mão dele e vou embora.

(...)

Quando cheguei em casa, me sentei no sofá e  começo a chorar, fiquei horas  chorando, sem saber oque fazer pra seguir a vida sem pensar nisso, tudo que planejei por água abaixo, nada sai do jeito que queremos mas fazer oque, peguei o meu celular  e disquei o numero do meu melhor amigo, Jinyoung, ele é meu amigos desde o  colegial e é o único que pode me ajudar nisso, sempre que eu preciso ele está lá,o telefone chama, chama , chama, até  que ele atende.

Ligação/on

- alô? - ele pergunta.

- alô,Jinyoung?, está ocupado~ - tento fazer uma voz normal mas sem sucesso a voz saiu trêmula e quase choro.

- não, o'que aconteceu, está tudo bem? - ele pergunta preocupado, dava para perceber só pela voz que ele estava.

- é que, acabou, acabou tudo - digo essa palavras e basta a entender.

- entendi, estou indo - ele desliga em seguida.

(...)

Eu estava segurando meu choro, para não  parecer tão  acabada assim, não  queria mostrar a minha fraqueza mesmo que fosse para o meu melhor amigo, de repente a campainha toca, eu me levanto e vou abrir a porta, já sabia que era o Jinyoung, então  não  me preocupei em perguntar quem era, abri a porta e lá  está ele, com um fardo de cerveja e chocolate, ele entra e eu fecho a porta, ele coloca as coisas na mesa e se apoia e me olha fixamente, ele abre os braço, não  aguentei, meus olhos marejaram  e corri  em sua direção, Abreu ele ainda chorando, coloco o meu rosto em seu peito coberto pela camiseta, ele logo retribuiu, me abraçando e acariciando a minha cabeça.

- o'que foi? - ele pergunta.

- ele me traiu - disse ainda fungando.

- aquele puto, não chore por causa dele - ele separa meu rosto de seu peito segurando nos meus ombros.

- não dá, ele era importante para mim~ -  digo quase chorando ainda mais.

Ele Me me puxa suavemente  até  o sofá, ele sentou me fazendo sentar ao lado dele, ele encosta a minha cabeça no ombro dele, ele pega o controle remoto e liga a TV.

- vamos assistir o'que? - ele pergunta.

- não sei, qualquer filme que seja de romance  e tristeza - dou de ombros.

- nada disso, não  quero ver você  chorar novamente, vou colocar  esse - ele aluga um filme de comédia - vou fazer pipoca - ele se levanta indo até a cozinha.

(...)

Ele volta com um balde Médio  de pipocas e duas latas de cerveja, ele senta em seu lugar e me deu a latinha já aberta, foi um grande gole da mesma, coloquei a latinha na mesa de centro e voltei a encostar a minha cabeça no ombro dele, observei  ele durante muito tempo, o jeito que ele age comigo, nenhum homem  era assim comigo, nem o outro chegava aos pés dele, ele era como irmão  mais velho, a ele sempre me ajudou quando precisei,ele até  parece me amar, me agarrei ainda mais em seu braço, fazendo ele olhar surpreso para mim,eu apenas presto atenção no filme.


Notas Finais


Obg pela leitura
Até mais bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...