História Mais quente - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Dra. Caitlin Snow, Iris West
Tags Snowbarry
Visualizações 339
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, Ficção Científica, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um. Espero que gostem...

Capítulo 16 - Dor.


Eu estava agitada, sim muito agitada. Hoje era o dia do meu encontro. Ah uma semana depois da recuperação do Barry eu decidi sair pra alivia todo aquele estresse que eu estava sofrendo devido aos meus sentimentos pelo Barry e a sensação que eu já conheço o tal homem misterioso. Que aliás nunca mais deu as caras, enfim eu sair pra beber e conheci um cara...muito bonito por sinal que mim convidou para um jantar na sexta que EU aceitei. Aqui estou eu mim olhando para o espelho checando se a maquiagem está bom.

_Que tal eu estou Cisco?.- perguntei ao meu melhor amigo que agora estava sentado na cama fazendo beicinho.

_Cait você fica linda usando qualquer coisa, mais não achei que você pretendia ir mesmo a esse encontro.- respondeu mim olhando com cara de cachorro pidão. Eu bem que tentei segura a risada mais não consegui.

_Porque não? Eu estou solteira, ele tbm. Acho que vai ser uma boa eu mim distrair um pouco.- respondi o óbvio ainda em meio as risadas.

_Porque você ama o Barry? Porque eu quero meus melhores amigos juntos? Qual é Cait você não pode fazer isso comigo.- falou como se a vida dele dependesse disso.

_Cisco..eu ainda amo o Barry e acho que nada nunca vai muda isso, mais a gente mal se falou nesses últimos dias. Ele está feliz com a íris e eu tenho que seguir em frente.- respondi agora com melancolia na voz. É verdade que nesses últimos dias o Barry parece esta mim evitando- e isso está mim matando por dentro. Eu choro muito todos os dias durante a noite. Mais essa certamente não é a pior parte...a Nevasca está invadido minha mente constantemente agora. Sussurrando coisas para mim.

_Cait..você tá legal?.- perguntou o Cisco agora de pé diante de mim. Agora essa minha parte área está acontecendo repetidamente, mim tirando do ar duramente minutos sem eu ao menos percebe.

_Está tudo bem Cisco não se preocupe.- dei uma última olhada no espelho. Eu estava com um vestido preto justo com pequenos brilhos vermelhos por ele. Um salto alto vermelho agulha. Uma bolsinha preta de lado, meu cabelo estava solto e liso. Dei uma último retocada no batom nude e estava pronta.

_Nossa. Ele já deve esta chegando. Tchau Cisco.- sair empurrando o Cisco porta a fora sem ao menos espera a resposta dele. 10 minutos depois eu ouvir batidinhas na minha porta e fui correndo abrir esperando ser o Luke.

_Finalmente Luke pens...- parei a frase no meio do caminho ao encara um Barry que estava mim encarando de boca aberta.

_D-desculpe Cait eu precisava falar com você.- respondeu muito vermelho desviando o olhar. E eu? Já estava muito irritada. Quem ele pensa que é pra mim ignorar a semana inteira e depois aparecer na minha porta a hora que bem quer pra conversa?.

_Agora não será possível, eu estou esperando alguém.- minha voz saiu com a falsa calma que eu sei usá muito bem no meu modo médico. Ele então trouxe o olhar para mim e eu dei um passo para trás de medo. Da pura fúria que eu vi naquele olhar.

_O tal de Luke? Ele é quem você está esperando...Cait.- a voz dele saiu tão baixa e de um modo tão lentamente mortal que eu dei outra passo para trás só pra prevenir.

_S-sim é ele. E já deve esta chegando.- tentei manter ainda o meu tom calmo. Mais minha voz tremeu de qualquer jeito. Ele somente soltou uma risadinha e deu dois passos até esta bem próximo do meu ouvido. Soltei um gemido sem quere com a proximidade..mais logo tampei a boca com a minha mão.

_Ele..pretende toca você assim?...Cait.- sussurrou baixo no meu ouvido enquanto sua mão acariciava embaixo no meu ventre.

_P-possivelmente.- respondi com a voz falha. Então ele começou a distribuir pequenos beijos no meu pescoço. Eu já estava soltando gemidos fracos. COMO EU POSSO SER TÃO FRACA COM ESSE HOMEM? Se controle Cait. Mais foi impossível quando a língua quente dele começou a passear pelo meu pescoço.

_Quando você estive nos braços dele...lembre-se que somente eu posso te proporcionar isso.- e saiu pela porta sem dizer mais uma palavra. Foi tão rápido que tive que mim segura na mesinha pra não perde o equilíbrio. Suspirei e já ia até a cozinha para pegar um como d'água pra acalma meu corpo quando bateram na porta novamente.

_Yo Catlin.- Falou o homem moreno alto e de olhos dourados parado na minha porta mais conhecido como Luke.

_Olá Luke.- respondi e o chamei para entrar. Resolvemos pedi comida japonesa e come aqui mesmo.

_Então Cait..-falou com a voz meio sensual vindo para cima de mim. Sorri tímida e tentei mim desvia das mãos dele na minha cintura. Mais ele era mais forte e mim agarrou com força. Ele começou a beijar meu pescoço mais eu não queria aquilo e tentei mim livrar dele- ele só aumentou o aperto oque mim fez solta um gemido de dor. Tentei tira o cordão para libera a Nevasca mais as mãos dele não estava mim permitindo o acesso ao meu pescoço.

_M-mim larga.- soltei um gemido sofrido de puro nojo.

_Larga uma coisa linda como você sem aproveita? Jamais.- e continuo a beijar e lamber meu pescoço- ele apertava meus seios por cima do vestido com tanta força que eu já estava mim debulhando em lágrimas. Ele começou a rasga meu vestido junto com o meu sutiã. Então eu mim desesperei.

_N-NÃO FAÇA ISSO POR FAVOR.- gritei já com desespero de ser tomada dessa forma tão brutal e nojenta.

_Agora eu vou até o fim.- e começou a sugar meus seios com força que eu podia jurar que já estava até saindo sangue. Eu tentava gritar. Mais sempre quando eu tentava ele acertava um soco na minha cara. Quando ele arrancou minha calcinha para fora do meu corpo eu já tinha desistido de lutar.

_LARGAR A MINHA RAINHA AGORA SEU VERME MALDITO.


    Continua...


Notas Finais


Pesado.;( mais foi necessário. Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...